Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


É PRECISO TER MUITA CORAGEM

por Francisco Gomes, Terça-feira, 24.04.12

 

Estamos no limiar do século 21 e do  Terceiro Milênio. Segundo as previsões, um novo tempo vai se iniciar. Após um século de incertezas, paira no ar uma esperança de que tudo vai melhorar. Será isto verdade? Após tanta  violência, tanta insegurança, tanta corrupção, tantas injustiças, haverá lugar para um novo tempo de estabilidade, de amor e de paz?

          Nós cristãos esperamos que sim, estamos ansiosos que isto aconteça, oxalá que todas as previsões sejam reais. Mas haverá espaço para tantas coisas boas à revelia dos Evangelhos? Diante de tudo o que estamos a assistir, haverá espaço para a Palavra de Deus? Esperamos que sim. Que haja muita compreensão entre os povos, muita harmonia e muito diálogo entre as famílias, muito amor entre os irmãos e muita paz entre as nações

         Mas para que este futuro promissor, não vire uma "utopia", que seja de fato uma realidade, é preciso muita coragem para não desanimar. É preciso ir à Jerusalém das lutas, isto é, entrar no caldeirão das desordens e dos tumultos, expor-se ao perigo de uma crucificação, para acender as velas da fé e da esperança, para plantarmos as sementes da justiça e da paz.

         Para que o amanhã seja de fato promissor, é necessário muita coragem. Não podemos delegar a ninguém a tarefa de enfrentar os inimigos da fé, hastear a bandeira do Cristo, no meio do  egoísmo e do amor próprio. Não basta aplaudir os destemidos, que enfrentam armas e prepotência, precisamos unir nossa voz à dos injustiçados, gritar contra a ganância e as impunidades. Não basta enxugar o rosto ensanguentado daqueles que lutam contra o desemprego, a miséria e os salários de fome. Não basta limpar o suor daqueles que lutam por um pedaço de pão, para matar a fome, ou um pedaço de terra onde possa plantar suas esperanças. Não basta estancar as lágrimas daqueles  que choram seus familiares, vítimas da violência, dos assaltos, dos sequestros e dos desastres. Não basta sermos os Cireneus e ajudarmos os infelizes a carregarem a sua cruz. Não basta canonizar mártires que morreram com o coração a transbordar de fé e com o  nome de Cristo nos lábios.

          Para que este novo tempo seja uma realidade, é necessário muita coragem, expor-se aos perigos mesmo sabendo que colocando-se ao lado dos pobres, teremos que sofrer a oposição, a perseguição dos opulentos, a gozação, o sorriso sarcástico, o julgamento arbitrário e a condenação injusta. 

          Para que  haja um futuro promissor, não bastam as boas intenções, não basta refugiar-se nos ninhos do comodismo, entrar numa redoma de vidro e esperar passivamente a morte chegar. Agindo assim, é pura covardia, não é ser Cristão. Para que o mundo se transforme num paraíso terrestre, aqui e agora, é necessário tomar o caminho da luta, do nosso compromisso com os mais pobres. Proclamar bem alto o amor ao próximo e as novas esperanças de vida. É bem provável que só iremos conseguir por meio de muita luta e muitas lágrimas. Mas nada importa, se estamos com Cristo nada devemos temer. As lágrimas que viermos a derramar irão regar as raízes de um novo mundo, que veremos nascer e crescer.

       Mas para isso é preciso muita  coragem

                                             

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:12

Agostinho Rodrigues: o 25 de Abril de 1974

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.04.12

 

 

Passados estes 38 anos da revolução dos cravos – da abastança exorbitada para uns e a amargura da vida para outros. Os Portugueses, se pobres eram – pobres continuam a ser. Ao longo destes 38 anos cantados e floreados lá no Parlamento que é de Portugal e dos Portugueses, onde só alguns lá entram com o pensamento bem vincado da mão meter no alforge que já está gasto por tanto malandro ter sustentado e o povo cada vez mais perto da forca como se fosse o culpado.

Agora até os chamados gloriosos capitães de Abril têm vergonha de tomarem parte na festa da qual eles foram mentores. Só agora se deram conta que usurparam o poder aos ditadores por força das armas e o entregaram aos democratas usurpadores dos dinheiros públicos. São estes os Srs. Que após o 25 de Abril se apoderaram dos destinos de Portugal e, de todas e mais algumas regalias. Não é preciso enumerá-los. O Povo conhece-os bem de mais. Que má sorte a dos Portugueses ao longo destes 38 anos.

Fala-se muito na democracia e liberdade. Pois a chamada democracia assim nos permite. Mas; O cinto, desde o tempo em que o D. Mário Soares, foi primeiro-ministro, tivemos que apertar e, estes meninos à desgraça nos estão a levar.

O António da calçada, “ O SALAZAR”, também dizia: Livro-vos da guerra, mas da fome não vos posso livrar. Agora estes Srs. Que fizeram parte do acordo com a TROIKA – não nos meteram em guerra, mas fome temos que passar para a dívida pagar. O melhor disto tudo – é que ainda ninguém à cadeia foi parar. Grande democracia estes Srs. inventaram. Todos se amanharam à tripa forra e o Povo continua a trabalhar para estes malandros sustentar.

Assim – qualquer jerico sabia governar – sem ser preciso tantos anos andar a estudar. Para gamar, qualquer espertalhão das dúzias, sabe roubar. É esta a triste conclusão a que o Povo Português chegou e, enquanto não aparecer outro ditador que ponha termo nestes meandros e comece a fazer cumprir a Lei doa a quem doer – nunca mais isto tem fim.

Cada vez estamos em piores lençóis e, já estão tão polidos que já não têm solução possível.

Um abraço para todos os Paradenses e amigos deste Blogue.

 

 

 

Agostinho Rodrigues

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:49

Gostava do político Miguel Portas

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:00

Amanhã é o 25 de Abril

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.04.12

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:25

O Blog " O Quinto Poder" denuncia

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.04.12

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:06

Assim se faz a história da nossa terra

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.04.12
Foto - gentilmente oferecida ao nosso Blog por Francisco Chaves - captada logo após a vitória do F.C. de Parada do Corgo sobre o Pontido, no ano de 1956 ( curiosamente um ano antes do meu nascimento)
F. Cunha Ribeiro

Caro Dr. Cunha Ribeiro:

Esta "preciosidade" de 1956 talvez seja de 
inserir no blog. Ao seu critério.
A oferta foi para o autor da fotografia, meu
 avô materno José Henriques.
Um abraço,

Francisco Chaves
 
 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:18

Francisco Chaves: " Trata-se de uma oportunidade única de juntar várias gerações de Parada"

por cunha ribeiro, Terça-feira, 24.04.12

Trata-se de uma oportunidade única de juntar várias gerações de Parada.
Aproveito a oportunidade para inscrever a minha irmã Teresa Maria dos Santos Chaves.
Da família só não estará presente, vive no Brasil, o meu irmão mais velho José Mamoel.
Estaremos quatro irmãos setentões.
Bem hajam.

 

Francisco Chaves

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:10

MENSAGEM

por Francisco Gomes, Terça-feira, 24.04.12

Nunca se deixe abater pela dúvida e pelo desânimo.

Lembre-se de que não adianta abandonar a vida e fugir da luta, isto só lhe irá trazer mais desgosto e agravar seu sofrimento.

Não é fugindo de uma realidade que iremos encontrar alivio, apenas passaremos a viver na ilusão. Somente enfrentando os reveses com coragem, conseguiremos a tão almejada vitória.        
Não devemos procurar vingança contra quem quer que seja, pois o mal que a outros fizermos, se voltará contra nós. Reagir com todas as forças, é o melhor caminho, nunca devemos perder as esperanças e viver na incompreensão.         
Com fé em Deus e confiança nos irmãos, conseguiremos vencer todos os obstáculos.

         
"Vencerei porque quero vencer...... Querer é poder.?"

 

Agostinho Gomes Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:39

AMIGO

por Francisco Gomes, Terça-feira, 24.04.12

I

Muito já se tem falado

Sobre o verdadeiro amigo

Ele é um oásis no deserto

Onde encontramos abrigo

Também é uma forte luz

Que nos afasta do perigo

II

Amigo é o que me compreende

Por  isso nunca me sufoca

Chega sempre na hora certa

Dando a mão, abrindo a porta

Meu sorriso é seu sorriso

O meu pranto sempre lhe toca

III

Quem descobriu um amigo

Descobriu um belo tesouro

Porque amigo verdadeiro

Vale muito mais que ouro

Seu amor é infinito

É profundo e duradouro

IV

Amigo é quem me aceita

E sempre me estende a mão

Que conhece meus segredos

E os guarda no coração

Que ri e chora comigo

Me acolhe mais que um irmão

V

Amigo é uma joia rara

Que guardamos no peito

Quer me ver sempre feliz

Nunca nota o meu defeito

Obrigado sempre meu amigo

Eu te amo de qualquer jeito

 

Abraços para todos

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:25

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds