Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Uma definição de estatística para o meu amigo Manuel Almeida contraditar

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 29.02.12

 

"Estatística:

 

a ciência que diz que:

 

 se eu comi um frango e tu não comeste nenhum,

 teremos comido, em média, meio frango cada um."

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:49

Não resisto a partilhar estes dois comentários, a propósito do ex PM, Sócrates

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 29.02.12

 

 

2 comentários:

 

De MANUEL ALMEIDA a 29 de Fevereiro de 2012 às 22:36

 

"no caso de licenciatura, perece-me que existe muita parra e pouca uva. quando este pais ataca continuadamente uns dos melhores primeiros-ministros , e se esquece o mal que este tem feito, aproveitando-se da troika para destruir o pais, esta tudo dito ou apetece-me dizer cada um tem o que merece."

 

 

 

responder a comentário |

discussão

 

De cunha ribeiro a 29 de Fevereiro de 2012 às 23:02

 

"Ia começar este comentário com uma gargalhada, mas como somos amigos, vou só perguntar-te e dizer o seguinte: O "grande PM José S." melhorou o ensino em Portugal, a saúde, a economia, as finanças? Como, e em quê? Fiquemo-nos pelo ENSINO: A Escola pós socrática não te parece a imagem do futebol depois do Euro 2004: Muitos e belos estádios ( Escolas) para cada vez pior futebol ( pior ensino)?"

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:03

O Estado - bombeiro

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 29.02.12

As chefias da PSP, indignadas, resolveram alertar para o mal-estar que estão a sentir devido ao congelamento de carreiras. E os sindicalistas falam em discriminação face aos militares.

 Têm toda a razão, as chefias. Mas… e o resto da malta? As não-chefias e os restantes funcionários do Estado? Não são filhos de Deus?

A verdade é esta: o Estado continua a mexer nos salários, como se fosse um bombeiro. Apaga um incêndio aqui. Apaga outro incêndio ali. E não entende que, assim, nunca irá proteger a floresta. 

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:30

O Strip-tease do Sr Reitor

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 29.02.12

 

“Ó senhor reitor não mostre mais nada”

Novas revelações do caso do diploma de licenciatura de José Sócrates na Independente

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:51

Do bolso dos professores para estúpidas indemnizações

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 29.02.12
Governo paga indemnização de 4,5 milhões à NovaBase

29 de Fevereiro, 2012por Margarida Davim
Maria de Lurdes Rodrigues contratou a NovaBase para desenvolver o Cartão do Estudante. Mas alterações à lei dos pagamentos por multibanco mudaram as regras e inviabilizaram o projecto. Agora, o Governo vai ter de pagar 4,5 milhões de euros à empresa de software.

O projecto do Cartão do Estudante previa que os alunos pudessem fazer pagamentos com o seu cartão de identificação da escola tal como se tratasse de um multibanco. Foi com base nessa ideia e com o pressuposto de que essas transacções não trariam custos acrescidos para o Ministério da Educação que Maria de Lurdes Rodrigues avançou para a adjudicação do projecto à empresa NovaBase em Maio de 2009.

Do contrato com a empresa fazia parte uma cláusula que previa que «o sistema devia assegurar que nos carregamentos por «pagamento de serviços» a taxa associada a essa utilização a pagar à SIBS — Sociedade Interbancária de Serviços, S. A., se reflectiria directamente numa redução do saldo do cartão carregado», como se explica em Diário da República.

No entanto, uma alteração legislativa de Janeiro de 2010 fez com que fosse proibido cobrar quer às instituições bancárias quer aos beneficiários dos pagamentos as taxas devidas à SIBS pela utilização de cartões de débito. Não querendo o Governo assumir esses custos, Maria de Lurdes Rodrigues deixou cair o projecto, que tinha sido adjudicado à Nova Base por 17,9 milhões de euros.

A anulação do contrato fez a empresa de software entrar em contencioso com o Governo. Numa reclamação inicial, a empresa pedia uma indemnização de cerca de 5,8 milhões de euros.

O acordo chegou agora, depois de o ministro Nuno Crato ter assumido o pagamento de uma indemnização de cerca de 4,5 milhões de euros à empresa informática.

Ontem, foi publicado em Diário da República o despacho de delegação de competências feito pelo Conselho de Ministros que permitirá a Nuno Crato assinar o acordo com a empresa e dar por resolvido o contencioso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:45

Curiosa atracção

por cunha ribeiro, Terça-feira, 28.02.12


Doze milionários terão investido um milhão de euros cada um em certificados do Tesouro.

Alguém comentou – “ sentiram-se atraídos pela merda da dívida do Estado” e vai de comprá-la.

É caso para dizer que há uma curiosa coincidência entre a atracção dos milionários e aquilo que atrai as moscas.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:39

A bomba

por cunha ribeiro, Terça-feira, 28.02.12


 Os jornais fizeram saber que Pinto da Costa ofereceu uma 'bomba' à namorada.

Há quem diga que é uma das quatro que estouraram na baliza do Porto, no jogo de Manchester.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:26

O "Dominador comum", segundo o Dr Relvas

por cunha ribeiro, Terça-feira, 28.02.12


 Miguel Relvas anunciou na TVI24 que a decisão de não conceder tolerância de ponto no Carnaval vai ser aplicada também em 2013. E expressou-se do modo seguinte:


«Não passa pela cabeça de ninguém que um Governo, que é um Governo que tem coerência, que tem uma linha orientadora e um dominador comum andasse a saltitar de ano para ano, naturalmente que a decisão deste ano se repetirá», disse.

 

Um governo que tem um “dominador comum”, Sr Ministro!?

Olhe que, se isto não foi gralha de jornalista, só pode ser complexo troikista – Pois só a Troika pode ser neste momento a tal “dominadora comum” do Sr Primeiro Ministro, do Dr Relvas, de Portugal e dos portugueses.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:15

Mas que raio de empréstimos são estes?

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 27.02.12

 

GNR falidos pedem um milhão num mês

Disparou corrida aos serviços sociais para empréstimos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:06

Por acaso alguém tem dúvidas que é este o caminho? Eu não.

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 27.02.12

 Com uma ressalva:  Desconheço a qualidade de quem vai pensar o programa.

 

 CR


Seguro vai apresentar programa até 2024

 

O secretário-geral do PS prometeu esta segunda-feira uma "ruptura política" e anunciou que apresentará aos portugueses um programa com horizonte até 2024, sendo sujeito a votos em 2015 e tendo um calendário de aplicação de nove anos.

 

 António José Seguro falava na sessão de apresentação do Laboratório de Ideias e de Propostas para Portugal (LIPP), que substituirá o gabinete de estudos deste partido e que estará na origem do programa eleitoral que os socialistas apresentarão nas eleições legislativas de 2015. "O LIPP não é criado em véspera de eleições para eleitor ver, é uma proposta a pensar em 2024. O resultado do seu trabalho será apresentado aos portugueses em 2015, para executar em duas legislaturas", declarou o secretário-geral do PS. Segundo o líder socialista, o programa político do seu partido terá "três anos de preparação e nove anos de execução". "É necessário que o próximo Governo de Portugal se prepare bem. Saiba o que quer para Portugal e tenha uma estratégia e um caminho a seguir", justificou Seguro. Mas o secretário-geral do PS deixou também uma crítica ao passado recente da política no país. "O portugueses pagaram e pagam caro e com muitos sacrifícios os experimentalismos políticos e a navegação à vista. É necessário uma ruptura política, a começar pela própria forma de fazer a política. Prometi fazer política de uma forma diferente, nem sempre sou bem compreendido, mas este é o caminho certo, o caminho que aproxima a política das pessoas e as pessoas da política", sustentou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:54

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes

  • cunha ribeiro

    Absolutamente de acordo!

  • Cláudio Dias Aguiar

    Sou Cláudio Dias Aguiar, único filho do casal Raim...

  • mami

    domingo gordo é mesmo para enfardar :D :D :D

  • Anónimo

    Os meus pesames a familia.

  • Ebe Taveira

    Como assim??

  • cheia

    Muitos parabéns pelas suas oitenta e quatro Primav...

  • cunha ribeiro

    À Emília e ao Orlando Branco, filhos da Dona Alice...

  • cheia

    Já não bastava  as agencias de rating conside...

  • cunha ribeiro

    Grande texto sr Agostinho Gomes Ribeiro. Partilho-...

  • João Ribeiro

    Parabéns primo Agostinho pelo belo texto sobre a S...




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds



Pág. 1/19