Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Sr Embaixador Seixas da Costa, a verdade nua e crua é que eu concordo consigo

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 15.08.11
 
De Francisco Seixas da Costa a 15 de Agosto de 2011 às 21:49
Caro amigo
As minhas opiniões são isso mesmo: opiniões. Por isso, são tão válidas como muitas outras. O meu blogue está aberto ao contraditório. Nele podem livremente ser feitos comentários, nomeadamente contestando a "ausência" de Vila Pouca no meu modesto "roteiro" - que é, note-se bem! - apenas pessoal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:01

Obrigado, amigo João Ferreira

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 15.08.11

 

Quero elogiar publicamente os inventores e criadores da nossa Associação "O PRAZER DA MEMÓRIA", senhores Francisco da Cunha Ribeiro, Francisco Gomes e Fernando Ribeiro. Esta Associação é o orgulho da nossa aldeia. Sem ela não havia sócios, sem sócios não havis convívios, sem convívios continuava-se anos e anos sem que muitas familias se pudessem rever novamente. Só aquele prazer de ver a fotografia do senhor Agostinho e ler as suas memórias, porque eu o conheci e fiquei emocianado, para si um grande abraço de parabéns.

 

João Ferrreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:56

Ser ou não ser de Parada, eis a questão

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 15.08.11

 

 Gostaria de tornar pública uma opinião pessoal sobre um assunto controverso na nossa terra. Refiro-me ao sentimento de pertença que cada um de nós tem em relação a esta aldeia chamada Parada de Aguiar.

 Sei de pessoas que têm a ideia vincada de que quem não tem bens ao luar em Parada não é paradense. Ou, caso esteja a exagerar na minha  interpretação, essas pessoas consideram, pelo menos,  que só poderá criticar os poderes da aldeia ( Junta, e/ou, conselho directivo) quem tenha casa ou "lameiro" nela.

  Quem pensa assim, é, a meu ver, ressalvando as proporções, "racista" ou "xenófobo". Quem pensa assim tem vistas curtas, pois vê perto demais. Quem pensa assim, não tem noção da dimensão humana e espiritual - e não apenas material -  que caracteriza o homem.

 "Ser" de Parada não é apenas "ter" em Parada seja o que for. Ser de Parada é várias coisas ao mesmo tempo, ou uma delas apenas. Ser de Parada é, por exemplo, ter nascido na terra. Por isso, não vejo nenhuma razão para que  quem nasceu na nossa aldeia e a tenha deixado, aos dois, três, ou mais anos, não tenha o sentimento de pertença tão vivo, e às vezes, mais vivo, do que quem  nela nasceu e viveu desde sempre. Que o digam os vários paradenses obrigados a emigrar e viver longe da sua aldeia. A qual nunca esqueceram. Mas ser de Parada é também ter nascido noutro lugar e ter vindo viver para cá. Temos vários exemplos de paradenses que não nasceram na nossa aldeia e nela vivem actualmente, com um sentimento de pertença fortíssimo. 

  Ora, será normal pretender que quem nasceu em Parada e emigrou, fazendo a sua vida onde ganhou o seu pão, não tem direito à crítica, se quiser opinar sobre o que se passa na aldeia natal? Mesmo  não sendo proprietário de leiras, bouças, ou  casas na terra que  o viu nascer?

  Eu julgo que não é normal.

  Outros porém acham que sim. Gostava, contudo, que me convencessem das suas razões. 

  Está, pois, aberta a discussão.

  

 

Francisco Cunha Ribeiro

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:38

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds