Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


O Maledicente

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 05.12.12

 

 As pessoas que por tudo e por nada maldizem dos outros não estão entre as minhas eleitas para o convívio. Pois sei que amanhã, se eu estiver ausente, sou potencial vítima da sua maledicência. Quantas vezes arrasadora.

 Nós, os humanos, temos duas qualidades e dois defeitos a coexistirem connosco: somos  fortes e inteligentes, por vezes; somos frágeis e estúpidos, outras vezes. Quem me disser que nunca teve uma atitude estúpida na sua vida ou é  mentiroso, ou é gabarola. Nem o mais dotado de inteligência foi sempre inteligente.

 Ora, o maledicente tem ele também essas duas qualidades. Só que, ao contrário dos outros seres - os normais, que são ora inteligentes, ora estúpidos, em graus diferentes - o maledicente é inteligente e estúpido ao mesmo tempo. Isto é, nenhum maledicente é só inteligente, ou só estúpido. Quando é inteligente está também a ser estúpido, e quando é estúpido está simultaneamente  a ser inteligente. Explico melhor: Quando o maledicente tem um momento de inteligência é logo invadido pelo seu carácter permanente de estupidez que lhe desvia a razão e a clarividência e o encaminha para a estupidez. Por tudo isto o maledicente é a espécie de gente mais perigosa que existe. E tanto mais perigosa quanto mais  convivemos com ela. O maledicente quando se diz nosso amigo só o é enquanto não vira as costas.  Por trás, espalha tudo o que sabe de nós. Perdão, não espalha o que sabe de nós, tal e qual. Espalha aquilo que acha que sabe de nós, o que é bem diferente. É que enquanto o nosso amigo verdadeiro, embora conheça os nossos defeitos, não os revela, ou se porventura alguém lhos observa, caso haja exagero, sai em nosso socorro colocando-os no seu devido lugar, o malecicente, pelo contrário, exagera-os, deita-lhes todo o lixo que lhe sobra na  língua em cima deles. Para o maledicente, se alguém é distraído, sofre logo de alzheimer; se diz o que pensa com frontalidade, é "arruaceiro"; se critica pessoas com cargos importantes, é vaidoso ou tem a mania; se faz obras em casa, é traficante; se não vai à missa, está condenado ao inferno.

 É assim o maledicente. Aceite um conselho, caro leitor: Se um maledicente se aproximar de si, vindo pelo mesmo passeio, mude imediatamente de passeio, e será mais feliz.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:54

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds