Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Na Freixeda, terra da nossa associada Agostinha Cunha fez-se e publicou-se um livro sobre a aldeia

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

 

Livro “Memórias da Freixeda”

Foi recentemente editada uma obra denominada
“Memórias da Freixeda” da autoria
de Floripo Virgilio Salvador, promovida pela
Comissão de Festas do ano 2011 e respetiva
Junta de Freguesia de Capeludos de Aguiar.
Este documento visa perpetuar as memórias
da aldeia privilegiando a vivência, costumes e
tradições dos seus locais.
Após uma breve análise e auscultação de
alguns habitantes da aldeia da Freixeda, foi
o mesmo considerado como um documento
bastante importante, bem do agrado geral,
pois nele estão refletidas as famílias da
aldeia, as raízes de cada um e sobretudo a
nostalgia que o mesmo conseguiu reavivar.
Se esta iniciativa proliferar por todo o concelho,
poderá permitir e facilitar que outras aldeias
consigam a elaboração de trabalhos idênticos,
desta forma poderão potenciar o enriquecimento
do espólio histórico e tradicional do concelho
de Vila Pouca de Aguiar. (excerto de informação
proveniente do Gabinete de Cultura)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:29

Quem não se orgulha de uma Mensagem como esta?

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12
Mensagem no Livro de Honra pelo Secretário de 
Estado da Solidariedadee da Segurança Social:

Constitui para o Governo de Portugal uma elevada
 honra poder estar presente na inauguração desta
 magnífica obra que simboliza o querer e determinação
 dos cidadãos deste concelho.
Ao Sr. Provedor e Presidente da Câmara Municipal de
 Vila Pouca de Aguiar, um líder e um homem bom, os meus
 agradecimentos pelo serviço público que presta ao país.

Marco António Costa, 20/01/2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:21

Obras em Parada de Aguiar

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

 Na Revista RUMOS DE AGUIAR podemos ler que a Câmara Municipal de VPA mandou executar a Iluminação do santuário na rua Comendador Francisco Pedreira, em Parada de Aguiar.

 Esta é mais uma obra que Parada fica a dever ao seu Presidente da Junta, Nelson Dias.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:12

Braço de Ferro poderá ser justificável. Se esta for mais uma obra do tipo Parque Escolar

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12
por Frederico Pinheiro
A construção do Túnel do Marão, parada desde Junho do ano passado, continua sem avançar, porque o consórcio construtor está a tentar obter junto do Estado uma indemnização que ronda os 100 milhões de euros pela paragem nas obras e porque os bancos estão a tentar obter taxas de lucro mais altas.

Exigências «inaceitáveis» para o Governo, diz ao SOL o secretário de Estado das Obras Públicas, Sérgio Silva Monteiro, que irá ao Parlamento para esclarecer o caso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:31

Bem pensado

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

 

Inspirado no modelo norte-americano

Sarkozy defende um ‘Buy European Act’

O Presidente francês defendeu neste domingo a criação de legislação europeia que promova a compra e a utilização de produtos europeus, designadamente pelas empresas que, produzindo na Europa, beneficiem de dinheiros públicos europeus.

 

Sarkozy explicou que as medidas propostas inspiram-se no modelo norte-americano do ‘Buy American Act’, destinando a fomentar a compra e utilização de produtos feitos naquele país.

A sugestão de Sarkozy, que se recandidata à Chefia do Estado francês, foi feita perante dezenas de milhares de simpatizantes e militantes num encontro perto de Paris.

O Presidente francês advertiu que se não houver progressos neste campo, a França agirá "unilateralmente".

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:18

Mentira - Todos eles já terão arrecadado mais, muito mais, do que se fossem indemnizados

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

Gestores da Parque Escolar sem indemnização

11.03.2012 - 13:32 Por Clara Viana

  • 1 de 1 notícias em Educação
O Ministério da Educação e Ciência garantiu ao PÚBLICO que "não há lugar a indemnizações" (Foto: Adriano Miranda)
 Relatório da IGF já está na comissão parlamentar de Educação. O seu presidente, Ribeiro e Castro, não esconde críticas à empresa.

O Ministério da Educação e Ciência garantiu ontem ao PÚBLICO que "não há lugar a indemnizações" para os quatro membros do conselho de administração da empresa pública Parque Escolar que renunciaram ao cargo, na sexta-feira. Três dos membros que renunciaram, incluindo o presidente do conselho de administração, Sintra Nunes, estavam em funções desde a fundação da empresa, em 2007. O outro elemento foi nomeado em 2009. À frente da empresa mantém-se a única administradora nomeada pelo actual Governo, que não se demitiu.

A renúncia de quatro dos cinco membros da administração da Parque Escolar foi comunicada ao ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, durante uma reunião onde este os tencionava demitir. A saída dos administradores da Parque Escolar segue-se à divulgação pelo ministério das conclusões da auditoria feita à empresa pela Inspecção-geral de Finanças (IGF), onde se confirma um quadro de derrapagem de custos do programa de modernização das escolas secundárias gerido por aquela empresa.

Segundo a IGF, o investimento médio real por escola é 66% superior ao que tinha sido previsto. Com metade do programa executado, a Parque Escolar já tinha excedido o investimento global estimado para todo o programa, refere-se.

O relatório seguiu sexta-feira para a comissão parlamentar de Educação, confirmou o seu presidente, o deputado do CDS/PP Ribeiro e Castro. Quando era líder do CDS/PP, Ribeiro e Castro foi dos primeiros a opor-se publicamente à constituição da Parque Escolar.

As visitas que posteriormente tem efectuado a escolas confirmaram os seus receios: "Pelo arrastar das obras, pela derrapagem dos custos, pela desproporção dos gastos" e pelos custos que as intervenções, quando concluídas, acarretam para a gestão corrente da escolas. "A factura energética é devastadora", frisa. Muitas das soluções adoptadas foram também criticadas pela IGF.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:08

"As palavras que nunca esquecerei"

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

Nunca lhes terá passado pela cabeça. Porém, as circunstâncias da vida fizeram com que os meus pais estejam hoje em Guimarães. Ao nível dos cuidados essenciais não vejo sítio onde poderiam estar melhor. Medicamentos à hora precisa; Comida a tempo e horas, e na justa medida que duas dietas bem rigorosas exigem. 

Mas, como há sempre uma nódoa que cai no bom pano, falta aos meus pais o seu horizonte de sempre de que desfrutavam do alpendre, junto à figueira:  a Serrra da Padrela, o Viveiro e os Picôtos, de um lado; o Alvão, e o Castelo, do outro lado.  Falta a pequena horta, a casa que construiram ainda novos; falta aquilo tudo, que era tão pouco, mas que é agora muito. Talvez demais.

Meu pai - cada vez com menos palavras para exprimir o turbilhão de emoções que vai sentindo - quando está mais desperto, a única vista que ainda lhe resta parece "ver" para além do curto espaço da sala. Julgo que é o coração que puxa por ela...Como deve ser doloroso ver apenas com o coração!

Há  três palavras que nunca esqueceu, embora às vezes não saiam prontas quanto deseja: duas são nomes de pessoas. A outra, que ele diz sem se enganar num único som,  é o nome da sua querida aldeia:

- Parada de Aguiar.

(Desculpem este egoísmo de falar dos meus pais. Mas, às vezes, é necessário, para doer um pouco menos. Desculpem também ficar por aqui, mas vou agora mesmo ao encontro deles - Boa tarde.)

 

FCR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:30

Vamos abrir o apetite para o almoço de Lisboa, dia 22 de Abril, recordando o jantar de há um ano

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

 

 

JANTAR DE PARADENSES

Como estava combinado, no passado dia 9 de Abril realizou-se, num restaurante de Lisboa, o jantar convívio de Paradenses. A maior parte deles residentes na zona de Lisboa, mas também tivemos a agradável presença de 5 amigos que vieram de propósito de Parada, os irmãos António e Manuel Almeida mais o filho deste e o casal Belarmino Campos e Fátima Monteiro.  O casal Francisco Cunha e Célia mais os dois filhos que vieram do Porto. Os outros participantes foram o João Cunha, a Etelvina Simões e esposo, a Adelaide Ribeiro e esposo, a Maria Gomes a filha Fátima Almeida e esposo e os dois filhos, o Agostinho Rodrigues e Manuela, o Manuel Almeida e Teresa com o filho José Manuel e a filha Rosa e esposo e os dois filhos, o Francisco Gomes e esposa, Heitor Gomes e esposa e o filho João Miguel e esposa, o António Cândido e esposa, o José Manuel Moreira e esposa, o Vítor Carvalhais e esposa, a Emília Branco e esposo, a Adelaide Rodrigues Carvalho e esposo, o Miguel Ribeiro e esposa mais a filha, ou seja 47 amigos.  Também apareceu o Clemente, que apesar de não poder ir ao jantar, não quis deixar de participar no convívio.

O jantar decorreu num ambiente muito agradável, com pessoas  felizes pela oportunidade de reverem velhos amigos, alguns deles que não se viam há mais de 20 anos. Houve boa comida e boa bebida, e também houve oportunidade para cantar e dançar. Até tivemos a oportunidade de ouvir a bela voz da Fátima Monteiro a interpretar dois  belos fados.

No final todos saíram satisfeitos com a realização deste evento, e a pedir para  que ocasiões destas se voltem a repetir.

 

Francisco Gomes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:05

Desconfiem dos dois

por cunha ribeiro, Domingo, 11.03.12

 

 Qualquer inteligência mediana deveria perceber que todos aqueles que vieram a terreiro defender Sócrates têm um olho que querem abrir, e outro que querem fechar. Imaginemos que deva ser o esquerdo,  aquele que querem abrir.

 E todos aqueles que, do lado oposto, defendem entusiasticamente Cavaco  sofrem da mesma deficiência: querem abrir apenas o olho direito enquanto fecham o esquerdo.

 No fundo tanto um como outro grupo de apoiantes sofrem de miopia política.

 Espera-se, pois, que quem os ouve, ou lê, perceba que não pode haver só meia verdade. E se um foi desleal com o outro, e é condenável, o outro deixou-o fazer o que quis, sem nunca lhe interromper a acção.  E só agora o vem revelar.

 Assim, se um merece o nosso desprezo por todo o mal que nos fez; o outro merece o mesmo desprezo por todo o mal que permitiu fosse feito.

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:48

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds