Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Janeiro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


AINDA A QUESTÃO DOS ORÇAMENTOS PARTICIPATIVOS

por cunha ribeiro, Domingo, 24.01.10


É PRECISO LEMBRAR AOS   PRESIDENTES DE CÂMARA  DESTE PAÍS QUE TÊM MEIOS LEGAIS AO SEU DISPOR, PARA DAR AOS SEUS ELEITORES  A OPORTUNIDADE DE NÃO SEREM MEROS ROBÔS QUE SE  LIMITAM A INTRODUZIR UM VOTO DE QUATRO EM QUATRO ANOS NA URNA  QUE OS  ELEGE. CHAMA-SE "ORÇAMENTO PARTICIPATIVO" UM DESSES MEIOS,  E PERMITE A INTERVENÇÃO DOS CIDADÃOS  NA ESCOLHA DE PROJECTOS / OBRAS QUE SERÃO SUBVENCIONADAS POR UMA PARTE DO ORÇAMENTO DA CÂMARA ( NO FUNDO, POR UMA PARTE DOS SEUS IMPOSTOS).


VEJA-SE O EXEMPLO DA


CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

 

"Graça Fonseca considera o Orçamento Participativo um “modelo aberto” com uma “dimensão deliberativa”, as propostas apresentadas pelos cidadãos são “convertidas pelos serviços municipais em projectos de investimento, posteriormente votados pelos cidadãos, sendo os mais votados, até se perfazer o montante do Orçamento Participativo pré-definido (no caso, 5 milhões de euros), eleitos para integrar o Orçamento do Município, a apresentar em Assembleia Municipal”.

O projecto da 3.ª fase de construção do Canil/Gatil Municipal em Monsanto, com um custo estimado de 375 mil euros e um prazo previsto de execução de sete meses, foi a proposta mais votada, tendo sido escolhida por 754 pessoas. Este projecto, será incorporado no Plano de Actividades e Orçamento, a propor em sessão de Câmara, visa a ampliação e requalificação do Canil/Gatil Municipal.

O Presidente da autarquia, António Costa, realçou o facto da edição deste ano ter não só “mais proponentes e mais votantes” como também “maior diversidade de tipo de projectos apresentados”.

A criação de um equipamento cultural de base local no antigo Cinema Europa, a qualificação do Largo do Coreto, em Carnide, a recuperação e beneficiação da Escola Manuel Teixeira Gomes, a requalificação da Praça João Bosco, a criação de uma incubadora de empresas, o alargamento das faixas bus para a circulação de bicicletas, a melhoria de condições de tomada e largada de passageiros junto a cinco escolas, a realização da 2.ª edição do Pop Up Lisboa (iniciativa cultural em espaços devolutos) e a introdução de sistemas de iluminação sustentável na via pública no bairro das Novas Nações, foram os restantes projectos aprovados.

O Orçamento Participativo 2010, permitiu aos lisboetas votar através da Internet nas mais de 100 propostas apresentadas, decidindo posteriormente acerca das medidas que pretendem ver concretizadas na cidade. Esta foi a segunda edição desta iniciativa, na qual se registaram 4.719 votantes, mais 1.101 do que na edição anterior".

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:51

SITE DE CAPTAÇÃO DE INVESTIDORES: RIBEIRA DE PENA versus VILA POUCA DE AGUIAR

por cunha ribeiro, Domingo, 24.01.10

QUE VOS PARECE ISTO?

  O PRESIDENTE DA CÂMARA DE RIBEIRA DE PENA RESPONDE EM INGLÊS... O PRESIDENTE DA CÂMARA DE VILA POUCA DE AGUIAR, EM PORTUGUÊS...

  SIGNIFICARÁ ISTO QUE RIBEIRA DE PENA SE VIROU PARA ALÉM DA FRONTEIRA, IGNORANDO OS INVESTIDORES PORTUGUESES?

   E QUE DOMINGOS DIAS É, POR ASSIM DIZER, MAIS PATRIOTA, E NADA QUER COM O INVESTIMENTO ESTRANGEIRO? ( Embora a resposta à pergunta 3. o contradiga...).

  OU ESTAREMOS NÓS EM PRESENÇA DE UM PRESIDENTE POLIGLOTA ( O DE R. DE PENA) E DE OUTRO ( O DE V. POUCA) QUE NÃO O É?

 

ORA VEJAM A DIFERENÇA:


PRESIDENTE DA CÂMARA DE RIBEIRA DE PENA:

MAYOR_Invites, Ribeira de Pena

Mayor
Agostinho Pinto

Address
Praça do Municipio
4870-152 Ribeira de Pena

Tel.: +351 259 490 500
Fax: +351 259 493 520

Email:
cmribeirapena@mail.telepac.pt
Site:
http://www.cm-rpena.pt

Characteristics
NUT II: Norte
NUT III: Tâmega
Distrito : Vila Real
Number of freguesias (parishes): 7
Area (sqKm): 217,5
Population density (hab/sqKm): 32,7
Class: S (Small, up to 10.000 inhab.)

08.10.2007
  1. What is the long-term vision you have regarding the development of your municipality?
  2. Why do you consider your municipality to be attractive as a location for companies and businesses?
  3. Do you think that the municipality has a vocation and is in the position to receive Foreign Direct Investment?
  4. And concerning Domestic Investors?
  5. Is there any person or service available with the task to support potential investors who are considering establishing their production units in your municipality?
  6. Which specific incentives could be offered to entrepreneurs who intend establishing their units in your municipality?
  7. What is the availability of labour in the area?
  8. How is the municipality being promoted so as to attract investors?
  9. Is there an intermunicipal perspective of investment due to the fact that the municipality is integrated in the Terras de Basto Territory Association? And what advantages could that bring to the investor?
  10. Is there a special message you would like to tell to potential investors?
1. What is the long-term vision you have regarding the development of your municipality?

Nowadays, a modern and future oriented municipality has to be able to conciliate a balanced economic and social development that allows the integration of its population in the community and additionally to benefit from the results of this development.

Therefore our vision is that Ribeira de Pena has to articulate and improve the economic development with sustainable environment and ecology, in order to achieve added value and an increase in the quality of life of the inhabitants living in our municipality. Thus the attraction of investment in tourism-related areas and in its different fields, with the excellent characteristics that nature offers and still have to be explored, is a priority.

Equally the reception of industry-related investments of higher value and innovative technologies are being promoted. Investments in the production of electric energy, based on mini-hydropower stations, wind power and dams are still encouraged: the municipality has already been distinguished through a certain pioneering spirit in the construction of private mini hydropower stations in the early 90s.


VIRAM? TUDO EM INGLÊS!
AGORA VEJAM AS RESPOSTAS DE DOMINGOS DIAS:
Presidente
Domingos Dias

Endereço
Rua Dr. Henrique Botelho
5450-027 Vila Pouca de Aguiar

Tel.: +351 259 419 100
Fax: +351 259 419 106

Email:
geral@cm-vpaguiar.pt
Sitio:
http://www.cm-vpaguiar.pt

Características
NUT II: Norte
NUT III: Alto Trás-os-Montes
Distrito: Vila Real
Nº de freguesias: 18
Área (km2): 437,1
Densidade populacional (hab/km2): 34,2
Classe: M1 (Médio-pequeno, de 10.001 a 50.000 hab.)

29.05.2007
  1. Qual a visão de futuro que tem para o desenvolvimento do seu município?
  2. Porque considera que o seu município pode ser atractivo como localização de empresas?
  3. Pensa que o município tem vocação e está em posição de receber Investimento Directo Estrangeiro?
  4. E relativamente a investidores nacionais?
  5. Dispõe de algum serviço ou pessoa com a missão de acompanhar potenciais investidores que considerem a localização das suas unidades produtivas no município?
  6. Quais os incentivos específicos que oferece aos investidores que se instalem no município?
  7. Qual a disponibilidade de mão-de-obra na região?
  8. De que forma está o município a ser promovido no sentido de atrair investimento?
  9. Estando o município integrado na Associação de Municípios do Alto Tâmega, existe uma perspectiva intermunicipal de investimento? E quais as vantagens que daí advêm para o investidor?
  10. Há alguma mensagem especial que gostaria de enviar aos potenciais investidores?
1. Qual a visão de futuro que tem para o desenvolvimento do seu município?

Vila Pouca de Aguiar aposta num desenvolvimento sustentável, gerador de riqueza e que contribua para a criação de emprego e melhoria de vida da sua população. Consideramos essencial a aposta na exploração das riquezas naturais que o Concelho possui. Assim, pensamos que se deverá aproveitar o potencial do Concelho na área das energias renováveis, na extracção e transformação do granito, bem como aproveitar a marca de ruralidade que nos caracteriza e incrementar indústrias no sector agro-alimentar. A aposta no turismo, se bem feita, poderá constituir também um importante factor de desenvolvimento económico da região dado ainda possuirmos significativas vantagens competitivas na área do turismo de natureza, que podem e devem ser potenciadas, assim como o Turismo Termal que o projecto do Arquitecto Siza Vieira, promovido pela UNICER no parque Termal de Pedras Salgadas, vai projectar o nosso Concelho como destino turístico de eleição.

top ^
2. Porque considera que o seu município pode ser atractivo como localização de empresas?

Um dos grandes problemas com que o nosso Concelho se debatia, era ao nível das acessibilidades. Os novos acessos viários colocam Vila Pouca de Aguiar como eixo viário de toda região, já que é servida pela A24 que vinda do centro do país faz a ligação à auto estrada das Rias Baixas (Espanha), e pela A7 que nos coloca a menos de uma hora do litoral. Neste sentido, Vila Pouca de Aguiar encontra-se, neste momento, a 45 minutos do aeroporto Francisco Sá Carneiro e do porto de Leixões. Temos ainda um sistema de incentivos bastante atractivo que têm como objectivo captar investimento, que aliado aos preços competitivos dos terrenos proporciona um bom investimento no Concelho.

top ^
3. Pensa que o município tem vocação e está em posição de receber Investimento Directo Estrangeiro?

O facto de beneficiarmos de uma localização geo estratégica para entrada de produtos em Portugal é o melhor exemplo para receber esse tipo de investimento. O contacto com outras culturas, nomeadamente através da população emigrante, é também um factor a considerar.

top ^
4. E relativamente a investidores nacionais?

O recente exemplo do investimento da UNICER na área do turismo termal atesta as mais valias deste concelho que se estendem a outros sectores de actividade económica, onde a inovação é garantia de sucesso.

top ^
5. Dispõe de algum serviço ou pessoa com a missão de acompanhar potenciais investidores que considerem a localização das suas unidades produtivas no município?

Essa é uma das principais preocupações do município pelo que, além do acompanhamento dado directamente pelo gabinete do Presidente da Câmara que faz um primeiro contacto com potenciais investidores e depois o necessário acompanhamento caso se concretiza a intenção de investimento, temos técnicos na Câmara Municipal que têm também como missão assistir esses potenciais investidores e auxiliá-los no que for possível de forma a facilitar a sua instalação. A empresa Municipal Vitaguiar, E.M. tem um departamento de actividades económicas cuja missão é precisamente angariar e acompanhar os empresários que pretendam investir no nosso Concelho.

top ^
6. Quais os incentivos específicos que oferece aos investidores que se instalem no município?

Está prevista a atribuição de incentivos, dependendo da qualidade do projecto de investimento, onde serão ponderados factores como o volume de investimento, postos de trabalho a criar, impacto ambiental, etc., A título de exemplo, na Zona Industrial de Sabroso, os incentivos podem chegar até 60% do valor base do Lote.

top ^
7. Qual a disponibilidade de mão-de-obra na região?

Como se sabe o desemprego é um problema global, o que leva a que haja um elevado número de pessoas disponíveis para trabalhar. Por outro lado a proximidade às cidades de Vila Real e Chaves, que distam apenas a 15 minutos de Vila Pouca de Aguiar, aumentam ainda mais a disponibilidade de mão-de-obra, caso seja necessária. O encerramento, mais recente, de uma fábrica de calçado e da antiga Tabopan levou centenas de pessoas para o desemprego e que constitui mão-de-obra qualificada que poderá ser aproveitada. A implementação de inúmeros cursos de formação é efectiva tendo em vista, precisamente, a qualificação de pessoal. Não podemos esquecer os emigrantes que anseiam regressar, assim sejam criadas as condições necessárias.

top ^
8. De que forma está o município a ser promovido no sentido de atrair investimento?

Desde logo, através deste projecto e de outros ligados às novas tecnologias como é o caso do site do município, e por entidades regionais e nacionais ligadas à indústria, serviços e turismo. O pacto do Alto Tâmega prevê ainda a promoção dos parques industriais da região, numa campanha a nível nacional que será levada a cabo até ao final do presente ano.

top ^
9. Estando o município integrado na Associação de Municípios do Alto Tâmega, existe uma perspectiva intermunicipal de investimento? E quais as vantagens que daí advêm para o investidor?

Foi celebrado o Pacto de Desenvolvimento do Alto Tâmega que trouxe novos equipamentos multiusos aos concelhos e está em curso um projecto para a promoção e divulgação dos parques industriais e oportunidades de investimento na região. Actualmente, existe uma forte aposta nas energias renováveis. A modernização do tecido urbano e a divulgação da ruralidade que tem nas suas gentes a sua grande mais valia é reforçada com integração prevista no QREN de investimentos intermunicipais que servem de alavanca a outros novos projectos privados ou públicos.

top ^
10. Há alguma mensagem especial que gostaria de enviar aos potenciais investidores?

Um dos maiores complexos mineiros do período romano da Europa que atestam o elevado potencial turístico do Concelho; água e pedra conhecidas mundialmente; a natureza e a nossa gente hospitaleira e, gradualmente, qualificada abrem boas perspectivas para investir neste coração transmontano com um pé no Litoral e outro na vizinha Espanha.

top ^

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:48

UM ABRAÇO PARA VIDAGO

por cunha ribeiro, Domingo, 24.01.10

 http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/52/Iglesia_de_Nossa_Senhora_da_Conceicao_de_Vidago_1.jpg

              Igreja de Nossa Senhora da Conceição em Vidago

Já nos visitou cento e quatro vezes. A referência geográfica do local de onde nos vem visitar é VIDAGO.

Um grande abraço para essa pessoa e para Vidago, cuja beleza é indiscutível.

Vejam por exemplo o monumental PALACE HOTEL - uma maravilha!

 

http://sol.sapo.pt/photos/ecfamalic/images/28196/425x283.aspx

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:06

PAUSA PARA DESCONTRAIR E AJUDAR: O MANUEL PRECISA DE "NÓS"

por cunha ribeiro, Domingo, 24.01.10

A NOSSA FUNÇÃO TAMBÉM É AJUDAR AS PESSOAS A ALCANÇAR A FELICIDADE... POR ISSO CÁ ESTAMOS PARA DAR UMA AJUDINHA...À CRIATURA QUE COLOCOU ESTE ANÚNCIO NA INTERNET, E QUE, PELOS VISTOS SE CHAMA "MANUEL"...

 

  Homem procura Mulher - Vila Pouca de Aguiar - Outras relações - Manuel - Vila Pouca de Aguiar:

Quem sou eu:
Vila Pouca de Aguiar: mido , delgado amable , cariñosa , trabajador, bueno para todo , me dicen el amadorrrrrrrrrrrrrrrrrrrr...... homems procuram mulheres em Vila Pouca de Aguiar

 

EIS O RETRATO-ROBÔ DO MANUEL

http://desenhos.kids.sapo.pt/img/burro-b118.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 02:43

AS ORIGENS DOS MEMBROS DA ASSOCIAÇÃO "O PRAZER DA MEMÓRIA": TRUTE E TELÕES

por cunha ribeiro, Domingo, 24.01.10

 




Verde Minho

 

O que é que a aldeia de TRUTE  tem a ver com a aguiarense TELÕES? Perguntar-nos-ão. O que vem para aqui fazer esta aldeia quase com nome de peixe?

Pois nós respondemos:

Vem trazer-nos o encanto do Minho. Vem mostrar a sua verdura. O pitoresco da sua paisagem .

Mas não apenas: É que um dos nossos associados de O PRAZER DA MEMÓRIA, o Mário é natural desta aldeia, onde já nos ofereceu um delicioso prato a fumegar os sabores da lampreia, cujo berço é ali bem perto, no leito transparente do Rio Minho.

 

Mas, e TELÕES?

 

O que tem Telões a ver com TRUTE?

Primeiro, são duas belas aldeias portuguesas;

Depois, quis o acaso da nossa diáspora por terras de França, que o MÁRIO ( de Trute) se encantasse por uma jovem telonense de quem se enamorou e com quem viria a casar.

Os dois são nossos associados. E ainda bem, porque são duas excelentes pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:46

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds