Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


PERGUNTA INEVITÁVEL: SERÁ QUE TODOS OS "CAMPEÕES" SE DOPARAM?

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 18.01.13

Armstrong admite doping desde o início da carreira

O antigo ciclista norte-americano Lance Armstrong admitiu hoje ter consumido substâncias dopantes desde o início da sua carreira, incluindo em cada uma das sete vitórias na Volta a França, resumindo o seu percurso como "uma grande mentira"

 

 

Numa entrevista "sem condições", Lance Armstrong respondeu sempre "sim" quando questionado por Oprah Winfrey sobre se tinha recorrido a substâncias dopantes, EPO, transfusões sanguíneas, cortisona, testosterona ou hormona de crescimento.

"Na minha opinião, não teria sido possível ganhar por sete vezes consecutivas o Tour sem recorrer a substâncias dopantes", disse, confirmando que todas as suas amarelas na prova francesa foram conquistadas com métodos proibidos.

O texano, de 41 anos, iniciou-se no doping no princípio da carreira e enveredou pela EPO em meados dos anos 90.

"É demasiado tarde (para admitir ter-me dopado), provavelmente para a grande maioria das pessoas, e a culpa é minha. Esta situação é uma grande mentira, que repeti inúmeras vezes", confessou.

Para Armstrong, a sua história, do sobrevivente do cancro que ganha a maior prova do ciclismo, foi "tão perfeita durante tanto tempo", que acabou por perder-se.

"Estava habituado a controlar tudo na minha vida, especialmente no que toca ao desporto. Agora a história é tão má, tão tóxica, e grande parte é verdade", lamentou, frisando, no entanto, que nunca pressionou nenhum dos seus antigos companheiros da US Postal a dopar-se.

O norte-americano negou que a sua equipa tivesse, como alega o relatório da Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA), "o programa mais sofisticado da história do desporto".

"Eu não inventei a cultura, mas não tentei pará-la. Lamento por isso, mas não tive acesso a nada a que os outros não tenham tido", garantiu.

O ex-ciclista disse ainda que durante a sua carreira nunca teve "medo de ser apanhado", uma vez que estava "limpo" durante as corridas e "quase não havia testes fora da competição, nem passaportes biológicos".

Armstrong assegurou ainda que em 2009 e 2010, épocas em que voltou ao pelotão depois de abandonar a modalidade em 2005, não se dopou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:56

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds