Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Pesquisar

 

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Tenho um belo prémio para oferecer

por cunha ribeiro, Sábado, 24.03.12

 

 Será para quem souber quem é Maria de Lurdes Rodrigues.

 

 Três hipóteses: 

 

 a) Uma empresária das Caldas;

 

 b) Uma taróloga que faz equipa com  a Maia;

 

 c) Uma ex-ministra.

 

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:14

As Farpas em terras do Douro

por cunha ribeiro, Sábado, 24.03.12
 Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
 
 
Edição de 23-03-2012
 
Livro

Caves Santa Marta

 

 

 

SECÇÃO: Opinião

As farpas 

- Orgulho socrático


Os socráticos devem estar muito orgulhosos do que fizeram no Ministério da Educação. De facto não está ao alcance de qualquer governo contratar um jurista que não cumpre o contrato e assobiar para o ar como se nada fosse com eles.
O contrato com o jurista João Pedroso é um expressivo exemplo da irresponsabilidade político-financeira do socratismo.
Pelo menos de uma multa, no tímido valor de quatro mil euros, já ninguém livra o socrático, João da Silva Baptista, ex-secretário-geral do Ministério da Educação. E de ficar famoso apenas pela asneira também não.
Só falta a ex-Ministra, Maria de Lurdes Rodrigues, pagar a quota parte da sua responsabilidade. 
Vamos pois aguardar, com (im)paciência, o julgamento deste rotundo fiasco que passou pela poltrona da Educação do nosso país.
O Tribunal de Contas já condenou. Esperemos que o criminal também o faça. 

- O Discurso da “ Vagina”


É estranha aforma como li, à primeira, o título seguinte, do jornal “Público”: 
“Ana Gomes representa ‘Os Monólogos da Vagina’ no Parlamento Europeu”
Confesso que imaginei Ana Gomes, no Parlamento Europeu, a discursar entusiasticamente, para o umbigo, sem ninguém lhe prestar atenção.
Muito sinceramente, é-me difícil imaginá-la fazer de “vagina”, no Parlamento Europeu. Revelando intimidades vaginais como as que a actriz Guida Maria, há uns anos, revelou, com muito sucesso, nos palcos.
Porém, a notícia contrariou a minha leitura apriorística do título, informando:
“A deputada europeia Ana Gomes, com oito outras representantes provenientes de vários grupos políticos europeus, participa na representação da peça de teatro 'Os Monólogos da Vagina', a decorrer no Parlamento Europeu terça-feira, dia 6 de Março, às 18h30, em Bruxelas”.
Contundente como é, esperemos que Ana Gomes, não abra demais a “vagina”, falando sem qualquer nexo de tudo e de nada. 

- Quem são os culpados?


Este país, de sucessivos governos PSD, PS, CDS, com resmas de imigrantes, cá dentro, tem governado tão bem, que agora vê, envergonhado, o novo emigrante luso passar fome, lá fora.
Primeiro foi na Suíça, a seguir no Luxemburgo, e agora também na Inglaterra. Em todos estes países, foram vistos portugueses a dormir na rua, pois não encontram emprego.
E a culpa não é de ninguém.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:57

Estas duas senhoras não sabem de nada. Não foram elas que pensaram as obras, coitadas.

por cunha ribeiro, Sábado, 24.03.12

 

Auditoria à Parque Escolar

PSD vai chamar Nuno Crato, Maria de Lurdes Rodrigues e Isabel Alçada ao Parlamento

24.03.2012 - 20:00 Por PÚBLICO 

  • Nuno Crato afirmou já que o programa de modernização vai continuarNuno Crato afirmou já que o programa de modernização vai continuar (Pedro Cunha)
 O PSD vai chamar ao Parlamento o ministro da Educação, Nuno Crato, e as antecessoras no cargo, Maria de Lurdes Rodrigues e Isabel Alçada, na sequência da auditoria à Parque Escolar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:01

Agostinho Rodrigues - Cinco amigos num passeio de Verão

por cunha ribeiro, Sábado, 24.03.12

                                 

 

Num belo domingo, dia 24 de Junho do ano de 1967, cinco rapazões de Parada de Aguiar -  o  José Manuel, o Agostinho, o Manuel Almeida, o Francisco Benedito e o João,”neto da Sr. Laurinda Rei”,  pensaram em dar umas curvas pelas mais diversas aldeias do bonito Vale de Vila Pouca de Aguiar.

Porém, transporte próprio para esse efeito, só o José Manuel o possuía. Todos os restantes do grupo, andavam “no penantes”. Motorizada, na altura, era considerado transporte de luxo. E, ainda não chegava a todas as carteiras. Então como fazer?

O José Manuel, rapaz sensato e amigo do seu amigo, logo disse:

- O meu pai tem duas motorizadas. Ele foi para o Porto, portanto eu levo a do meu pai que é nova, o Agostinho leva a outra. Mas, na motorizada nova não posso levar ninguém, porque ainda está em rodagem.

 O João, disse:

- Vou pedir a do Ti Coutinho.

Passado algum tempo, lá apareceu ele com a motorizada. Transporte orientado, partimos para o passeio. Eu levava o Manuel Almeida e o João, o Francisco Benedito. Daí para Zimão, Gralheira, com paragem no Ferreirinho. Depois para Cidadelhe, Vila Pouca e, por último, Fontes. Quando demos por conta, já a noite ia bastante adiantada. Estava na hora de regressar à base.

Quando vínhamos já a caminho de casa, a motorizada do Ti Coutinho não dava luz. Como fazer? Decidiu-se que o José Manuel ia à frente a indicar o caminho, a seguir o João, e eu em último. Tudo vinha a correr mais ou menos bem. De repente, o João deixou ir a motorizada abaixo ficando parado no meio da estrada. Quando me apercebi do perigo, guinei repentinamente para a esquerda para não bater no traseiro do Francisco que, entretanto já estava a gritar com medo do porradão que ia levar no sim senhor.

Ao guinar para a esquerda, o Manuel Almeida começou por bater com os pés no chão, ora dum lado, ora do outro, aos SS, até que nos espalhamos a todo o comprido. A motorizada para um lado e nós para o outro. Como consequência, resultou o Manuel ficar com seu belo fatinho estragado e eu com as calças e uma camurcina que tinha trazido de Angola, onde estive em comissão na guerra ultramarina.

O Manuel Almeida, nesse dia 24, vestiu o seu melhor fatinho para a cerimónia do baptizado da sua afilhada Maria de Fátima. Como padrinho, o rapaz tinha que estar apresentável. Mas, quando se apercebeu que tinha o fato estragado – só dizia:” Ai o meu fatinho… Ai o meu fatinho.” Eu, farto de o ouvir chorar pelo fatinho – disse-lhe:  

- Ó pá! Deixa lá o fato. Estás bem e isso é que interessa. O fato, haja saúde e logo compras outro. O mais importante é que estamos todos bem. O resto, logo se há-de arranjar.

Lá ficou um pouco mais animado. Recompostos do susto, regressamos a Parada, com recordação de tudo o que fizemos e nos aconteceu nesse dia 25 que, ficou bem presente na minha memória até aos dias de hoje.

Termino com um abraço para todos os Paradenses e amigos do Blogue de Parada.

Agostinho Rodrigues

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:12

Ser motorista

por cunha ribeiro, Sábado, 24.03.12

 

  Se eu adivinhasse teria escolhido ser motorista. Ganhava mais de 4.000,00 euros por mês, e bastava-me ter estudado a quarta ou quinta parte do que tive de estudar para exercer a minha profissão, ganhando menos...

 ( Nota: caso tivesse o privilégio de ser escolhido por certos ministros ...).

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:56


Comentários recentes




GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds