Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


EU TE AMO

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 21.06.17

Sempre me questiono quanto à origem desta expressão, eu te amo. Nos meus tempos de adolescente e jovem, não me lembro ter ouvido esta frase de ninguém. Quando já adulto passei a ler alguns Clássicos da Literatura Portuguesa, como Eça de Queirós, li vários romances, li também Camilo Castelo Branco, Guerra Junqueiro, Almeida Garrett, Alexandre Herculano e outros. Em nenhum romance que li, encontrei esta frase “Eu TE Amo”.

Passei a ler também alguns autores brasileiros como Machado de Assis, Jorge Amado, Erico Veríssimo, Euclides da Cunha, José de Alencar e outros. Em nenhum também li esta frase. Em contato com meus familiares e alguns amigos, também nunca me lembra ter ouvido esta expressão. Como de repente passei a escutá-la e a lê-la em poemas da literatura moderna, despertou a minha curiosidade em descobrir como, de onde, surgiu esta expressão, tão suave, “Eu Te Amo.”

Consultei um amigo, professor de Literatura da Universidade Federal, ele com toda a sua autoridade literária, disse-me que esta expressão, eu te amo, é de origem recente, surgiu na Língua Portuguesa, sem que se soubesse de quem era a autoria. Disse ainda que é uma influência  do cinema americano. Passou a ser muito badalada, por alguns poetas modernos e compositores de musicais. Então eu lembrei de uma música de Noel Rosa, onde ele reclamava disso. “ O amor lá no morro, é bom para chuchu, mas no meu samba, não tem I love you.

O amor sempre existiu, mas muito simples e recatado, que não era preciso falar nele a todo o momento. Lembro-me de uma música  composta por Dolores Duran, “A Noite do Meu Bem”, cuja letra me deixava emocionado, isto porque, Meu Bem, a gente escutava em todos os lugares. Não seria um modo diferente de dizer “Eu Te Amo”? Realmente, quem começou a introduzir no cenário brasileiro o eu te amo, foi o poeta e compositor Vinicius de Morais. Escreveu um poema que dizia assim: “Amo-te tanto meu amor, entenda este humano coração, amo-te como amigo, como amante, quero-te aqui na minha mão.”

 Confesso que não entendi nada do que o poeta escreveu. Mas, conclui que amo-te, é a mesma coisa de eu te amo. Alguém tem alguma dúvida?.

    

Deus abençoe a todos

         

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:32

ASSÉDIO SEXUAL

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 21.06.17

No mundo de hoje estamos vivendo uma “Paranóia”, que pode nos mergulhar numa grande confusão. Quando caímos na insensatez de elogiar alguém do sexo feminino, ainda que seja para ser agradável.

Na semana passada fiz uma viagem a Saquarema, sede de um Município da Região dos Lagos, do Estado do Rio de Janeiro. Peguei um ónibus na Rodoviária. A viagem leva por volta de duas horas. Sentei ao lado de uma jovem senhora, aparentando ter uns trinta anos.

Iniciamos um bate papo. Ela apesar de ter idade para ser minha neta, me deixou certa impressão, pois o amor não tem idade. Ela me disse que fora casada por quatro anos, mas que agora estava divorciada. Comentei que ela era muito simpática e carismática, que não teria dificuldade em encontrar um novo pretendente. Tiramos uma selfie e pedi que ela me mandasse pelo Whatsap, para isso dei-lhe o número e disse que assim passaríamos a ficar conectados. Chegamos ao destino, ela seguiu para casa de uma tia que ia visitar e eu me dirigi para a Prefeitura para resolver o problema que me levou ali.

Uma hora depois quando já havia terminado de resolver o meu problema, me dirigi a um restaurante para almoçar. Ali encontrei um conhecido que já não via há muito tempo, a surpresa do encontro foi mútua. Convidou-me a sentar-me à mesa dele e passamos a conversar sobre diversos assuntos. Em dado momento, ele me confessou que estava a viver um problema muito difícil, que elogiara uma jovem bonita e carismática. Ela o acusou de Assédio Sexual. Ela tinha contratado um advogado e estava preocupado com a situação.

Eu pensei imediatamente naquela mulher e no que havia lhe dito. Pedi a minha comida, nada falei sobre os elogios que havia feito a ela. E se ela me acusasse de Assédio Sexual. Confesso que fiquei muito preocupado com a situação. Ela tinha todos os meus dados e ainda por cima o número do meu whatsap. Até hoje não recebi nada, nem tão pouco o selfie que ficou no telefone dela. As minhas preocupações continuam, pois além do número, dei mais pistas sobre mim.

Mas cá para nós, se ela tiver a coragem de acusar um velho de Assédio Sexual, mostrará que não tem qualquer dignidade. 

    

Deus abençoe a todos

         

Agostinho Gomes  Ribeiro 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:27

O VERDADEIRO AMOR

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 14.06.17

Não me perguntem por que dia 12 de junho é dia dos namorados, porque não sei? Mas sei que falar em namoro, é falar do Amor. Até que o Amor, seja ele de que tipo for, é um assunto mais agradável do que falar em traficantes, viciados, bandidos ou corruptos.  Vamos esquecer por alguns momentos, estes falsos brasileiros, que tem enchido o nosso “saco”, com reportagens escritas, faladas e televisada. Vamos falar do amor, ainda que, muitos afirmem que ele já morreu.

Morreu como? O amor é que tem apresentado as melhores campanhas de marketing, por esse mundo a fora, pois todos nós que passamos por este mundo, somos frutos do amor. Todos nós nascemos, porque um homem e uma mulher se juntaram para fazer “amor”. Ainda que fosse um amor traição, o resultado deu positivo. O importante é que o amor é o responsável pela nossa existência e sermos aquilo que somos.

De qualquer maneira é por causa do amor que eu, você, nossos amigos e inimigos, estamos aqui. Do amor nasceram todas as pessoas, todas as raças, judeus e árabes, Exércitos Islâmicos, os bons e os maus, os que votam certo e os que votam errado. Portanto, tudo o que existe de bom ou de ruim, é responsabilidade do amor. Já dizia Fernando Pessoa: “A gente ama porque ouviu falar do amor”.

Desde que nascemos nos preparamos para o amor. Assim já fizeram os nossos ante passados. O amor é uma corrente, que se quebrar um elo, o mundo acabará. O amor verdadeiro ou falso se encaixa na vida de todos nós, por isso todos nascem carentes de amor. O nosso destino é procurar sem cessar, o nosso complemento. Todos no mundo tiveram um dia seus corações disparados por causa de um amor.

O amor desperta na vida das pessoas por vários motivos: para suprir nossa carência de afeto, para abrandar a nossa solidão, para satisfazer nossos desejos, para procriar nossa herança. O amor está no DNA dos sete bilhões de habitantes do Planeta. Todos amam ainda que, nem todos sejam correspondidos. Não se pode negar que o amor ainda é a verdadeira mola mestra, que sustenta o mundo. Os homens não são totalmente maus, porque todos nasceram do amor. Por isso, o amor está em todos os lugares, pois Segundo a Bíblia, Deus é Amor.

   

Deus abençoe a todos

        

Agostinho Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:26

ADOLESCENTES DEPRESSIVOS

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 14.06.17

A Depressão está sendo apontada pela Organização Mundial da Saúde, como a pior doença do século XXI ainda que temos apenas dezassete anos de vivência neste século. Cada dia aparecem mais pessoas a sofrer desta doença principalmente jovens e adolescentes. É muito comum encontrar jovens sem qualquer interesse pela vida, sem interesse e sem ideais. Não têm vontade de estudar, de fazer nada, só querem isolamento e dormir. Acham-se pesos mortos e rejeitados pelos familiares e amigos. Alguns já chegaram até a tentar o suicídio, não que tenham vontade de morrer, mas para se libertarem do estado de incapacidade em que se encontram.

A maioria dos jovens atinge esta fase crítica, quando estão deixando a adolescência, se queixam da sensação de se encontrarem num abismo profundo, sem condições de reagir. Este tipo de depressão em adolescentes está aumentando num ritmo assustador. Segundo pesquisas, a depressão é a maior causa de incapacidade de meninos e meninas de dez a dezanove anos. Começam com a falta de apetite, provocando alterações no peso, perturbações no sono, sentimentos de tristeza e desespero. Consideram-se inúteis para a sociedade, sem perspetivas de melhorar suas vidas. Isolam-se de tudo e de todos, têm dificuldades de concentração, falta de memória e carregados de pensamentos suicidas.

De acordo com uma recente pesquisa, as causas possíveis da depressão, é o resultado de uma combinação de fatores sociais e aspetos biológicos. Na família existem casos históricos da doença, já que a depressão tem muito de genético. Esta doença afeta o cérebro, provoca problemas cardíacos e alterações hormonais. O stresse também é um fator de risco, quando atinge o descontrole. A separação dos pais, um segundo relacionamento, a morte de um parente querido, de um amigo, um abuso sexual, maus tratos ou uma doença grave.

Outros fatores também podem ajudar como dificuldades nos colégios, a falta de memória afeta o aprendizado, sentem-se inferiorizados perante os colegas. As cobranças dos pais, o medo de não corresponder e tirar notas baixas. O abandono por parte dos familiares, ninguém se preocupa com eles, sentimentos de rejeição  estes fatores aliados á falta de perspetiva em conseguir emprego, criam nos jovens uma situação de incapacidade, sentem-se inúteis e imprestáveis. Por isso a depressão está atacando mais cedo, provocando um estrago na juventude.

    

Deus abençoe a todos

          

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:21

AS JOGADAS DA VIDA

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 07.06.17

Nos meus tempos de jovem existia um brinquedo que ensinava como manobrar grandes somas de dinheiro. Era o chamado “Banco Imobiliário”. Esse brinquedo existe ainda hoje e sua propaganda de venda nos sites da Internet, diz: “Você agora pode se tornar um próspero negociante, ter muitos imóveis, títulos de crédito bancários, ser proprietário de vários terrenos em locais super valorizados, ser dono de empresas, hotéis e etc.”.

Esse brinquedo tinha uma grande quantidade de dinheiro de fantasia, que era dividido pelos participantes do jogo em quantidades iguais. O jogo estimulava os negócios a arte de tirar o máximo possível dos outros competidores. Havia jogadores que usavam a inteligência e a astúcia, para subtrair o patrimônio do outro para si. 

Hoje quando escuto falar dos roubos que acontecem na vida real, em cifras capazes de virar a cabeça de qualquer pessoa, principalmente aquelas que contam os tostões sempre que precisam que lutam durante o dia para ter o que comer à noite, naturalmente, estes milhões e bilhões, que as pessoas subtraem com tanta facilidade, deixam a cabeça das pessoas virada. Como pode certas pessoas ter um

Faro tão afiado, que lhes permite apanhar tantos milhões, que a gente chega a duvidar que o Céu seja o limite.

A ganância de certas pessoas atingiu um patamar tão alto, que já sumiu o caráter, a dignidade e a vergonha. Nada mais se pode esperar destas pessoas. Diante de tanta coisa que leio e escuto, de tantos milhões roubados com tanta facilidade, fico com raiva de mim mesmo, da minha honestidade, da minha pobreza, isto nos envergonha de sermos honestos. Por isso dizem: “Se tudo o que podes não levas, nunca sairás da m...”. Hoje só tem valor quem tem dinheiro, não importa como ele foi conseguido. “Um burro carregado de jóias é um doutor.”

Dizem que todo o ser humano tem um preço, tem um valor. Qual seria o valor que deveria aparecer no meu extrato bancário? Mas como não tenho conta em banco, não vai aparecer valor nenhum. Certamente, alguém já surripiou a parte que me cabia. Diante disto, vou desistir de jogar. Esse Banco Imobiliário não vale nada. Chega!

             

Deus abençoe a todos

         

Agostinho Gomes Ribeiro 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:18

A PESSOA CERTA

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 07.06.17

Todo o ser humano nasce incompleto. Segundo nos ensina a psicologia, cada ser humano é apenas metade. Desde o seu nascimento até à morte, todos procuram a sua cara metade. Muitos conseguem encontrar, mas outros jamais encontram o seu complemento. Quando  o rapaz ou a rapariga atingem  a idade da razão, iniciam a busca pela metade que lhes falta. Muitas vezes falhamos e nos relacionamos com a pessoa errada, as consequências são o fracasso de muitas uniões.

Algumas frases se propagam pela vida afora, não sabemos quem as inventou, mas elas se encaixam em nossa vida. Por exemplo, esta frase: “Enquanto não encontro a pessoa certa, vou me distraindo com a errada”. Li esta frase quando ainda era adolescente. Não me lembro onde li se foi num para-choque de caminhão ou nas costas de uma camiseta. Mas é uma frase que tem muito sentido.

Nos relacionamentos sexuais de um homem com uma mulher, muitas vezes para curtir um momento de prazer, pode surgir um novo ser, que não pediu para nascer, mas precisa ser acolhido, amado e amparado. Quando dois seres de sexo oposto se relacionam e não existe afinidade entre eles, um não é o complemento do outro, pode trazer muitos problemas e complicações para os dois. A nossa identidade para a pessoa certa, é desconhecida, assim como também não conhecemos a outra parte, tudo precisa acontecer ao acaso. Muitas vezes, a nossa cara metade, está onde menos esperamos.

Quando dois seres se completam, tudo vai dar certo na união, os filhos são amados e desejados, as famílias se dão bem uns com os outros, aceitam e apoiam as escolhas. Numa união onde existe o amor e a compreensão, é que podemos chamar de um Lar feliz. Muitas vezes ao encontrar a pessoa certa, não podemos nos relacionar, pois pode haver problemas que impedem.  Pode haver muita diferença de idade, um deles já tem compromisso com outra pessoa errada. Podem existir de parte a parte sequelas muito difícil de serem solucionadas.  Vícios, manias de difícil convivência.

Muitos encontram a pessoa certa, mas não vivem felizes, num perfeito relacionamento, precisa haver metade amor e metade compreensão, para que não aconteça haver saudades da pessoa errada.

  

Deus abençoe a todos

        

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:16

COMO PERMANECER JOVEM

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 01.06.17

Ninguém gosta de ser velho, todos aqueles que atingem a idade madura, é porque o tempo não perdoa. A cada instante ele está envelhecendo. A única coisa que tudo no mundo faz ao mesmo tempo é contar tempo. No entanto, existem algumas regras que nos fazem permanecer sempre jovens.

1) Livrar-se de todos os números, na vida tem números que não são essenciais, como: idade, peso, altura e etc. Deixar que os médicos se preocupem com isso, afinal, é para isso que pagamos as consultas.

2) Conservar somente os amigos alegres e otimistas, aqueles que são pessimistas e só falam em coisas desagradáveis, dispensa-los.

3) Aprender sempre cada vez mais, sobre computadores, arte, cinema, jardinagem, seja o que for, até radio amadorista é bom. Nunca deixar o cérebro inativo, sempre ler, estudar, trabalhar, inventar. Uma mente inativa é uma oficina do diabo, o nome da família do diabo, é Alzheimer.

4) Apreciar sempre as coisas mais belas da vida, como: amor, sexo, divertimentos, praia, piscina e etc.

5) Rir sempre e rir de tudo, rir alto, até perder o fôlego.

6) Lágrimas sempre acontecem.  Mas suportar o mais que puder, não se queixar de nada, continue a gostar da vida, afinal só temos esta. A única pessoa que está connosco a vida inteira, somos nós mesmos. Mostrar sempre que estamos vivos, enquanto estamos vivos de fato.

7) Rodear-se somente daquilo que amamos, como: família, animais de estimação, coleções, músicas, plantas, ter sempre um  hobbies, seja ele o que for. O nosso lar é o nosso refúgio.

8) Cuidar sempre da saúde: se estiver boa, preserva-la, se estiver instável, melhorá-la, se estiver além daquilo que podemos fazer pedir ajuda.

9) Não fazer apenas viagens por necessidade. Frequentar shopings, ir sempre para lugares alegres e divertidos, viajar para outros países, mas evitar de viajar apenas para médicos, hospitais ou postos de saúde.

10) Dizer ás pessoas que as ama, sempre que puder. Não esquecer que a vida não se mede pelas vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos divertimos. A vida é nossa e temos o direito de vivê-la.

     

Deus abençoe a todos

        

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:28

A MORTE E A VIDA

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 01.06.17

Nos meus tempos de adolescente, na querida aldeia de Parada de Aguiar ou do Corgo, como era conhecida, o falecimento de alguém, alterava a rotina de toda a Freguesia. O primeiro a anunciar que alguém tinha morrido, era o Sino da Igreja Matriz. Se o finado era um homem, ele tocava três vezes. Se era mulher tocava duas vezes. Quando era uma criança, o sino não dobrava, apenas repicava num tom de alegria, era um Anjinho a caminho do Céu. 

 Assim toda a Freguesia, ao ouvir a voz do sino, sabia que alguém havia passado desta vida para a outra. O sino tocava de manhã, ao meio dia e à noite. Pelo toque do sino sabia-se se fora homem, mulher ou criança que falecera. Faltava apenas saber quem foi e a que aldeia pertencia, salvo quando era da Montanha, pois Paredes, Lixa e Carrazedo, pertenciam a Soutelo, hoje formam outra Freguesia.

Na aldeia de Parada quando se sabia que determinado morador havia morrido, toda a aldeia participava. O corpo sempre era velado na residência do morto. Á noite todos se reuniam para rezar o Terço. Geralmente, as orações e o velório eram dirigidos pela Senhora Ana Cunha. Após as orações alguns se retiravam, mas outros ficavam durante a noite.

O caixão era feito em Vila Pouca na loja do Fernandinho,  era branco se fosse solteiro, era roxo se fosse casado e preto se fosse viúvo. Uma pessoa ia buscar o caixão e trazia à cabeça até à aldeia. O morto era vestido com a melhor roupa que tivesse os melhores sapatos ou botas, ainda que, a loja mandasse um par de sapatilhas. O morto ficava encharcado, junto ao caixão tinha uma caldeireta, com água benta, para que todos jogassem água sobre o morto. O enterro se iniciava com a chegada do Padre para levantar o defunto. Formava-se uma procissão com a bandeira e as opas do Coração de Jesus, geralmente eram crianças do Catecismo, dirigidas pela Senhora Eusebia Baldeira. O caixão era levado na mão até ao Cruzeiro. Após as orações era carregado nos ombros até Soutelo. A procissão se desfazia e voltava a se formar na chegada à Igreja. Se era rico e tinha dinheiro, tinha o Oficio Inteiro, se era pobre não tinha nada, tinha Missa rezada.

Diante de tantas inovações, acho que em Parada não é mais assim. Das três vezes que estive na aldeia, graças a Deus, não teve nenhum enterro.

            

Deus abençoe a todos

       

Agostinho Gomes  Ribeiro       

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:25

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes

  • cunha ribeiro

    Absolutamente de acordo!

  • Cláudio Dias Aguiar

    Sou Cláudio Dias Aguiar, único filho do casal Raim...

  • mami

    domingo gordo é mesmo para enfardar :D :D :D

  • Anónimo

    Os meus pesames a familia.

  • Ebe Taveira

    Como assim??

  • cheia

    Muitos parabéns pelas suas oitenta e quatro Primav...

  • cunha ribeiro

    À Emília e ao Orlando Branco, filhos da Dona Alice...

  • cheia

    Já não bastava  as agencias de rating conside...

  • cunha ribeiro

    Grande texto sr Agostinho Gomes Ribeiro. Partilho-...

  • João Ribeiro

    Parabéns primo Agostinho pelo belo texto sobre a S...




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds