Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


UTOPIA E DISTOPIA

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 09.08.17

Todos sabem que Utopias são esperanças difíceis de acontecer, porém, Distopia é o apagar das esperanças. Como se diz, é uma pá de cal em nossas intenções. Na década de sessenta, tinha 25 anos de idade. Pertencia a uma geração viciada em Utopias, era nosso desejo, mudar tudo, desde os costumes até à política, até as atividades sexuais. Vivia-se um tempo revolucionário, a se expandir pelo mundo.

 Corriam em nossas veias os ideais de modernizar o Brasil, que teimava viver agarrado ás tradições de um passado isento de ideias de liberdade. Porém, fomos surpreendidos por uma revolução que culminou com a implantação de uma Ditadura Militar, de 1964 até 1986. Só nos restava enfrentar a repressão e lutar pelos ideais de modernidade que haviam aflorado. E tudo começou a mudar, tudo começou a se modernizar. Cinema novo, bossa nova, costumes novos, projetos novos, atitudes novas.

Passamos a viver um tempo de intensa Utopia, mas, mesmo sob a repressão, O Brasil se modernizou. Acabou a Ditadura, iniciamos um tempo de plena liberdade, elegemos um Presidente, depois de trinta anos de repressão. Iniciamos a década de noventa, cheios de esperança e liberdade e de ideais republicanos. Mas, entraram em cena as Distopias. O Presidente que elegemos, era um lobo com pele de cordeiro, seu primeiro ato, foi confiscar a poupança dos brasileiros, foi uma deceção geral. Quando este impostor completava um ano de governo, foi deposto pelo Congresso Nacional, por corrupção ativa.

Tivemos dois Presidentes que emplacou dois mandatos cada um. O Brasil passou por profundas modificações. Mas o povo não confiava e vivia preocupado com tudo o que acontecia. Assim, fomos vivendo às expensas de uma falsa glória. Nem a estabilidade da moeda, animou os brasileiros. Nada lhe trazia a tranquilidade que ele queria e almejava. Aos trancos e barrancos, chegamos a 2014. Numa eleição cheia de falhas, foi eleita a Senhora Dilma, para um segundo mandato, que se iniciou em 2015. Foi um ano de desastres políticos. O desemprego aumentou e a economia encolheu. Em maio de 2016, foi deposta pelo Congresso Nacional, por irresponsabilidade fiscal.

Hoje, o País luta por reformas sociais, mas estamos vivendo um tempo de intensa corrupção. O atual Congresso, composto de 513 Deputados e 81 Senadores. Sessenta por cento, estão envolvidos em corrupção. Até o atual Presidente, estava para ser processado por corrupção, conseguiu se salvar com o voto dos corruptos na Câmara Federal. Não sei onde tudo vai parar.

    

Deus abençoe a todos

         

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:59

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg