Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Substituições como esta, só nos "bancos" do Porto e do Benfica

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 28.11.11

 

Mota Soares substitui Vespa por carro de 86 mil

Ministro garante que a compra de viatura de luxo foi ‘herança’ do Governo anterior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:26

O Governo da Esmola

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 28.11.11

Subsídios entre 600 e 1100 euros

Cortes graduais nos subsídios aprovados com a abstenção do PS

Apesar de ter garantido que votaria a favor de qualquer proposta que tornasse o orçamento menos injusto, Seguro recuouApesar de ter garantido que votaria a favor de qualquer proposta que tornasse o orçamento menos injusto, Seguro recuou (Nuno Ferreira Santos)
 A votação das alterações de última hora propostas pela maioria em relação aos cortes nos subsídios revelou um volte-face da parte do PS. No último momento, em vez de votar a favor, o grupo parlamentar socialista votou contra em partes da proposta e absteve-se noutras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:11

Curioso auto-retrato do Tio homónimo do nosso João Ferreira e Ermelinda Ferreira

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 28.11.11

Jan Muá

 

Pequeno perfil

 

 

"Resido em Brasília e amo esta cidade. Dedico-me ao ensino, ao ensaio, ao romance e à poesia. Assino meus poemas com o nome Jan Muá, no fundo um heterônimo de João Ferreira, uma personalidade não oficial...não ortônima...

Considero  a cultura e a educação como as duas insofismáveis garantias de evolução do homem e da sociedade em geral. Nutro na alma um ideal de luta por valores humanos e acredito que só a evolução cultural e educacional poderão trazer bem-estar, paz, justiça distributiva, solidariedade,  boa administração política e progresso à sociedade brasileira. Vivendo numa sociedade humana evoluída, a poesia se apresenta, dentro da minha consciência de visão de mundo como uma saudação à vida, em seus aspectos múltiplos. Seja ela lírica ou dramática ou epopéica. Os vários tons que os poetas captam do mundo dão à poesia variados rostos que representam os vários estados anímicos da condição humana.

Sou um amigo louco pela natureza. Nela me embebo e me inspiro. A poesia amorosa é uma das tônicas dominantes de minha poesia. Juntamente com ela, o segredo iontiológico da vida. A poesia me ajuda na busca lírica dos aspectos que me tocam ou me seduzem. A lírica, a que dou minha preferência de composição, se me apresenta como um ictus de  intuição tentando romper os arcanos onde residem os segredos do mundo...Mais profundamente, vejo a poesia como a concupiscência dos meandros cósmicos que sempre nos excitam mas que indefinidamente nos adiam  as respostas...Ela é a diferença entre a visão sublime da vida, romântica, confiante, dorida, trágica até e o desinteresse, a redução do viver humano à escala biológica e o afundamento do homem na auto-destruição e anarquia da violência. ...Ela é o lado inteligente da alma que vê em nível sublime e nos diz em linguagem sutil os matizes do  fundo do mar em que mergulhamos e os abismos do céu que frequentamos por sedução..."

 

 

Jan Muá

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:26

O Político desonesto

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11

Um homem, perguntou um certo dia:
Se alguém era capaz de analisar?
Como é que num político se via,
Se ele era honesto ou não, no que fazia,
E em seguida tentou logo explicar:
Uma nota de dez mil queiram ceder:
P’ra ele analisar, se é falsa ou não;
Se nunca mais a nota devolver,
É desonesto, está-se mesmo a ver,
Mas se a restituir é falsa então.
Na Política irei acreditar!?
E também na exemplar democracia;
Quando ao Mundo então já possam mostrar
Que honestos todos são a governar,
Vivendo o povo todo em harmonia. 
 
António Rocha da Costa,

Luxemburgo, 9 de Dezembro de 199

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:53

Poema ao emigrante, de António Rocha da Costa

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11

POEMA AO EMIGRANTE PORTUGUÊS
 
Quando o emigrante parte p’rò estrangeiro,
Deixando a sua terra tão querida;
Cuida que vai ganhar muito dinheiro,
Ao realizar o sonho da sua vida.
Por vezes, vai sem rumo ou paradeiro,
Mas vive ansiosamente essa partida.
E ao partir vai então, sem rumo ou norte,
Podendo ir procurar, a vida ou a morte.
Deixando ainda, a sua esposa amada,
E os filhos, que jamais esquecerá;
Partindo, busca a bela e almejada,
Fortuna, sem saber se a alcançará?
Sem nem sequer pensar, na desgraçada,
Má sorte, que a qualquer mortal virá!
Porém, o grande e eterno sonho seu,
É o regresso à Pátria onde nasceu.
Parece ser destino o deste povo,
Tão destemido e heróico Lusitano;
O de emigrar p’ra longe como eu provo,
Inda que nisso possa haver engano.
Engenha descobrir um mundo novo,
E regressar à Pátria, cada ano,
Cuidando ser feliz, e de repente!...
A vida, lhe é ceifada em acidente.
Lutador belicoso e mui guerreiro,
Tem pois muitas batalhas conquistado;
Foi sempre um Português aventureiro,
Depois de tantos mares ter navegado
Foi nos descobrimentos pioneiro,
E ao descobrir, ficou logo emigrado.
Abandonando então, suas raízes,
P’ra ir colonizar outros Países.
Há muitos que por lá se estabelecem,
Alcançando fortuna desmedida;
Mas quantos que também por lá padecem,
Dizendo mal da hora da partida?...
Pois se estes, de infortúnio tal soubessem,
Jamais davam tal passo, em toda a vida.
Se uns, pela sorte são mui bafejados,
Outros, por ela são indesejados.
Tão longe, lá da Pátria Lusitânia,
P’los cinco Continentes ele está:
Na Europa, Ásia, África e Oceânia,
Na América do Sul e Canadá.
Vivendo com uma tal saudade insânia,
Quem lhe dera o regresso fosse já

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:44

O que esperavam de um país governado por um diletante cujo gabinete era a "cama", e as "secretárias" estavam sempre a rodar?

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11

Desorientação completa – 600 mil milhões para Itália

O “La Stampa” anuncia hoje que o FMI está a preparar um resgate de 600 mil milhões de euros para a Itália (também saiu uma nota no Público).

Quase de imediato este resgate começa a fazer pouco sentido. Em primeiro lugar porque o FMI não tem este montante disponível, nem agora nem no futuro previsível. De facto, hoje mesmo saia um artigo no “The Telegraph” onde se indica que os fundos disponíveis para resgates, detidos pelo FMI andam pelos 290 mil milhões de euros. Mas até podemos dar isto de barato. Afinal de contas ao Telegraph costuma chamar-se “Torygraph” numa alusão à sua colagem ao partido conservador britânico. E por outro lado, o dinheiro não é atribuído todo de uma vez, pelo que haverá algum tempo para montar a engenharia financeira necessária para este dinheiro se materializar (ou seja o FED e o BCE vão ter de imprimir como loucos, que se dane a inflação.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:22

Aníbal X. Magalhães: "Alguém sabe onde esta foto foi tirada?"

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:48

Uma pequena homenagem ao Manuel Reis Dias, através do seu filho, Bruno Dias

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:59

Vem aí o Natal, caros amigos

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:40

Relembrando José Machado Ribeiro e sua esposa Neusa Ribeiro a viver no Brasil, que adoram e acompanham "Parada de Aguiar"

por cunha ribeiro, Domingo, 27.11.11


Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:57

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds



Pág. 2/14