Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


COMO PERMANECER JOVEM

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 01.06.17

Ninguém gosta de ser velho, todos aqueles que atingem a idade madura, é porque o tempo não perdoa. A cada instante ele está envelhecendo. A única coisa que tudo no mundo faz ao mesmo tempo é contar tempo. No entanto, existem algumas regras que nos fazem permanecer sempre jovens.

1) Livrar-se de todos os números, na vida tem números que não são essenciais, como: idade, peso, altura e etc. Deixar que os médicos se preocupem com isso, afinal, é para isso que pagamos as consultas.

2) Conservar somente os amigos alegres e otimistas, aqueles que são pessimistas e só falam em coisas desagradáveis, dispensa-los.

3) Aprender sempre cada vez mais, sobre computadores, arte, cinema, jardinagem, seja o que for, até radio amadorista é bom. Nunca deixar o cérebro inativo, sempre ler, estudar, trabalhar, inventar. Uma mente inativa é uma oficina do diabo, o nome da família do diabo, é Alzheimer.

4) Apreciar sempre as coisas mais belas da vida, como: amor, sexo, divertimentos, praia, piscina e etc.

5) Rir sempre e rir de tudo, rir alto, até perder o fôlego.

6) Lágrimas sempre acontecem.  Mas suportar o mais que puder, não se queixar de nada, continue a gostar da vida, afinal só temos esta. A única pessoa que está connosco a vida inteira, somos nós mesmos. Mostrar sempre que estamos vivos, enquanto estamos vivos de fato.

7) Rodear-se somente daquilo que amamos, como: família, animais de estimação, coleções, músicas, plantas, ter sempre um  hobbies, seja ele o que for. O nosso lar é o nosso refúgio.

8) Cuidar sempre da saúde: se estiver boa, preserva-la, se estiver instável, melhorá-la, se estiver além daquilo que podemos fazer pedir ajuda.

9) Não fazer apenas viagens por necessidade. Frequentar shopings, ir sempre para lugares alegres e divertidos, viajar para outros países, mas evitar de viajar apenas para médicos, hospitais ou postos de saúde.

10) Dizer ás pessoas que as ama, sempre que puder. Não esquecer que a vida não se mede pelas vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos divertimos. A vida é nossa e temos o direito de vivê-la.

     

Deus abençoe a todos

        

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:28

A MORTE E A VIDA

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 01.06.17

Nos meus tempos de adolescente, na querida aldeia de Parada de Aguiar ou do Corgo, como era conhecida, o falecimento de alguém, alterava a rotina de toda a Freguesia. O primeiro a anunciar que alguém tinha morrido, era o Sino da Igreja Matriz. Se o finado era um homem, ele tocava três vezes. Se era mulher tocava duas vezes. Quando era uma criança, o sino não dobrava, apenas repicava num tom de alegria, era um Anjinho a caminho do Céu. 

 Assim toda a Freguesia, ao ouvir a voz do sino, sabia que alguém havia passado desta vida para a outra. O sino tocava de manhã, ao meio dia e à noite. Pelo toque do sino sabia-se se fora homem, mulher ou criança que falecera. Faltava apenas saber quem foi e a que aldeia pertencia, salvo quando era da Montanha, pois Paredes, Lixa e Carrazedo, pertenciam a Soutelo, hoje formam outra Freguesia.

Na aldeia de Parada quando se sabia que determinado morador havia morrido, toda a aldeia participava. O corpo sempre era velado na residência do morto. Á noite todos se reuniam para rezar o Terço. Geralmente, as orações e o velório eram dirigidos pela Senhora Ana Cunha. Após as orações alguns se retiravam, mas outros ficavam durante a noite.

O caixão era feito em Vila Pouca na loja do Fernandinho,  era branco se fosse solteiro, era roxo se fosse casado e preto se fosse viúvo. Uma pessoa ia buscar o caixão e trazia à cabeça até à aldeia. O morto era vestido com a melhor roupa que tivesse os melhores sapatos ou botas, ainda que, a loja mandasse um par de sapatilhas. O morto ficava encharcado, junto ao caixão tinha uma caldeireta, com água benta, para que todos jogassem água sobre o morto. O enterro se iniciava com a chegada do Padre para levantar o defunto. Formava-se uma procissão com a bandeira e as opas do Coração de Jesus, geralmente eram crianças do Catecismo, dirigidas pela Senhora Eusebia Baldeira. O caixão era levado na mão até ao Cruzeiro. Após as orações era carregado nos ombros até Soutelo. A procissão se desfazia e voltava a se formar na chegada à Igreja. Se era rico e tinha dinheiro, tinha o Oficio Inteiro, se era pobre não tinha nada, tinha Missa rezada.

Diante de tantas inovações, acho que em Parada não é mais assim. Das três vezes que estive na aldeia, graças a Deus, não teve nenhum enterro.

            

Deus abençoe a todos

       

Agostinho Gomes  Ribeiro       

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:25

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes

  • cunha ribeiro

    Absolutamente de acordo!

  • Cláudio Dias Aguiar

    Sou Cláudio Dias Aguiar, único filho do casal Raim...

  • mami

    domingo gordo é mesmo para enfardar :D :D :D

  • Anónimo

    Os meus pesames a familia.

  • Ebe Taveira

    Como assim??

  • cheia

    Muitos parabéns pelas suas oitenta e quatro Primav...

  • cunha ribeiro

    À Emília e ao Orlando Branco, filhos da Dona Alice...

  • cheia

    Já não bastava  as agencias de rating conside...

  • cunha ribeiro

    Grande texto sr Agostinho Gomes Ribeiro. Partilho-...

  • João Ribeiro

    Parabéns primo Agostinho pelo belo texto sobre a S...




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds