Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829


Pesquisar

 

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Esta troca de treinadores no Sporting faz-me lembrar outras que acontecem na política

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

 

 Por exemplo: Domingos poderia ser SANTANA LOPES... Sá Pinto o seu sucessor no Governo - JOSÉ SÓCRATES.

 Adivinhem quem vai torcer a orelha, daqui a algum tempo ...

 

CR


Sporting: Sai Domingos, entra Sá Pinto

13.02.2012 - 15:45 PÚBLICO

José Manuel Ribeiro/Reuters
Domingos sai oito meses depois de entrar

 

  • José de Melo13.02.2012 18:29Azenhas do Mar
    Sou Sportinguista e sócio do Sporting. Como tal, não estou obviamente contente com os ultimos resultados desportivos obtidos pela equipa profissional ...

Oito meses e meio depois de ter sido apresentado em Alvalade, Domingos Paciência deixou de ser treinador do Sporting. Ricardo Sá Pinto é o sucessor.

O Sporting já oficializou a rescisão do contrato com Domingos Paciência em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Os “leões” confirmam igualmente que Ricardo Sá Pinto, até agora treinador dos juniores, assume o comando da equipa principal do Sporting, com contrato válido até 30 de Junho de 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:42

Mais um belíssimo poema do amigo de Parada, Pacheco Alves

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12
O momento difícil que atravessamos pode levar muitos de nós ao amargor. Sonhamos e tudo se pode transformar numa miragem. Tal como uma ferida, dói a desilusão. Urge a reivenção de novos sonhos.E o ser humano tem a capacidade de recuperar. Devemos por isso usar a nossa capacidade de transformar a desilusão num convite a um novo sonho, a uma visão nova da vida! Exige-se um novo rumo ! ...

Setúbal, 9 de Fevereiro de 2012.
J.C.Pacheco Alves

POR UM NOVO RUMO 

Tristeza enorme conquistou-me o peito
Na força bruta de cingir-me à dor:
Cada passo que dou é contrafeito,
Cada olhar uma seta de amargor.

Amargura total de vida inútil,
Sonhos sem norte de alvorada extinta,
Falsos contactos de existência fútil,
Caras sem nome com que o mal se pinta.

Os ideais são as lendas sem sentido,
Heranças de inocência e de futuro,
O não querer aquilo em que, partido, 
Meu peito só abraça o que é escuro.

Ouvi outrora as lendas infantis
Da primeira ilusão que fascinava
E o meu viver cingido em coisas vis
Fixou-se em águas turvas que evitava.

O tempo justo veio libertar-me 
Das falsidades em que fui metido,
Por novos rumos quero orientar-me
Na certeza em que sempre me hei mantido.
 ·  · 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:31

De Espanha não vem bom vento, mas vem "bom" medicamento

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12
Comprar alguns medicamentos em Espanha fica mais barato que em PortugalComprar alguns medicamentos em Espanha fica mais barato que em Portugal (Paulo Rica)
 Atravessar a fronteira e ir comprar medicamentos em Espanha já é vulgar no Minho e no Alentejo; farmacêuticos do lado de cá começam a queixar-se da quebra de lucros.

Espanha é um destino de eleição dos portugueses na hora da compra de medicamentos. Mesmo sem a comparticipação do Estado português, comprar do outro lado da fronteira continua a representar ganhos, apesar da baixa generalizada do preço dos medicamentos registada em território nacional graças à descida do preço dos genéricos e ao novo regime de formação de preços que passou a ter como países de referência Espanha, Itália e Eslovénia. 

Comprar uma embalagem de medicamento genérico com o princípio activo Omeprazol (28 unidades, 10 mg) custa, em terra espanhola, 2,50 euros. Em Portugal, o medicamento com as mesmas características (mas em embalagens de apenas 14 unidades, pois não existe de 28) custa 3,58 euros. Ou seja, em Espanha consegue-se o mesmo medicamento a menos de metade do preço, mesmo sem qualquer comparticipação. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:26

É bem visível o jeito que ELE tem em "pegar sempre o touro de esguelha"

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:20

O NIB da nossa Associação foi alterado

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

Está na margem do Blog. 

E como sempre, o nosso Francisco Gomes já fez a sua transferência. Eis a prova:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:03
editado por Francisco Gomes às 23:04

Intuição feminina? Só por isto já terá valido a pena termos uma Ministra em vez de um ministro

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

 

Ministra da Agricultura tem esperança que chova em breve

13.02.2012 - 16:28 Por Ana Rute Silva

<p>Assunção Cristas, ministra da Agricultura, reuniu-se hoje com o seu homólogo espanhol</p>

Assunção Cristas, ministra da Agricultura, reuniu-se hoje com o seu homólogo espanhol

 (Pedro Cunha/PÚBLICO)
Assunção Cristas admite recorrer a Bruxelas em conjunto com o homólogo espanhol caso o problema da seca se agrave.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:37

Já lhe compraram as luvas de boxe?

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

 

Se Caixinha o diz... é porque será verdade... Não fosse Caixinha uma autoridade neste domínio...

 

CR


 

Caixinha elogia antigo colega no banco da U. de Leiria

“Sá Pinto é talhado para grandes desafios”

O treinador do Nacional, Pedro Caixinha, considerou esta segunda-feira que Ricardo Sá Pinto "está talhado para grandes desafios", a propósito da convivência com o novo treinador de futebol do Sporting aquando da passagem de ambos pela União de Leiria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:27

E o Sr Presidente - igual a si próprio - não defraudará o sector que mais sofre com a crise, em Portugal

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

Convite ao Presidente da República

Presidente da Federação 'convoca' Cavaco para o Euro 2012

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, convidou esta segunda-feira o presidente da República, Cavaco Silva, a assistir à final da Taça de Portugal e estar presente na fase final do Euro2012.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:19

Lembrando o Ti Coutinho

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

 

 

O Ti Coutinho foi, de entre os paradenses que abriu taberna na nossa aldeia, aquele que se instalou mais no cimo do povo.

A taberna do Ti Coutinho era, com efeito, ali entre a casa dos Freitas, do Ti Ernesto e Soledade, e da Sra Emilinha, irmã do Sr Manuelzinho. Curiosamente, aliás, como também a do Ti Alfredo, a Taberna do Ti Coutinho era servida por um largo, logo à frente da entrada principal. Consta que se bailou ali muito, ao toque da concertina do Ti Zé Freitas, entre outros.  

 Lembro-me ter entrado algumas vezes naquela Taberna. Mas muito poucas. Desloquei-me mais vezes lá por outros motivos. É que em casa do Ti Coutinho funcionava o telefone público. E às vezes  ia lá com a minha mãe. Subíamos a pequena escada, e logo à entrada para a cozinha, sobre a direita, estava o velho telefone -  de cor preta, se não estou em erro.  Do outro lado da linha, falava o meu pai, talvez saudoso da prole que cá deixara.

 O auge da actividade daquela taberna terá ocorrido pelos anos cinquenta do século passado.

O Ti Coutinho era uma pessoa simpática. Cumprimentava as crianças sempre com um sorriso franco.

Era casado com a Ti Adelaide. Uma senhora cuja imagem se me diluiu pelo efeito da passagem do tempo, mas de quem ainda sou capaz de vislumbrar um rosto branco, simpático, debaixo de um lenço escuro.

É tudo o que me ocorre dizer sobre estas duas pessoas que marcaram com a sua actividade concreta e a sua personalidade peculiar a vida  da nossa aldeia.

 

FCR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:44

AS vedetas de cera do "fait divers"

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.02.12

 

 Sempre que vejo o excessivo destaque que é dado às “vedetas de cera” do “fait divers” fico a pensar que a estupidez tem a leveza e visibilidade  da espuma – anda sempre à superfície, por não ter substância.

 Se algum investigador português descobre caminhos insuspeitos para a cura de uma doença, fica, apesar da importância humana e científica da descoberta, invisível na escuridão do seu gabinete de trabalho e de estudo, pois não há jornalista que o procure, televisão que o revele.

 Ainda agora tivemos a sorte de descobrir que há investigadores portugueses que abrem caminho a novas terapias para “travar” o cancro. Mas infelizmente, a identidade destes senhores não será publicada senão numa ou duas páginas de uma qualquer revista científica que ninguém lê.

 Para travar esta injustiça, propunha que o Ministério da Educação financiasse uma ou duas páginas ao Director da Bola ou do Record, e publicasse aí o que de realmente importante se passa neste país. Mesmo que à partida se soubesse que tais páginas não mereceriam a mais leve curiosidade, nem atrairiam a menor atenção, por parte dos doentes da bola, que são quem as lê. Mas, pelo menos, sempre dariam uma pequena espreitadela.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:43

É HORA DE REFLETIR

por Francisco Gomes, Segunda-feira, 13.02.12

 

O passado nos recorda tantos acontecimentos, que nos causa pânico, nos assusta. Ao lembrar de tantos desmandos, tragédias, catástrofes, momentos de terror, ficamos impressionados  e desejosos de que tudo isto, nunca mais volte a acontecer  na vida da humanidade.

            Mas, o presente foge ao nosso controle, diante de tantas evidências negativas. A vida humana cada vez tem menos valor. A humanidade perdeu o conceito de amor, compreensão, valores humanos e morais. Ninguém mais sabe o que é pecado. A consciência e a dignidade, viraram bolinhas de sabão, apenas são vistas por alguns instantes e logo desaparecem. O futuro ronda as nossas cabeças, mostra-se tenebroso, mas nós colocamos nele as nossas esperanças. Ao final tudo parece ilusão.

            Se o passado é apenas lembranças, o presente não nos dá garantia , o futuro é uma possibilidade  muito remota. O passado está incorporado à nossa lembrança, o presente é uma preocupação constante, o futuro é apenas uma incerteza.

            O ser humano age muito em função do passado, chegando ás vezes a esquecer o presente, e se prepara todos os dias,  para um futuro que não sabe se virá.

            O passado nunca pode ser mudado. Mas  olhando com atenção para tudo o que passamos, poderemos  tirar muitas e proveitosas lições para o nosso presente. Assim, temos condições de olhar o futuro por outro prisma, dentro de uma realidade concreta.

            Dentro de emaranhado da vida, jamais conseguimos apagar as cicatrizes do sofrimento, não podemos ofuscar a vergonha das nossas derrotas, mas, com fé, podemos modificar o nosso comportamento dia a dia.

           E preciso viver o amor ao próximo, não podemos ver em cada irmão de caminhada, um competidor, um rival, mas alguém que tem os mesmos direitos que nós. Assim, podemos encontrar novas amizades, novos rumos de felicidade, novos caminhos, dentro do respeito mútuo e viver uma comunidade de amor.

           Nada conseguiremos encontrar sem esforços, mas vale a pena, pois encontraremos um novo sentido de viver.

 

 VITÒRIA SEM LUTA É TRIUNFO SEM GLORIA

                                                                            

ABRAÇOS

                                                                         

Agostinho  Gomes   Ribeiro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:48

COMENTÁRIO

por Francisco Gomes, Segunda-feira, 13.02.12

 

Sr. António Cândido !

 

Estou muito feliz em acompanhar o Blog de Parada e ter oportunidade de ler estes Posters maravilhosos que você escreve, bem como outras pessoas, não vou citar nomes, pois posso esquecer alguém ou então trocar o nome. O importante, é que ao ler as coisas que escrevem sobre pessoas ou lugares, eu me transporto à minha adolescência e sinto muitas saudades do tempo passado, das pessoas citadas, dos lugares e sobretudo da minha Parada querida.

          Tive a oportunidade de voltar a Parada, em junho de 2008. Estou ansioso para voltar, não quero passar mais 58 anos sem rever a minha  Terra Querida. Quero ficar mais tempo, pois só fiquei 30 dias e mesmo assim para conhecer outros lugares, pois não conhecia nada em Portugal. Conheci mais coisas em Portugal, durante os 30 dias, do que os meus 16 anos de vida. A minha irmã Laurinda era o meu guia turístico.

            Sei que você é filho do Senhor Aníbal Cunha, lembro-me, muito, deste Homem e também de sua Mãe. Vocês moravam junto à Capela do Fundo. Alíás, a porta do Quinteiro era ao lado da capela. Na festa de São Pedro,  encontrei um seu irmão. A minha irmã me disse o nome, mas eu esqueci. Ele me disse que havia estudado comigo. Não era você. Pois conforme o seu relato sobre a morte de seu Pai em 1965, você tinha 13 anos, então você nasceu em 1952, eu cheguei ao Brasil, no dia 26 de novembro de 1950. Logo você não podia ter estudado comigo.

            Continue a escrever sobre pessoas, fatos e lugares, pois os lugares que você citou, eu me lembra de todos. A Algobada, o Tojal, a Traganhela, eu relei-o estes nomes com muita saudade. No Tojal, foi onde fizeram o Reservatório para acolher a água de Fonte Castanheira e Regato Porto Cedreira. Quantas vezes, quando andava com as ovelhas, eu metia o nariz naquelas fontes, para beber a água fresquinha. Era diretamente do produtor ao consumidor, sem intermediários.

            Teve outras pessoas que falaram do Zé Bonito, eu me lembro dele, já era um rapazote no meu tempo. Lembro da Mãe dele, a Rosalina, estive junto da casa onde moraram. Lembro também da Iracema, que morava perto do Senhor Ernesto e Tia Soledade.

            Cheguei ao Porto no dia 5 de junho de 2008. O José Campos estava à nossa espera. Seguiu pelo Minho, que eu não conhecia, quando chegou ao Alvão, eu me recordei. Logo chegou à Silveira. Quando avistamos aquele saudoso Vale de Aguiar, aquela Ponte monstruosa. Quando  o José me disse: Olhe lá a sua Parada!. Foi uma emoção tão grande, que até hoje, não sei como o coração deste velho suportou.

                                                 

Abraços para todos aqueles que lêem e escrevem no Blog.

 

Agostinho   Gomes      Ribeiro 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:39


Comentários recentes




GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds