Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


BRUNO PIRES, muito bem, a " puxar a brasa à sua (da Igreja ) sardinha"

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 24.09.10

Esclarecendo-nos que no SITE ECLESIA existe um desmentido sobre a notícia do branqueamento de capitais no Vaticano.

Eis o desmentido, na íntegra:

 

O director da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, considera que a suspeita de lavangem de dinheiro que recai sobre a instituição bancária do Vaticano, o Instituto para as Obras Religiosas (IOR), baseia-se num “mal-entendido”.

A Procuradoria de Justiça de Roma anunciou esta Terça-Feira que congelou 23 milhões de euros da instituição, depositados no banco italiano Credito Artigiano, e iniciou investigações que envolvem o presidente do IOR, Ettore Gotti Tedeschi, e o seu director-geral, Paolo Cipriani.

Numa carta dirigida ao jornal britânico Finantial Times, especialista em temas financeiros e económicos, o porta-voz salienta que o problema foi criado por um “mal-entendido (em vias de esclarecimento) entre o IOR e o banco que recebeu a ordem de transferência” daquela verba.

A natureza e os objectivos desta “operação de tesouraria” podem ser esclarecidos "com extrema simplicidade e rapidez”, assinala o sacerdote.

Na missiva, citada pela Rádio Vaticano, o padre Federico Lombardi explica que o IOR “não é um banco no sentido comum do termo”, mas uma entidade que administra os bens das instituições católicas, cujo objectivo é o apostolado religioso e caritativo.

A carta salienta que Ettore Tedeschi trabalha desde a sua nomeação como presidente, há um ano, para que o Vaticano respeite as normas internacionais sobre a lavagem de dinheiro e seja incluído na “Lista Branca” dos países que obedecem a essa legislação.

O padre Lombardi refere que o IOR pretende garantir a “absoluta transparência” das suas actividades”, o que é comprovado pelos “intensos e fecundos contactos” em curso com o Banco de Itália, a União Europeia e outros organismos internacionais.

A Santa Sé, indica a carta, reafirma a “total confiança" nos dirigentes do Instituto para as Obras Religiosas e a vontade de assegurar a “plena transparência das operações financeiras”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:31

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds