Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


O Planalto do meu sossego

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11

 

 Ser feliz é uma expressão difícil de conjugar. Quando oiço alguém dizer que é feliz, apetece logo fazer uma vénia. A felicidade nunca é triste, e o que mais vejo é gente com muita tristeza nos olhos.

 Eu já estive triste uma infinidade de vezes. Por isso, fui infeliz, tantas vezes. Lembro-me, ainda pequeno, imaginar-me num "rali em três rodas" no meio dos móveis da sala, e nunca ter o triciclo sonhado. E o quanto isso me fazia infeliz!

 Mais tarde, pelos 10 anos, o comboio levou-me pra longe estudar. Mas deixei a cabeça e o coração lá em casa. E  o sítio onde estava era pra mim o degredo, e eu era muito infeliz. Claro que as tardes de domingo a ver televisão, (grande Charlot!),  a bola, e certos passeios, me traziam de novo à beira da felicidade. Quase a tocar-lhe na margem. Mas era uma felicidade de ondas, e espuma. Vinha e ia depressa. Nunca era definitiva.

 Mesmo no auge da juventude,  me fui deparando com alegrias demasiado fugazes, ou provisórias. Havia sempre mais tempestade que calmaria.  A felicidade plena e duradoura esteve-me sempre num ponto inacessível. Num cume qualquer escondido nas nuvens. E eu era um "alpinista" numa contínua procura de outra escalada. Sem no entanto a encontrar.

 Talvez a serenidade de hoje seja o planalto, onde o "alpinista" que eu sou encontrou o  sossego. Mas sabe-se lá que montanha, de repente, se erguerá diante de mim. 

 

FCR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:59

Vara, de "promotor de sucata" a "controlador aéreo"

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11
 
Armando Vara tenta entregar ANA Aeroportos 

23 de Outubro, 2011por Frederico Pinheiro
Ex-ministro luso tem feito lobbying para entregar a gestão da concessionária dos aeroportos portugueses à brasileira Camargo Corrêa, para quem o militante socialista trabalha.

O ANTIGO ministro socialista Armando Vara está a utilizar toda a sua influência política e empresarial para colocar a ANA – Aeroportos de Portugal na rota da brasileira Camargo Corrêa, apurou o SOL. A empresa brasileira, para quem Vara trabalha, está a expandir os negócios no sector da gestão de infra-estrutura aeroportuárias, sendo que a ANA está na lista de empresas que o Governo de Passos Coelho pretende privatizar já em 2012. 

Depois de ter abandonado o cargo de vice-presidente do Millennium bcp, no seguimento do processo Face Oculta, em que é arguido, Armando Vara foi contratado para presidente da Camargo Corrêa África. O influente militante socialista está agora a fazer lobbying junto das autoridades portuguesas para demonstrar o interesse do grupo brasileiro na empresa gerida por Guilhermino Rodrigues, antigo secretário de Estado no Governo PS de António Guterres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:41

Valeu a pena falar no assunto na imprensa e espalhá-lo nos Blogs

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11

 

O Ministro da Administração Interna Miguel Macedo abdica do subsídio de alojamento

 

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, anunciou este domingo que a partir da próxima segunda-feira irá renunciar ao subsídio de alojamento, após a polémica sobre o assunto.

 

 Nas comemorações do centenário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Figueirenses, em Figueira de Castelo Rodrigo (Guarda), o dirigente comunicou a sua decisão:" Amanhã vou formalizar a renúncia a este direito que a lei me dá”. O governante refere que a escolha foi tomada “por vontade pessoal”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:16

Alguém pode esclarecer a Cidália da Eira, filha do falecido Silvano de Fontes?

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11

ola,sou a filha do Sylvano de Fontes que faleceu a mais de 35 anos num acidente de moto, ele jogava a sueca en parada aos domingos, o que eu gostaria de saber é se ainda vive algum dos parceiros de jogo que me queira falar dele,gostaria de escrever um pequeno livro para que os netos pudessem ter uma ideia de quem era o avo deles.Ficaria muito agradecida.
Se houver alguma imformação podem deixar no meu mail ( c.daeira@gmail.com )

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:22

Finalmente concordo consigo, dr. Mário Soares

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11

MÁRIO SOARES - Corte de subsídios é "um disparate tremendo"

Económico com Lusa
Mário Soares aplaudiu os reparos do Presidente da República sobre o corte dos subsídios, considerando que é "um disparate tremendo".
Na intervenção que proferiu ontem à noite no auditório da Faculdade de Engenharia do Porto, no âmbito do ciclo de debates ‘Novos Paradigmas', o antigo Presidente da República, Mário Soares falou, durante os 15 minutos de que dispunha, sobre a crise em Portugal e teceu fortes críticas às medidas anunciadas pelo Governo de Pedro Passos Coelho na proposta de Orçamento de Estado para 2012.
"O Governo está a fazer uma política economicista (...). Corta em tudo o que pode cortar e não pensa que as pessoas é que contam", afirmou Soares, sintetizando que o anunciado corte dos subsídios de férias e de Natal no sector público é "um disparate tremendo".
Perante uma audiência a rondar as 400 pessoas, o ex-chefe de Estado também destacou o que considera bem feito, elogiando as declarações hoje proferidas pelo actual Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.
"Ouvi hoje [ontem] o Presidente da República e fiquei satisfeito com aquilo que ele disse", destacou, alertando que "não podemos destruir tudo por causa da austeridade. Trata-se de uma brutalidade para os portugueses".
Num outro passo da sua intervenção, Mário Soares enfatizou que não acredita que "Portugal deixe de ser uma Nação, porque acredito na História de Portugal e nos portugueses".
Já a terminar e dirigindo-se aos jovens presentes na sala, Soares exortou-os a fazerem ouvir a sua voz: "Não podemos aceitar que isto continue assim. Temos de reagir como País e, jovens, a vossa voz tem de ser ouvida"
Nota: Texto retirado do blog " Gota de Água"

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:46

Os "Offsides" deste governo sucedem-se

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11

 

 O futebol vive atolado em falcatruas. O "offside" é uma delas.  Ora, sobretudo para as senhoras , mais versadas em outras gírias que não a esta, vou tentar explicar-lhes o que é o offside, aproveitando a objectividade crítica de quem sabe da matéria- o Sr. Pinto da Costa.

 Para P.C. o offside é uma espécie de fora de jogo não sancionado pelos árbitros a jogadores do Benfica. Só isto. Maior objectividade não é possível.

 Pois bem, tomando a definição de P.C. por boa, e alargando-a a outras áreas,  como , por exemplo, a política, julgo poder afirmar que também ela se vai atoladando em falcatruas afins. E uma das que mais se praticam é justamente a do "offside político".

 E o que é o "offside político"?

 O "offside político" é uma lei que é mal aplicada pelo governo. Um princípio que é por ele ignorado, ao tomar decisões.

 Exemplos?

 Eis um: O Sr Ministro X tem uma casa em Lisboa. A lei do "offside"diz " nenhum membro do governo terá direito a subsídio de alojamento, caso tenha já residência em Lisboa". Mas o Sr. Ministro X resolve fazer vista grossa, e recebe na mesma o subsídio. Ou seja, marca um golo em nítido fora de jogo. E como o árbitro ( governo) não apita, o offside torna-se válido. E siga a rusga.

  Eis outro: o Princípio da equidade fiscal obriga o governo a distribuir os encargos por todo o universo de contribuintes sujeitos a IRS e IRC. Pois bem, o governo resolve tributar, usando uma fraude técnica, apenas os funcionários públicos, deixando mais de metade dos outros contibuintes de fora. Ou seja, o governo age em claro fora de jogo.

  Há mais exemplos, mas estes talvez sejam suficientes e esclarecedores das fraudes políticas deste governo( em inglês técnico - "offsides").

  E a procissão ainda vai no adro.

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:27

Chuva na eira, e sol no nabal

por cunha ribeiro, Domingo, 23.10.11

 

Hoje, penúltimo domingo de outubro, a chuva está de regresso. O nabal da levada agradece. Claro que o milho da eira, à entrada de casa da senhora que mora ao meu lado, foi varrido dali, e guardado debaixo das telhas de um velho alpendre. E  é nesse refúgio que aguardará até o sol se lembrar de voltar.

E, enquanto a natureza e seus frutos vão alternando de benefícios, nós, os que não temos nabos de nenhum nabal, vamos sofrer o excesso de chuva na "eira pública" onde secava o pão (milho) húmido que vamos deixar de comer.

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:51

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds