Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


O LIVRO DA VIDA‏

por Francisco Gomes, Sábado, 28.02.15

A cada dia a vida nos oferece uma página em branco, no Livro da nossa Vida. O nosso passado já está registrado e não temos condições de alterá-lo, pois o que já se passou, passou. Nas páginas amarelas da nossa história, aquilo que escrevemos a cores, nos faz bem, mas aquilo que escrevemos com cores escuras, nos faz mal. As belas recordações, nós tentamos arrancar as páginas, para guardá-las junto do coração. As páginas escuras, procuramos esconder, pois ninguém gosta de relembrar os fracassos da vida.

A nossa vida nos dá a oportunidade de escrever no Livro, mais uma bela página, podemos escolher as cores suaves que melhor nos convém. Se houver algum impedimento de usar as nossas cores preferidas, podemos matizá-la com toda a serenidade e convertê-la numa linda experiência. Como escreveríamos a página da nossa vida? Vai depender da nossa vontade, que a página que tentarmos escrever hoje, seja uma bela recordação para o futuro. Se tivéssemos um aviso de que nossa vida se acabaria num dia? O que faríamos? Ficaríamos apavorados? A vida é bela em todos os sentidos. Sem a menor dúvida, elevaríamos os nossos pensamentos para Deus, desfrutaríamos dos belos momentos da natureza, sentir a brisa suave acariciar nossos cabelos, aspirar inebriados o perfume das flores, aproveitar a companhia do nosso amor e dos nossos filhos, agradeceríamos por tantas bênçãos recebidas. E tudo estaria ao nosso alcance para valorizar o Livro da nossa Vida.

É sempre tempo de agradecer pelos belos presentes recebidos e pela oportunidade de podermos escrever mais uma bela página, no Livro da nossa existência. Vamos aproveitar e desfrutar de todo o tempo que nos resta de vida, façamos um inventário de todas as coisas boas que vivemos, apreciemos com ânimo redobrado. Procuremos dar o melhor de nós sem prejudicar ninguém. Vamos nos sentir realizados e felizes, pois ainda estamos vivos, ainda podemos sorrir e oferecer nossa mão generosa a quem precisar de nós. Nunca é tarde para se mudar de rumo e nem para começar a escrever mais uma página de felicidade no Livro da nossa Vida.

Não podemos esquecer que apesar das adversidades, está em nossas mãos o direito de viver intensamente o dia de hoje, como se fosse o primeiro, o último ou o único dia da nossa vida. Que todos os dias que nos restam, sejam plenos de Paz e de felicidade. Vamos viver a vida que faz o mundo ficar mais bonito em nossa coração.

                                                                         

Deus abençoe a todos

                                                                   

Agostinho   Gomes   Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:31

AMAR É FELICIDADE

por Francisco Gomes, Sábado, 28.02.15

No mundo conturbado de hoje, encontramos muitas pessoas infelizes, porque não sabem amar. A falta de amor, acarreta muitos problemas, como ódio, injustiças, abusos de confiança e etc.  Existem meios de comunicação, que tentam ensinar a amar, também encontramos revistas e livros que se preocupam com este tema. Mas entre pessoas, o amor não se ensina, o amor se sente, é algo que emana do coração. Nenhum sentimento pode ter uma norma, pois cada um, sente de acordo com o seu afeto.

No relacionamento da juventude dos tempos modernos, o conceito de amor está totalmente errado. Vivem juntos, "passam juntos", o tempo que lhes interessa, quando  perdem a força de atração um pelo outro, separam-se e cada um vai para o seu lado. Isto é, usam-se como objetos de prazer, quando termina, cada um sai para outra como melhor lhes agrade. Ninguém gosta de ser usado e abusado e depois deixado de lado, como algo que não interessa mais. Usam-se como peças de roupa que caíram de moda, ou como um brinquedo que não desperta mais interesse.

É preciso tomar consciência de que seres humanos, são pessoas e não coisas ou objetos que se descartam. Quem se arvora Cristão, tem que viver o cristianismo, aprender as melhores  maneiras de amar e valorizar o seu próximo.  Só quem ama e valoriza, pode exigir ser amado e valorizado. Esforçar-se para valorizar e fazer o outro feliz, é uma obrigação de todos nós. Aquilo que nós gostamos que nos façam, devemos fazer primeiro ao outro.

Quem ama, sente desejo de ser amado, quem é feliz, sempre irradia felicidade. Devemos amar as pessoas incondicionalmente, pois são nossos irmãos de caminhada, sentem as mesmas necessidades e as mesmas dores que nós sentimos. Não devemos olhar para a condição social e nem moral de qualquer pessoa, pois todos são iguais perante Deus.

Para testarmos nossas amizades, precisamos passar pelo sucesso e pelo fracasso. No sucesso, avaliamos a quantidade, no fracasso, avaliamos a qualidade. Só quem ama têm o direito de ser amado.

Desde 1964, a Igreja Católica no Brasil,  lança a Campanha da Fraternidade, que se inicia com a Quaresma. Cada ano é abordado um tema de interesse geral, para ser refletido pela sociedade. Este ano o Tema é Fraternidade, Igreja,  Sociedade, e para se refletir, vem o Lema: "Eu vim para servir." Para a situação que o mundo está a viver,  é um tema muito interessante, pois todos gostam de ser servidos, ninguém gosta de servir.

Como nos dizia São Francisco de Assis: Devemos procurar mais consolar do que sermos  consolados, compreender que sermos compreendidos, amar do que sermos amados. Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado e é morrendo que vivemos para a Vida Eterna.

                                                    

Deus abençoe a todos

                                                 

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:28

Mortágua merecia já o Honoris Causa

por cunha ribeiro, Sábado, 28.02.15

 

 

 

bava.jpg

 

Zeinal Bava, ex-gestor chefe ( CEO) da P.T., foi ontem humilhado - e bem - no Parlamento. O homem tinha-se esquecido da memória numa gaveta do armário lá de casa, e uma deputada afoita e inteligente do Bloco de Esquerda vergou a celebridade à sua insignificância com palavras muito parecidas com estas:

- Então um Gestor tão premiado...não se lembra de quanto e quando a sua empresa investiu no GES !?  

E, sem perder fôlego, continuou:

- Isso não será amadorismo a mais para um gestor de tal gabarito? ".

O certo é que Bava sorriu, engoliu, gaguejou, e enfiou, "envergonhado", mais uma vez o "capelo"... 

 

Essa deputada tem-se vindo a destacar entre o amorfismo geral da Comissão de Inquérito ao BES e merece que se diga e escreva o seu nome:

chama-se MARIANA MORTÁGUA.

mortagua.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:06

Isto sim é Notícia.

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 27.02.15

Os Padres portugueses estão de parabéns - são campeões europeus.

É certo que não  são campeões na modalidade em que o deveriam ser. Isto é, não são os melhores no capítulo da Fé. São campeões de futsal. Ou, traduzindo, de futebol de salão.

O feito, reconheçamo-lo sem hesitar, é extraordinário! Em tantos países que compõem a Europa, continente onde a bola desliza com grande mestria em nobres salões - como na Alemanha, em Espanha, na Itália, e Inglaterra -  como é possível o clero luso passar-lhes a perna!?

Parabéns à selecção clerical portuguesa! Os srs Padres podem estar orgulhosos . Disse orgulhosos, no sentido limpo do termo e do conceito. Quer dizer, sem se promiscuir com a vaidade, que como sabem é um sentimento pecaminoso.

Mas este sucesso do nosso Clero, insisto, é pena que não tenha acontecido no domínio da Fé. Aliás, não entendo por que razão não criaram ainda, os nossos ilustres sacerdotes, um campeonato europeu da Fé? Não seria uma forma excelente de puxar por Ela? De a propagar de forma rápida e eficaz? Muito mais eficaz que o método clássico das misssões religiosas?

Imaginem por exemplo a equipa da FCC ( Fé Católica Cristã) portuguesa jogar contra a equipa da FCO (Fé Católica Ortodoxa) da Grécia. Não era magnífico vê-las disputar uma eliminatória europeia da Taça da Fé? ! E, por que não, uma oportunidade de vingança ... alto -  vingança é pecado ... - quero dizer: de um certo acerto de contas ... ( falo  das do terço, do rosário...)

 

( Continua)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:15

UM VELHINHO CONFORMADO

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 26.02.15

Sou um velhinho conformado, sou consciente das minhas limitações e do peso dos anos que carrego. Nunca trocaria um amigo ou um familiar, por menos cabelos brancos, por uma  pele mais lisa e sem rugas ou por uma barriga menor. Eu sou o que sou. Fui envelhecendo e com isso, tornei-me mais amável, até para mim mesmo, menos crítico para meu comportamento. Tornei-me um velhinho, amigo de mim mesmo. Faço tudo o que tenho vontade de fazer e não dou satisfação dos meus atos a ninguém.

Eu posso comer um cosido à portuguesa, comer uns torresmos ou uns docinhos a mais e não admito  censura porque não arrumei a cama, porque comprei algo supérfluo. Eu conquistei o direito de ser desarrumado, de ser extravagante, de ser livre. Vi muitos amigos deixarem este mundo muito cedo, nunca chegaram a compreender a grande aventura que é o envelhecer.

Ninguém vai me censurar se eu resolver ficar no computador, a viajar na Internet, até às quatro horas da manhã, se no dia seguinte dormir até ao meio dia, se preferir escutar as músicas dos anos 50, 60 ou 70. Se quiser chorar por um amor perdido, eu vou chorar. Se resolver ir à praia com um calção muito esticado, mostrar o meu corpo decadente, se resolver dar um mergulho nas ondas da emoção, quem vai me impedir?

Eu sei que já esqueci muitas coisas, mas eu sei que muitas coisas precisam e devem ser esquecidas. Aquelas essenciais e importantes, essas não vou esquecer. Ao longo de tantos anos, o meu coração foi quebrado. Como não quebrar o coração, quando perdemos um ente querido, quando vemos uma criança a sofrer, ou mesmo quando um cachorrinho amigo, é atropelado por um carro maldito. Eu sei que são os corações partidos, que nos dão forças para continuar. Um coração imaculado e estéril, nunca conheceu a alegria de ser imperfeito.

Considero-me uma pessoa abençoada, por ter vivido até aqui, pelos meus cabelos grisalhos, por carregar em meu rosto, sulcos da eterna juventude. Muitos não riram porque morreram antes de seus cabelos pratearem. Na medida que vou ficando mais velho, vou me tornando positivo e sincero. Não me preocupo com o que os outros pensam de mim, não me questiono mais, ganhei o direito de ser feliz, de ser idoso, pois a idade me libertou. Gosto de ser a pessoa em que eu me transformei.

Sei que não sou eterno, um dia vou morrer, pois ninguém vive para sempre. Mas, enquanto estiver neste mundo, não vou perder o tempo a me lamentar por aquilo que poderia ter sido e não fui. Vou continuar minha vida, vou comer e beber aquilo que me apetecer. Não deixarei de tomar as minhas doses. A bebida devidamente regrada, é uma boa  fonte de saúde e de controle do Coração.

                                           

Deus abençoe a todos

                                        

Agostinho Gomes  Ribeiro   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:34

AÇÃO NÃO OMISSÃO

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 25.02.15

Todos os dias ficamos incomodados com tantas tragédias e acontecimentos, que escutamos e vemos. Mortes por balas perdidas, falta de respeito à vida humana, violência e roubos. Nenhuma pessoa de bom senso, consegue viver tranquila, diante de tantos desmandos e falta de respeito, principalmente, contra pobres e indefesos.

Mas as preocupações com este estado de coisas, não são o suficiente, tampouco os comentários de indignação, mesmo que sejam fortes, gerando até protestos, vão resolver o problema. Nada disto vai fazer melhorar, porque, palavras o vento as leva e sentimentos o tempo apaga. Existe um ditado popular, que diz.: "Se as palavras comovem, os exemplos arrastam." Este deve ser o comportamento de todo aquele que se diz Cristão. Um Cristão convicto, nunca pode compactuar com desonestidade e falta de amor ao próximo.

Não podemos admitir, um Cristão se comprometer com marginais e corruptos, comprometer a sua salvação e das pessoas que com ele participam. Sabemos que a fé de muitas pessoas é fraca e deixam-se levar pelo caminho da perdição com muita facilidade. Por isso, o Cristão não pode se omitir. Não basta bater no peito e dizer que nada fez de errado, que não tem pecados. A omissão é  um pecado muito grande, pois os omissos, são os responsáveis por tudo o que acontece de ruim. Quem se omite, é no mínimo conivente.

O Cristão deve ser um ponto de referência em qualquer lugar, deve estar sempre a semear a ordem e a concórdia, trabalhar pela paz e pela justiça, semear a fraternidade e o bem comum. Se não estiver apto para isso, não se apresente como Cristão, adote outra sigla qualquer.

Nós sabemos que este trabalho não aparece, não dá sucesso e nem status a ninguém, mas precisa ser feito, imediatamente, antes que seja tarde demais. Se houver boa vontade de agir, o tempo propício não vai faltar. Existem muitos lugares onde a ação é necessária. Na própria Igreja, nos locais de trabalho, nas comunidades onde mora, todos os lugares são carentes e todo o tempo é tempo de ação. Muita gente pensa que ser Cristão é ser "Um Cristo Grande", cristão rima com ação. É isto que nos propõe o dia a dia da nosso fé.

O Cristão tem muitos motivos para se orgulhar. É o único que pode   mostrar um Túmulo Vazio, e apresentar tantas figuras que espantaram o mundo, com seu amor e sua disponibilidade. Além de várias figuras do passado, como São Francisco de Assis a personalidade do segundo milênio, tivemos Madre Teresa de Calcutá e muitos outras personalidades que todos os dias estão sendo elevados à dignidade dos nossos altares.

São tantas figuras que nos incentivam a lutar, Quem faz tudo é o próprio Deus, porém, usa nossas mãos, nossos braços, nossa força de vontade. Todos os dias Ele nos conclama " Vinde, Eu preciso de vós, para implantar o Amor". Já pensaram na resposta?

                                           

Deus abençoe a todos

                                         

Agostinho Gomes Ribeiro  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:04

No capítulo "Combate à Corrupção" grega, noto a reforma da tabela salarial da F.P., SEM REDUZIR OS PISOS SALARIAIS ACTUAIS

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.02.15

Em Portugal  o que se fez foi exatamente o contrário: Reduzir os pisos salariais
   

Administração Pública e corrupção – a Grécia quer uma administração pública moderna. Irá: 

- Tornar a luta contra a corrupção numa prioridade nacional e operacionalizar em pleno o Plano Nacional Contra a Corrupção.  

- Foco no contrabando de combustíveis e tabaco, monitorizar preços de bens importados (para evitar perdas de receita durante o processo de importação), e combater a lavagem de dinheiro. O governo tenciona de imediato fixar metas de receita ambiciosas nestas áreas, a serem conseguidas sob a coordenação no recém-criado cargo de Ministro de Estado. 

- Reduzir (a) o número de Ministérios (de 16 para 10), (b) o número de ‘consultores especiais’ no governo em geral e (c) benefícios dos ministros, deputados e altos funcionários (por exemplo, no que diz respeito a carros, despesas de viagem, subsídios). 

- Apertar a legislação sobre o financiamento dos partidos políticos e incluir um teto máximo para o seu endividamento junto de instituições financeiras e outros. 

-Ativar de imediato a atual (embora dormente) legislação que regula as receitas dos media (imprensa e eletrónica) assegurando (por meio de leilões concebidos para o efeito) que pagam os preços de mercado pelas frequências usadas e proibindo as continuadas e permanentes perdas dos grupos de media (sem um processo transparente de recapitalização). 

-Estabelecer uma plataforma transparente, eletrónica e em tempo real para os concursos públicos – reativar o DIAVGEIA (um registo público online para as atividades relacionadas com concursos públicos). 

-Reformar a tabela salarial do sector público, tendo em vista a descompressão da distribuição de renda através de ganhos de produtividade e políticas de recrutamento apropriadas, sem reduzir os pisos salariais atuais, mas salvaguardando que massa salarial do setor público não vai aumentar. 
  
-Racionalizar o benefícios extraorçamento, para reduzir a despesa geral, sem prejudicar o funcionamento do setor público, seguindo as “boas práticas” da UE. 

-Promover medidas para: melhorar as formas de recrutamento, encorajar as promoções com base no mérito, basear os reconhecimentos em avaliações genuínas e estabelecer processos para maximizar a mobilidade de recursos humanos e não-humanos dentro do seto público.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:29

Poema - Fátima Monteiro

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.02.15

Francisca Queiroz RECORD (3).jpg

 

ÂNSIA
 
Não sei se vá ou se fique 
Não sei se parada fique
Não sei se aqui me demore
Não sei se ria ou se chore
 
É que o tempo escasseia
Para dizer o que me anseia
Não sei se vá ou se fique
Não vou ficar neste impasse 
 
Calada não quero ficar 
Ainda que a voz sinta a embargar
Pois que o tempo o justifique 
Não o posso mais silenciar  
 
Falarei sem constrangimento 
E sem arrependimento
Porque o que sinto cá dentro 
Não me leva ao fingimento 
Nem que seja por um momento!

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:14

Balanço de um Voto

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 23.02.15

Não votei em Passos Coelho apenas para desalojar Sócrates.

Votei nele para ver melhorar o sistema educativo, equilibrar as finanças e restaurar a esperança dos portugueses.

Não votei nele para cortar salários e pensões. Votei nele para estabilizar o nível de vida da classe média. Para reestruturar com racionalidade os salários. Para melhorar as condições de vida dos mais desfavorecidos.

Não votei nele para continuar a encobrir as artimanhas financeiras dos ricos e seus protegidos; Votei nele para travar o enriquecimento ilícito ou injustificado de muitos portugueses , e para obrigar os mais fugidios a pagar os impostos.

Não votei nele para humilhar o país e os portugueses perante os seus pares europeus; Votei nele para dignificar Portugal e os portugueses perante os restantes parceiros da Europa e do Mundo.

Não votei nele para concentrar serviços de forma cega e desumana; Votei nele para melhorar a saúde dos portugueses, travar as injustiças na administração e nos tribunais, e para acautelar e defender os direitos de todos os portugueses diante da lei.

Não votei nele para legislar de forma atabalhoada e parcial. Votei nele para melhorar as leis da República tornando-a mais justas, mais equitativas e mais fáceis de aplicar.

Valeu a pena? 

Como valeu a pena se a educação do meu paísnão melhorou? Se a dívida pública não diminuiu?  Se os cuidados de saúde pioraram?

Como valeu a pena se a classe média empobreceu? O desemprego aumentou? Os pobres ficaram mais pobres e os ricos ainda mais ricos?

Como valeu a pena, se continuamos a não ter o que foi nosso?

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:17

Passeio da Páscoa "Prazer da Memória" : De Vila Pouca à Sra da Peneda

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 23.02.15

vila pouca, jardim.jpg

vila pouca a povoa.png

São Felix 1.jpg

 

Póvoa a Viana.png

 

santa luzia.jpg

 

Viana do castelo a Melgaço.png

melgaço.jpg

 

 

 

Melgaço a Soajo.png

sra peneda.jpg

 

soajo.jpg

 

Soajo a Viana.png

ponte da barca.jpg

ponte de lima.jpg

 

 

Viana a Vila pouca.png

 

Caros amigos da "Associação Prazer da Memória":

 

Na altura em que se realiza a nossa viagem de Páscoa, não estão ainda abertas ao público as instalações da Malafaia. Por isso decidimos propor aos nossos associados a alternativa acima descrita. Espero que gostem.

Vamos tentar realizar esta viagem, ou no domingo a seguir ao de Páscoa (dia 12 de abril), ou no seguinte ( dia 19 de abril).

Vamos tentar que a Câmara Municipal nos ceda um autocarro. Daí não termos ainda uma data definitiva.

 

Podem começar a inscrever-se:

 

Para já, estão inscritos os seguintes nossos amigos e associados:

 

1. Cândida Dias;

2. João Pinto;

3, Deolinda Dias;

4. João Machado Ribeiro;

5. Edma Ribeiro;

6. João Pedro Machado Ribeiro;

7. Francisco da Cunha Ribeiro;

8. Célia Ribeiro;

9. João Pedro R.M. Cunha  Ribeiro;

10. Abílio José R. M. Cunha Ribeiro;

11. Manuel Pinto;

12. Emília Pinto;

13. Lino;

14. Fátima Monteiro;

15. Belarmino Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:20

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes

  • cunha ribeiro

    Absolutamente de acordo!

  • Cláudio Dias Aguiar

    Sou Cláudio Dias Aguiar, único filho do casal Raim...

  • mami

    domingo gordo é mesmo para enfardar :D :D :D

  • Anónimo

    Os meus pesames a familia.

  • Ebe Taveira

    Como assim??

  • cheia

    Muitos parabéns pelas suas oitenta e quatro Primav...

  • cunha ribeiro

    À Emília e ao Orlando Branco, filhos da Dona Alice...

  • cheia

    Já não bastava  as agencias de rating conside...

  • cunha ribeiro

    Grande texto sr Agostinho Gomes Ribeiro. Partilho-...

  • João Ribeiro

    Parabéns primo Agostinho pelo belo texto sobre a S...




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds



Pág. 1/8