Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


A PREVIDÊNCIA SOCIAL

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 05.07.17

A Previdência Social no Brasil, começou em 1937 na Ditadura Vargas. Foram criados os IAPS, os Institutos de Aposentadoria e Pensões, para cada classe trabalhadora. O IAPC, para o Comércio, o IAPI, para a Indústria, IAPTC para os Transportes e cargas, o IAPB, para os Bancários, o IPASE, para o Servidor Público, e por aí afora. Cada IAP tinha a responsabilidade da classe, em serviço de saúde e auxilio doença, auxilio natalidade, auxilio funeral e finalmente a Aposentadoria. Cada IAP tinha o seu hospital e construía conjuntos habitacionais, para os segurados. Ainda hoje são famosos, vários Conjuntos Habitacionais construídos nos subúrbios do Rio de Janeiro.

Quando entrei no mercado de trabalho, pertencia ao IAPC. De 13 de março a 23 de dezembro,  de 1961, estive afastado por doença. Embora estivesse na Beneficência Portuguesa, hospital particular recebia a cada semana a visita do médico do IAPC, recebia o meu salário todos os meses. Tudo funcionava muito bem. Em 1973, o governo da Ditadura Militar, resolveu acabar com os IAPS e criar o Ministério da Previdência Social, que ficou somente com a assistência Social e as aposentadorias. O serviço de saúde passou para o Ministério da Saúde, e o serviço de moradias, passou para o Banco Nacional da Habitação, hoje já extinto.

Em 1986, quando acabou a Ditadura e voltamos à Democracia, a Previdência foi alvo de muitos roubos, principalmente nos Acidentes de Trabalho. Vários Juízes e advogados ficaram ricos com as falcatruas. Também começou as aposentadorias fraudulentas, era uma verdadeira indústria, muitas pessoas se aposentavam, com altos salários, sem ter direito a nada. Quando abriram os olhos, a Previdência estava quebrada pelos roubos. Resolveram colocar trancas nas portas, mas já era tarde.  Hoje ainda tem muitos inquéritos, muitas pessoas estão sendo investigadas. Muitas, justamente no momento que mais precisam, é que perderam tudo.

Tenho um amigo em Lisboa que entrou nessa, agora pegaram a pensão dele, e não pode voltar ao Brasil, senão vai ser preso. Um casal meu amigo, quase com 90 anos, tiraram-lhe tudo, estão sendo sustentados pelos filhos, vivem a pedir-me remédios. Hoje a Previdência está a fazer uma limpa. No mês passado, cancelou mais de 50% dos auxílios doenças. Aliás, todas as Previdências no mundo, estão a enfrentar problemas. O Brasil é o alto desemprego e expectativa de vida das pessoas que aumentou muito. Há necessidade de grandes Reformas, mas é difícil para o governo faze-las.

 

Deus abençoe a todos

      

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:27

A CULPA É DELA

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 05.07.17

Muitos políticos corruptos andam de moral muito baixa, sem o menor remorso, colocam a culpa pelos seus atos, nas esposas, principalmente, se já forem falecidas. Certo político mergulhado na corrupção levantou muito cedo e foi sentar na sala a tomar Wiskie. Sua esposa estranhou ele beber àquela hora e quis saber o que se passava por que levantara tão cedo? Ele disse que a preocupação havia lhe tirado o sono. Ela então quis saber quais os motivos de tanta preocupação? O que ele fizera? Ele, como todos os corruptos, disse que não fizera nada, mas que ela não se metesse nos seus problemas, para não ser acusada, como está acontecendo com outras.

Ela protestou, disse que estavam casados há vinte anos, estavam no mesmo barco, portanto, sentia-se obrigada a fazer o possível para ajuda-lo. Bastava que ele lhe confessasse o que fizera que ela estava disposta a lutar ao lado dele. Ele na maior “cara de pau”, disse que a maior ajuda que ela podia lhe dar, era morrer. Se ela estivesse morta, ele podia  colocar a culpa nela, e tudo estaria resolvido. Era assim que outros procediam. Ela ficou muito preocupada com a ideia de morrer, afinal não estava disposta a esse sacrifício. Ponderou que não podia deixá-lo viúvo e seus filhos órfãos, certamente, haveria outra solução.

Ela disse que ele preparasse uma bebida para ela, enquanto ia trocar de roupa, depois estudariam o  que se podia fazer para ajuda-lo.

Retirou-se por alguns instantes. Quando voltou, sentou à mesa, tomou a bebida e perguntou se ele pensara no que se podia fazer. Ele calmamente disse: o que eu podia fazer, já fiz. Coloquei veneno na tua bebida e dentro de alguns instantes, serás a culpada por tudo  que eu fiz.

É esta a saída que muitos corruptos usam para se livrar das acusações que pesam contra eles. Não têm o menor remorso em colocar a culpa na esposa falecida. Afinal, a morta não pode contestar e nem vai ser incomodada. Muitas mulheres que não tiveram a coragem de morrer estão sendo julgadas e condenadas junto com seus maridos. O pior será se os espíritos dessas mulheres, resolverem fazer uma “delação premiada” e revelar todos os macetes. 

   

Deus abençoe a todos

      

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:22

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds