Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Agostinho e Manuela - Natal

por cunha ribeiro, Terça-feira, 13.12.11

 

O NATAL É TEMPO DO ADVENTO, REFLEXÃO, TOLERÂNCIA E CONFRATERNIZAÇÃO COM A FAMÍLIA E AMIGOS.

Sendo este o sentido do Natal, quero aqui expressar a todos os Paradenses residentes e não residentes, espalhados pelas mais diversas partes do Mundo e do País, um Santo dia de Natal.

Infelizmente, estamos mergulhados em plena crise económica, logo não haver grande satisfação nas pessoas para viverem esta festa natalícia com muita alegria.

Tudo isto se deve ao reflexo da crise que irrompeu nos destinos da Europa. Portugal, como não podia deixar de ser, também está a sofrer consequências muito graves com estas mudanças todas que a Europa e o Mundo está a atravessar.

Mesmo com estas penalizações todas, não podemos desistir de continuar a lutar com esperança de atingirmos melhores objectivos de vida para todos os cidadãos do Mundo em procura de um nível de vida melhor.

Tenhamos esperanças e Fé em Deus, porque foi E’le o criador misericordioso e o defensor dos mais desfavorecidos.

Por tudo isto, só nos resta pedir a Deus, para que melhores dias venham para todos nós.

A todos os Paradenses e amigos deste Blogue, um grande abraço e umas boas entradas para o ano de 2012 com muita alegria e  com a paz do Senhor.

 

Muito Boas Festas.

 

Quinta das Laranjeiras – Fernão Ferro, 13-12-2011

 

Agostinho Rodrigues e Manuela de Jesus Gomes

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:26

Notícias frescas sobre o JANTAR DA ASS. PRAZER DA MEMÓRIA

por cunha ribeiro, Terça-feira, 13.12.11

  

O jantar da Associação será no Ferreirinho, fica em 18.00€ por pessoa, com entradas,pratos principais bacalhau e leitão ou vitela assada,sobremesa, bebidas e cafés.

 

Os associados até este momento inscritos  são:

 

 

- O João Ferreira e família;

- O João de Parada e família;

- O Bruno Pires;

- A Fátima e o Belarmino;

- Os primos da Fátima;

- Eu e família;

- O Manuel Almeida;

- Um casal amigo da Fátima.

 

Aguardam-se mais inscrições

 

Francisco Cunha Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:14

Retrato social

por cunha ribeiro, Terça-feira, 13.12.11

 

ESPERTOS, INTELIGENTES E AFINS

 

Quando o meu professor de história me explicou o que era aquilo do  “Clero, Nobreza e Povo”, confesso que fiquei, logo aí, meio desconfiado da bondade humana… Sobretudo, custou engolir, que a divisão da sociedade em classes era quase uma imposição divina e que O POVO era a única das classes “ que trabalhava no duro; que pagava impostos; a mais humilde, mais indigente e mal vestida”.

Curiosamente, no fim da aula,  olhei para as minhas calças, meio coçadas e remendadas, para as minhas botas com a borracha nas lonas, e pensei : “ pronto, já sei onde me encaixo…".

Mas essa fatalidade social ainda saía mais reforçada pela boca da catequista, na doutrina, ao falar da trindade divina “Pai, Filho e Espírito Santo” e dos mundos escondidos “do Céu, do Purgatório e do Inferno”. Parecia que tudo tinha que estar dividido em TRÊS. Daí a minha perturbação…

O certo é que, fatalidade divina ou terrena, vários séculos depois, temos o mundo ainda dividido em classes. Não são as mesmas. Isto é, os nomes não são os mesmos, mas... continuamos a ter um mundo em três cores: o branco, o menos branco, e o preto.

Então hoje o que temos?

 Temos a classe dos ESPERTOS, a dos INTELIGENTES e a dos AFINS.

Os ESPERTOS, como se sabe, estão em todas as profissões ( marcam sobretudo presença na difícil profissão de “ladrão” – onde se revela a nata dos espertalhões que há em todas). Felizmente (para o bem estar social), os ESPERTOS ainda são uma minoria. Mas uma minoria que cresce a um ritmo assustador. E porque é que os ESPERTOS são ainda uma minoria? Porque para ser ESPERTO é preciso ter vários “talentos” reunidos numa só pessoa. Para ser ESPERTO é preciso, por exemplo, ter lata. E antes muita do que pouca. Ter lata significa sair-se bem em todas as dificuldades da vida. E os ESPERTOS usam essa arma com exímia mestria. Depois, ser ESPERTO também requer o perfeito domínio da arte da mentira. O ESPERTO mente com muita habilidade e perícia. O ESPERTO é tão esperto que é mentiroso e parece que não . É um mágico da fala, mas dá erros de escrita. É, também, um inventor de palavras que, para os mais atentos, lhe saem da boca a soar a falso. É um malabarista. Um “Vale e Azevedo” ainda mais trampolineiro . O ESPERTO é aquele que mente bem. Que mente depressa. Que mente muito e com convicção. E, como é ESPERTO, escolhe a dedo aqueles a quem vai enganar, para o êxito da mentira ser infalível. O ESPERTO não precisa de estudar para ter êxito na vida, e , caso precise de um curso para ocupar um cargo p`ra ESPERTOS, num abrir e fechar de olhos, ele desenrasca o diploma. O ESPERTO também não precisa ser culto. Basta fingir que o é, mentindo. Pode nunca ter lido os Lusíadas, mas, junto de quem nunca os leu, é capaz de afirmar que já os leu muitas vezes, e, para convencer de vez, até é capaz de citar um verso qualquer, memorizado num jantar de espertos, dizendo que é dos Lusíadas. Os ESPERTOS, em geral, são os que se colam ao poder porque acham que é esse o seu destino. Os ESPERTOS , por serem espertos, vão para o governo. Governam mal os outros, mas governam-se bem eles próprios. Desde o maior ao mais pequeno poder, à frente dele, a mandar, há-de estar um ESPERTO. Assim, o ESPERTO, ou é Ministro ( e, quantas vezes, o “Primeiro”), ou Presidente da Câmara ( sobretudo, se também é sócio de uma empresa intermunicipal), ou Presidente da Junta ( sobretudo, se diz sempre “ámen” ao Presidente da Câmara ).Também são ELES, os ESPERTOS, os que mais dinheiro têm. Não à custa do seu próprio esforço, mas à custa da sua esperteza. Os ESPERTOS são exímios a multiplicar o dinheiro dos outros, mas metem o produto da multiplicação no seu bolso. Os ESPERTOS detestam pagar impostos, por isso houve um ESPERTO qualquer que inventou os Paraísos Fiscais. Os ESPERTOS, ou são gestores bancários (sobretudo, de bancos com off-shores) ou presidentes de clubes de futebol, ou empreiteiros ( sobretudo, de obras públicas em contínua derrapagem); Os ESPERTOS são ainda os chefes de quase tudo ( sobretudo os que são promovidos à base da cunha). Os ESPERTOS não estudam demais, não trabalham demais, não se esforçam demais. Os ESPERTOS revelam-se logo nos bancos da escola, pois têm excelentes notas porque copiam nos testes; No trabalho, são os que mais cruzam as pernas e engraxam o chefe; Se vão a um espectáculo, não compram bilhete. Se compram bilhete, não vão ao espectáculo, e vendem-no dez vezes mais caro. Há ESPERTOS capazes de tudo: de comer à custa dos outros; de viajar em primeira com bilhete de segunda; de fazer de polícia, sendo ladrão; de “roubar” dinheiro a um “amigo” para lho emprestar a seguir. ( e, algum tempo depois, o ESPERTO processa o “amigo” para reaver aquele dinheiro e muito mais, porque o ESPERTO além de ser esperto, é usurário).

Quanto aos INTELIGENTES, a história é outra. Os INTELIGENTES são todos os que sabem tanto ou mais que os ESPERTOS mas, ou não têm feitio para serem espertos, e, por isso, não o são ( o pior é que, às vezes, o feitio muda, e logo se tornam ESPERTOS). Ou tiveram uma educação moral muito séria para o poderem ser. Os INTELIGENTES, ou foram ESPERTOS à nascença e , pela educação, ficaram a preencher o quadro dos INTELIGENTES, ou já nasceram INTELIGENTES e não se deixaram influenciar ( corromper) pelos ESPERTOS. Mas há muitos INTELIGENTES que, se fossem ESPERTOS, não queriam ser INTELIGENTES… Ao grupo dos INTELIGENTES pertence, felizmente, a grande maioria da humanidade. Ou seja, todos os que usufruem o mundo tal como o sentem, excluindo os que o sentem tal como o usufruem.

E os AFINS quem são?

Há duas subclasses de AFINS: os PRÓ-ESPERTOS e os PRÉ-INTELIGENTES. Os PRÓ-ESPERTOS, são os que estão em trânsito da classe dos INTELIGENTES para a classe dos ESPERTOS. São todos os que “despertaram” para a ESPERTALHICE. A esta subclasse pertencem todos os que almejam ser ESPERTOS. Por isso são perigosos concorrentes destes. Dos outros falarei noutra ocasião.

 

Francisco Cunha Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:58

Humor

por cunha ribeiro, Terça-feira, 13.12.11
Debate Parlamentar:

Francisco Louçã:

- Senhor Primeiro Ministro, isto está
 de tal maneira que até as raparigas
 licenciadas têm que se prostituir para
 sobreviver.

O Primeiro Ministro com o seu sorriso
 inteligente responde:

- Lá está o Senhor Deputado a inverter tudo,
 ....o que se passa é que o nosso sistema de
 ensino está tão bom, que até as prostitutas
 hoje são licenciadas...


ELA:
Estamos casados há 20 anos e nunca me
 compraste uma jóia....
ELE:
Eu nem sabia que tu vendias essas merdas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:07

Os verdadeiros donos do Mundo

por cunha ribeiro, Terça-feira, 13.12.11

Organigrama retirado do Blog AVENTAR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:55

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds