Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


A CRISE DOS REFUGIADOS

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 22.09.16

No dia 19 de setembro, líderes mundiais se reuniram em Nova York, para tratar de um problema que está assolando o mundo, os refugiados e migrantes. Esta reunião é vista como uma oportunidade de criação de um sistema global, mais ágil e coordenada, para oferecer respostas às necessidades de milhões de pessoas, que perambulam por vários países do mundo, em busca de um lugar para vierem.

A grande maioria destas pessoas é fugitiva de guerras e perseguições. O objetivo desta reunião é garantir ajuda a países que se encontram na linha de frente, da chegada desses fugitivos, que têm que responder sozinhos às emergências, quando grandes quantidades de fugitivos cruzam suas fronteiras.

O Brasil não está alheio ao problema, mas tem pouca participação, em virtude de um imenso oceano que o livra das crises provocadas pelos refugiados, por isso tem sido poupado das responsabilidades de acolherem refugiados. Porém, países como Líbano, Quênia, Paquistão, Jordânia e Tailândia, tiveram que assumir sozinhos, grandes levas de refugiados que chagaram às suas cidades.

Realmente, o Brasil ocupa o último lugar, na lista das Nações Unidas, que engloba 30 países que participam do programa do acolhimento de refugiados.

Hoje encontramos uma Europa saturada, não mais suportando refugiados, uma América do Norte alheia aos problemas. Com isso, os países vizinhos da Síria, passaram a fechar suas fronteiras, construindo até muros de contenção. Milhares de sírios estão confinados numa pequena faixa de terra, na fronteira da Jordânia, há mais de dois anos. Há mais de um ano, na fronteira da Turquia com a Síria, são disparados tiros diariamente, contra refugiados que tentam se aproximar.

É estarrecedor o sofrimento de tantas pessoas, principalmente crianças, tentando fugir dos infernos que são tentar entrar em outros países. O mundo precisa refletir, não é hora de serem fechadas as portas a tantos necessitados. Está na hora das pessoas se unirem e fazerem um esforço conjunto para acolher, principalmente crianças, o uturo da humanidade.

 

Deus abençoe a todos

 

Agostinho Gomes Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:54

A FESTA PODE CONTINUAR

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 22.09.16

Falaram que a cidade do Rio de Janeiro era insegura para sediar as Olimpíadas. Disseram que o Vírus da Zica faria um estrago nas delegações. Que os locais das competições ficariam vazios, os ingressos iriam encalhar todos. Que o sistema de transporte não iria atender os locais das competições. Pensaram até em adiar o evento ou transferi-lo para outro local.

Tudo o que previram nada se confirmou. As Olimpíadas transcorreram na maior harmonia e segurança, o que talvez não acontecesse em outro local. A Organização Mundial da Saúde confirmou que nenhum atleta foi contaminado pelo Vírus da Zica. Os locais das competições ficaram lotados de pessoas, os ingressos se esgotaram. O sistema de transportes deu um show de eficiência e capacidade. Famílias inteiras lotaram as arenas. A cidade mostrou que ninguém sabe preparar um espetáculo como o brasileiro.

A abertura foi o espetáculo mais bonito que já vi. Olha que já vi bastantes aberturas em diversos países, mas nunca vi nenhuma como o Rio de Janeiro. Se encomendassem a organização do carnaval a uma pessoa que não fosse daqui, duvido que conseguissem alguma coisa. O nosso carnaval é a maior festa do mundo, mais de 25 mil pessoas desfilam, na mais perfeita organização e ordem. O Réveillon na Praia de Copacabana, onde mais de dois milhões de pessoas participam na mais perfeita ordem e Paz, O Rock in Rio a maior festa musical, onde se misturam raças, cores e ritmos. Reúne na cidade do Rock, uma multidão incalculável, pessoas de todas as idades e gostos musicais. É uma festa que é exportada para outros países do mundo.

A rede hoteleira que durante as competições teve sua capacidade ocupada, agora está preocupada porque os turistas estão voltando para suas casas. Mas as Olimpíadas trouxeram uma luz para a cidade.

Basta que em 2017, o Turismo promova festas e acontecimentos, que o brasileiro sabe organizar melhor que ninguém. E com isso sejam geradas oportunidades para amenizar o desemprego que está assolando o País. Vocação é que não falta neste cenário festivo criado pelas Olimpíadas. A festa pode continuar, é só querer.

 

Deus abençoe a todos

 

Agostinho Gomes Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:47

ERA BOM QUE A DIREÇÃO DA ASSOCIAÇÃO PRAZER DA MEMÓRIA TIVESSE OS EMAILS DOS SEUS ASSOCIADOS

por cunha ribeiro, Terça-feira, 20.09.16

Por isso, aqui se faz o pedido a todos os que têm endereço de EMAIL o favor de o enviarem para cunharibeiro762@hotmail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:46

CAROS ASSOCIADOS/SÓCIOS DA ASSOCIAÇÃO PRAZER DA MEMÓRIA

por cunha ribeiro, Terça-feira, 20.09.16

Em reunião da Direção da APM, no passado sábado, dia 17/09/2016, decidimos:

- Dar continuidade ao nosso objetivo de edificar uma SEDE para a APM;

- Começar a recolher ideias para um eventual PASSEIO DE PRIMAVERA a realizar entre meados de abril e maio;

- Propor o SEGUNDO DOMINGO DE AGOSTO ( dia 13) do próximo ano para a realização do Convívio Anual APM: Sendo por agora apenas uma proposta, aguarda-se que os nossos associados se pronunciem sobre ela, aceitando-a ou propondo outra em alternativa;

- distribuir algumas tarefas a implementar desde já, visando o convívio de agosto,  nomeadamente:

                                   - adquirir uma aparelhagem de som;

                                   - preparar as diversas atividades.

 

A partir de agora estamos abertos a sugestões, as quais deverão ser feitas via email, ou em comentário sobre este post, no Blog,ou ainda pelo facebook, na página da Associação ou na do Blog Parada de Aguiar.

 

A Direção da APM

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:39

O MISTÉRIO DA CRUZ

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 14.09.16

14 de setembro: Exaltação à Santa Cruz.

 A Cruz de Cristo é realmente um grande mistério, pois era um instrumento de castigo e transformou-se em caminho de salvação. No ano 313, Santa Helena, a mãe do Imperador Romano, Constantino “O Grande”, no dia três de maio, encontrou a Cruz onde Jesus Cristo fora crucificado. Por isso, o dia 3 de maio era o Dia de Santa Cruz. Foi neste dia em 1500, que a expedição de Cabral, assistiu à primeira Missa em solo brasileiro, celebrada por Frei Henrique Soares de Coimbra. Por isso, o primeiro nome do Brasil, foi “Terra de Santa Cruz.”

No dia 14 de setembro desse mesmo ano, a Cruz foi introduzia

em Jerusalém e esse dia passou a ser conhecido como “Exaltação à Santa Cruz.” A Cruz passou a ter dois dias dedicados a Ela, no Calendário Litúrgico. O Concilio Vaticano II ( 1958 a 1965) definiu como o dia 14 de setembro, o Dia da Santa Cruz, porque no dia 15 de setembro é o dia de Nossa Senhora das Dores, a ” Mater Dolorosa.” A farda dos soldados romanos, passou a ter estampada a figura da Cruz.

O Imperador Teodósio, filho de Constantino, transformou a Cruz em objeto de adoração, em todo o mundo romano. No ano 395, Teodósio dividiu o Império Romano em Oriente e Ocidente, e deu para seus dois filhos. O Oriente ficou para Odorico, a capital era Constantinopla. O Ocidente ficou para Odoacro, a capital era Roma.

No ano de 476, Roma foi ocupada pelos Bárbaros, um povo

vindo do lado da Iugoslávia. Estes povos principais foram os Hunos, comandados por Átila. Os Bárbaros se converteram e deram um grande impulso ao Cristianismo. No século X aconteceu a rutura do Cristianismo, o Oriente passou a ser conhecido como Império Bizantino e surgiu a Igreja ortodoxa. O Império Romano do Oriente resistiu até 1453, quando os turcos maometanos tomaram Constantinopla. Esse acontecimento deu origem às Grandes Navegações, com descobertas nas Américas, na Ásia, na África e Oceânia. A Cruz de Cristo foi levada para todos esses lugares.

O ano de 476, foi o final da Idade Antiga e início da Idade Média. Em 1453 foi o final da Idade Média e o inicio da Idade

Moderna. Em 1790 tivemos o fim da Idade Moderna e o início da Idade Contemporânea. A Cruz acompanhou todas estas Eras da História da Humanidade, como símbolo do grande Amor de Jesus Cristo pela Humanidade pecadora. A Cruz passou a ser o símbolo do Cristão, que se identifica fazendo o “Sinal da Cruz”.

 

Deus abençoe a todos

 

Agostinho Gomes Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:54

A BÍBLIA SAGRADA

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 14.09.16

Setembro é o mês da Bíblia

A palavra Bíblia significa um conjunto de Livros. É o livro mais lido e comentado no mundo e também o mais antigo. Seus originais em “Pergaminho”, se encontram no Vaticano. A Bíblia passou a ser elaborada a partir do Século IV da Era Cristã. Todos os manuscritos a partir do Século I, inclusive o “Pentateuco a Lei dos antigos Judeus” passaram a ser guardados, na Biblioteca de Alexandria no Egito. O Antigo Testamento começa com Cinco primeiros Livros, “o Pentateuco” e completado com mais 41 Livros, até ao Nascimento de Jesus Cristo. O Novo Testamento é composto de 27 Livros e vai do Nascimento de Cristo, até ao Ano 100, a morte do Evangelista João, o último dos Apóstolos.

Quando no ano 313 o Imperador Constantino deu liberdade ao Cristianismo e adotou-o como a Religião Oficial do Império Romano, mandou para Alexandria 72 sábios, afim de separar todo o material ali guardado e elaborar a Bíblia, tendo como base o “Pentateuco”. Deu instruções para que só fosse escolhido aquilo que inocentava os romanos e culpava os judeus, pela morte de Jesus Cristo. A Bíblia foi terminada quando Teodósio era o Imperador de Roma. Foi também nesse tempo que se atualizou o Calendário, considerando o ano do Nascimento de Jesus Cristo, como o Ano UM da Era Cristã. Foram separados os escritos dos Quatro Evangelistas, das Cartas de São Paulo, de mais Sete Cartas Apostólicas, os Atos dos Apóstolos e o Apocalipse. São os 27 Livros do Novo Testamento, que nunca interessou aos Judeus.

Terminada a elaboração da Bíblia, os judeus espalhados pelo mundo não a aceitaram. Alegaram que a “Inspiração Divina” para  escrever, havia terminado por volta de 500 antes de Cristo, quando morreu o Profeta Esdras. Todos os livros escritos depois dessa data, não foram inspirados, por isso rejeitaram Sete livros do Antigo Testamento. Os responsáveis pela elaboração, fizeram outra com menos os Sete livros contestados. Durante mais de Mil anos, a Igreja guardou as duas edições, que foram traduzidas para o Latim, no século V, por São Jerônimo. Quando começou o Protestantismo no Século XVI, Martinho Lutero, traduziu a Bíblia para o Alemão. Traduziu  aquela que tinha menos Sete livros, porque era mais fácil. No Concílio de Trento de 1545 a 1563, foi deliberado que essa Bíblia com menos Sete Livros, ficaria para os Protestantes e os Católicos ficariam com a outra. A Bíblia Católica tem 73 Livros e a Bíblia Protestante 66 livros. A diferença é no Antigo Testamento.

 

Deus abençoe a todos

 

Agostinho Gomes Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:45

MINHAS FRUSTRAÇÕES

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 07.09.16

Não existe qualquer pessoa no mundo que não tenha suas frustrações, no decorrer da sua vida. O mundo seria o próprio  Paraíso se não existissem pessoas frustradas, em virtude da vida que vivem.

Eu também tenho as minhas frustrações. Não são por causa da riqueza, nem porque não sou importante. Na vida ninguém consegue ser aquilo que tem vontade,  porém, todos somos aquilo que Deus quer. A minha primeira frustração surgiu na minha adolescência. Estudei o Curso Primário na querida Escola de Parada. Minha família era humilde, faltavam muitas coisas em nossa casa, mas a gente era feliz. A frustração foi quando terminei o Curso e fui prestar prova em Vila Pouca, fui aprovada com distinção. Porém, no dia seguinte voltei para a lavoura, pois não tinha condições de continuar a estudar. Naquela época, o filho de um humilde lavrador, não tinha condições nem de ingressar num Seminário para ser Padre. Na Ditadura Salazarista, um pobre não conseguia estudar e se formar.

A segunda frustração foi aos dezasseis anos, quando abandonei o meu País, para ir para o estrangeiro, procurar alguma forma de vida, como era o destino daqueles que podiam emigrar. Muitos tentavam, mas não conseguiam. Era muito triste a gente deixar a terra e partir rumo ao desconhecido, mas a necessidade obrigava. No Brasil não fiquei rico como muitos, mas não fiquei frustrado por causa disso. Sempre trabalhei, constituí minha família, consegui  minha casa própria, sempre tive o meu carro. E o mais importante, consegui estudar, aprender o que hoje  eu sei. Não dei fortuna aos meus filhos, mas dei educação, caráter e dignidade. Hoje cada um tem sua vida, sua família, sem a minha interferência.

No decorrer da minha vida, tenho as minhas frustrações: não entendo nada de pintura; vejo quadros que valem verdadeiras fortunas, mas para mim são apenas rabiscos ou caretas. Nunca aprendi a andar de bicicleta e nem nadar. Tentei várias vezes, quase me afoguei, levei vários tombos, mas não sei nadar e nem andar de bicicleta. No entanto, sou muito feliz, pois nunca contraí qualquer doença mais preocupante. Também nunca fui preso e nem julgado por qualquer coisa. Todas as frustrações da minha vida são de fácil convivência.

    

Deus abençoe a todos

          

Agostinho Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:00

CAMINHO PARA A VELHICE

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 07.09.16

A velhice é um fantasma que a cada dia que passa se torna mais assustador. Encontramos pessoas que nos dão verdadeiros exemplos de como descobrir o Caminho da Velhice. Tivemos São João Paulo II,  Madre Teresa de Calcutá, que nos deixaram uma bela lição. A nossa Irmãzinha, chegou mesmo a escrever sobre este assunto, dizendo:  “Enquanto você está vivo, esteja vivo. Se errar alguma coisa, volte atrás e faça de novo. Siga em frente, ainda que os outros esperem que você pare. Não deixe que a ferrugem estrague as suas articulações. Viva como que as pessoas não tenham pena de você, mas respeito. Se não poder correr, caminhe, se lhe faltar apoio, use uma bengala.”

Queridos amigos, envelhecer é um medo generalizado, afeta todas as áreas da vida adulta, pode causar desde um desgosto pessoal pela vida, como até uma estagnação depressiva. Não é fácil encontrar o caminho para envelhecer, mas temos que aceitar a realidade e procurar valorizar esta riqueza inestimável, que é este estágio da vida. A velhice é tão natural quanto a morte, pois a velhice é um estágio da vida que não tem retrocesso. Lutar contra esta fase só pode nos trazer mais desgostos. É importante resistir à passagem do tempo, evitar esforços inúteis e perigosos, para o bem estar e para a convivência familiar.

 Uma pessoa com medo de envelhecer, procura impedir qualquer sinal que indique a velhice, como: cabelos brancos, rugas na pele, enfraquecimento físico, limitações e até apetite sexual. Alguns fatores influenciam esse medo generalizado de ficar velho. O culto exagerado à juventude, pela sociedade moderna. Pressões internas de cada individuo e o estresse  mal administrado. Fazendo uma retrospetiva da vida, o processo chave para enfrentar a velhice, é ter vivido plenamente todas as fases anteriores, Infância, Adolescência e  Juventude. O grande desafio é viver cada etapa, ir em frente para a fase seguinte. Não se pode alterar o ciclo natural da vida.

Para se envelhecer bem, é preciso aceitar as várias situações: não se opor às perdas, abrir novos caminhos e acompanhar a vida moderna. Adaptar-se às deficiências físicas que irão aparecer. Manter  sempre a sua autoestima e organizar sua vida. Aprender e adaptar-se às técnicas modernas. Dar mais vida aos anos, não anos à vida. Ter coragem de pedir ajuda e nunca se deixar vencer pelas dependências. Saber envelhecer é uma arte. A velhice é o tempo da colheita, por isso, o bom relacionamento  com a família é fundamental.

               

Deus abençoe a todos

          

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:58

MARQUES MENDES: UMA NO CRAVO OUTRA NA FERRADURA

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 02.09.16

 

UMA NO CRAVO:

 

 " Eleitoralismo de Passos Coelho custou 3 milhões de euros aos contribuintes..."

 

OUTRA NA FERRADURA:

" Os políticos devem ser aumentados..." 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:33

A GRANDE NOTICIA

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 31.08.16

Os meios de comunicação anunciaram com grande destaque, a fascinante descoberta da “ Próxima b”. Com todo o respeito à Ciência e aos Cientistas, que dedicaram suas vidas a esta descoberta histórica, eu não me empolguei com a grande notícia, talvez porque  sou um terráqueo, de horizontes limitados.

As vantagens da grande descoberta, não chegam a emocionar, foi o anúncio da descoberta de um novo Planeta, em tudo semelhante à nossa Terra, inclusive com muita água em estado liquido. A descoberta deste Plano b, caracteriza um local para onde se pode fugir, se for insuportável o nosso desencanto  terreno. Mas para que as pessoas querem ir para lá? Provavelmente para fazer lá o que já fizeram aqui, Destruir a natureza, poluir as águas, doces e salgadas.

No nosso Planeta Terra, no inicio também era assim, existia uma natureza exuberante, águas cristalinas, para todos, por todos os lugares. Para dar certo neste novo Planeta, é preciso barrar a entrada nele dos humanos. Aliás, esse novo vizinho, só é “Próxima” no nome, pois fica à distância de 4,2 anos luz, que multiplicado pelo coeficiente, vai dar 9,46 triliões de quilômetros, o que é uma garantia, pois ninguém vai se aventurar a essa viagem interplanetária. Ninguém vai destruir a fauna e a flora, porque é quase impossível alguém chegar lá. Mas a má vontade contra este Novo Mundo, é que tem o nome de mulher, portanto, mais difícil ainda de conquistar.

Mais uma vez peço perdão aos Cientistas, mas a Grande Notícia, não é esse novo Planeta, muito longe do nosso Sistema Solar, mas o Aniversário da grande Professora Cleonice, que no domingo dia 28 de agosto, dia de Santo Agostinho de Hipona, ela completa 100 anos de vida bem vivida. A Professora Cleo como a gente a chamava, lecionava Literatura e Línguas Neolatinas. Era muito amada e respeitada por seus alunos. Foi minha professora de Literatura e Francês. É muito querida e inteligente. Admirada no Brasil e em  Portugal, pelos seus trabalhos em Literatura Medieval e sobre Fernando Pessoa e Camões.

São pessoas como esta que nunca deveriam morrer, são verdadeiras joias colhidas no solo do nosso Planeta. A Professora Cleo, nem deve se lembrar mais de mim, mas eu jamais me esquecerei dela.  Parabéns querida Mestra, chegar ao Centenário é um privilégio que poucos conseguem.

   

Deus abençoe a querida Mestra

                 

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:41

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds