Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


A Grécia e a Tia Gertrudes

por cunha ribeiro, Sábado, 12.05.12

 

 O facto de as sondagens na Grécia darem à extrema esquerda a maioria é tão simples de explicar como a atitude da tia Gertrudes. 

 A mulher estava muito doente ( ainda mais do que a Grécia), correu médicos e especialistas muito recomendados pelos vizinhos ( tal com o os partidos do centro esquerda e direita), e, como não havia meio de melhorar,  virou-se, em desespero de causa,  para uma seita religiosa  que frequenta agora todos os dias.

 E pela aragem, a Tia Gertrudes parece curada... Não sei é por quanto tempo.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:18

Mulheres com "M"Grande

por cunha ribeiro, Sábado, 12.05.12

 

 O interesse pela política, dizem, não é apanágio das mulheres. Mas há muitas mulheres com uma  perseverança, uma coragem, e uma determinação nesta luta, que me surpreendem mais cada dia que passa. Parece vã e inglória, a sua luta, mas  não deixa de ser um sinal de inteligência e sensibilidade social, e histórica, digno de apreço.

 Gostava de destacar, algumas dessas mulheres das quais, graças à blogosfera, tenho o privilégio de  conhecer a alma. A luta  pela moralização da política que estas mulheres têm travado exige que os seus nomes se juntem. Eis esses nomes:

 

 Teresa Almeida, Maria Filomena Ruivo Ferreira, Margarida Soares Franco, Ana Clara, Irene Ribeiro, Luciana Robalo, Maria Sousa, Elsa Dourado, Sandra Dourado, Manuela Braga de Sousa, Maria Nogueira, Teresinha Ferreira, Zinha Maria, Maria Salavessa Guimil, Linda Girassol, Ana MendesSilva, Helena Feliciano, Helena Bastos, Marilena Ascenso, Estela Lourenço...

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:00

CONTINUAM AS INSCRIÇÕES PARA AS ACTIVIDADES DO CONVÍVIO DE 19 DE AGOSTO, EM PARADA DO CORGO - Carlos Domingues acaba de se inscrever na SUECA

por cunha ribeiro, Sábado, 12.05.12


INSCRIÇÕES PARA O ALMOÇO E O LANCHE

 

SOCIOS DA ASSOCIAÇÃO:

 

1. João Ferreira, 2. Edite Ferreira, 3. Avelino Ferreira, 4. Luisa Teixeira;  5. Francisco Cunha Ribeiro, 6. Célia Ribeiro; 7. João Pedro Ribeiro; 08. Abílio Ribeiro; 09. João Baptista Machado Ribeiro; 10. Edma Ribeiro, 11. João Pedro Machado Ribeiro; 12. Cândida Dias, 13. João Pinto; 14. Manuel Pinto, 15. Emília Pinto; 16. Belarmino Campos, 17. Fátima Monteiro; 18. Agostinho Rodrigues, 19. Manuela Gomes; 20.  António Cândido, 21. Agostinha Cunha; 22. Carlos Domingues; 23. Sandrine Domingues (...)

 

NÃO SÓCIOS ( QUE PODERÃO VIR A SÊ-LO):

 

1. Convidados de João Ferreira e Edite Ferreira: 1. Odete Ferreira, 6. Manuel Miranda, 7. Dulce Miranda, 8. Amy Joe Miranda, 9. Joana Miranda (5 anos), 10. António Teixeira, 11 Paulo Mesquita, 12. Carla Mesquita 13 Luis Mesquita;

 

 2. Convidados da Associação: 1. Francisco José Santos Chaves; 2. Fátima Chaves; 3. João Chaves. 4. Teresa Maria Santos Chaves


 

ATUALIZAÇÃO DAS INSCRIÇÕES/PARTICIPAÇÕES:

 

- JOGO DA MACACA.. ........1. Andrea Gomes, 2. Abilio Ribeiro, 3. João Pedro, 4. Joana Miranda (5 anos),  5. Luis Mesquita (10 anos).

- J.CORRIDA NOS SACOS...1. Andrea Gomes, 2. Abílio Ribeiro, 3. João Pedro, 4. Joana Miranda (5 anos) , 5. Luis Mesquita (10 anos).

- JOGO DA CABRA CEGA.....1. Luis Mesquita (10 anos); 2. Abílio Ribeiro; 3. Andreia Gomes; 4. João Pedro Machado Ribeiro;

 - JOGO DO MALHÃO......... .1. Francisco da Cunha Ribeiro, 2. Avelino Ferreira.

- JOGO DAS MALHAS......... 1. Francisco da Cunha Ribeiro, 2. António Rendeiro, 3. Avelino ferreira, 4. João ferreira, 5. António Cândido, 6. Francisco Gomes, 7. Agostinho Rodrigues; 8. Modesto; 9. João Machado Ribeiro; 10. João Pedro da  Cunha Ribeiro

- JOGO DA SUECA (fem).....1. Cândida Dias, 2. Deolinda Dias, 3. Fátima Monteiro, 4. Edite ferreira, 5. Manuela Gomes, 6. Emília G.Pinto, 7. Luisa Teixeira, 8. Dulce Miranda.

- JOGO DE SUECA (masc)....1. João Manuel Pinto, 2. Manuel Pinto, 3. Carlos Domingues (...)

 

ATUALIZAÇÃO DAS INSCRIÇÕES"RECORDAR/HOMENAGEAR"

 

- ANTIGOS JOGADORES DE FUTEBOL DE PARADA..........................1.João Ferreira, 2 Avelino Ferreira; Francisco Chaves;  (Aguardamos pela inscrição dos restantes, para se recordar um pouco desse tempo).

- EX-MILITARES DE PARADA QUE ESTIVERAM NO EX-ULTRAMAR....1.João Ferreira, 2. Avelino Ferreira. (Aguardamos pela inscrição dos restantes, para se recordar um pouco desse tempo).

- CONSELHOS DIRETIVOS DE PARADA, (Aguardam-se inscrições).

- EMIGRANTES DE PARADA, (serão homenageados aqueles que estiverem presentes)

 

OBS: TODOS OS DIAS  PODEM SER FEITAS INSCRIÇÕES. Email: cunharibeiro267@hotmail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:35

O(s) Moinho(s) de Parada do Corgo

por cunha ribeiro, Sábado, 12.05.12

 

 Gostava que algum paradense me informasse sobre o que sabe dos moinhos de Parada do Corgo. Eu julgo que no extremo das terras de Parada, já no trânsito para Zimão, há uma zona de terrenos a que chamavam "moinhos".

 Na minha memória, existe um moinho entre as terras do Espasadouros, trás os lameiros e dos Picotos, onde fui várias vezes na minha infância levar milho para moer.

 Julgo que esse moinho pertencia à família dos Pires (Emília e Firmino).

 Pedi ao Director do Mensagens Aguiarenses o favor de fotografar esse moinho, quando fosse a Parada do Corgo fazer um apanhado dos sítios e monumentos. Trabalho muito interessante de sua iniciativa que anda há uns tempos a desenvolver, por todo o nosso concelho.

 Espero que quem o lá leve lhe mostre esse moinho. Porque julgo que há mais moinhos por ali, embora eu só tenha conhecido aquele. Ou então, que fotografe os que houver.

 

FCR

 

A Fatinha, filha do Sr Manuelzinho, disse-me que quando voltasse a Parada, o primeiro passeio que gostaria de fazer, seria aos Picôtos. Pois eu, ando há muito parafazer um percurso parecido com esse. 

Esse passeio seria:

 

"DOS PICOTOS AO MOINHO

 

Os picôtos, em Parada do Corgo, são dois seios da natureza que se erguem entre Zimão e Parada do Corgo. Um será de Zimão, o outro, seu gêmeo, pertencerá a Parada.

Uma visita aos Picôtos, um sacrifício para alguns, para mim é como se  me entranhasse na pureza dos Alpes da minha infância - o país maravilhoso de Heidi.

E depois dos Picôtos, todo aquele percurso  que desce até ao moinho, me deixa embevecido pelo que a natureza nos pode oferecer.

Enquanto vou caminhando, olho fascinado os pequenos lameiros  singularmente vestidos de  mantos verdes multicolores. Reparo , surpreendido, nas raízes vorazes de carvalhos perfurando o saibro rasgado pelo caminho. Sigo à esquerda, e percorro uma pequena vereda ladeada de aromas de várias espécies de flores de arbustos silvestres.

Chego ao moinho,  pelo sulco antigo junto ao ribeiro. Ao avistá-lo fico outra vez pequenino, e recordo:  o casebre de pedra, onde montaram a azenha, ainda cheio de vida; aquele "rego"  que desvia a água do seu escorrer natural, que vai acumular-se naquele  buraco negro e fundo – o cubo.  Olho para lá, vejo o abismo, e estremeço.

Naquele abismo, escuro, apertado e fundo, a água fica espremida entre quatro paredes  que formam um poço quadrangular inclinado,  com um potencial energético  que  vai explodir numa pequena abertura, ao fundo,  disparando  o cachão, e fazendo girar uma enorme roda em madeira  que  movimenta toda a engrenagem  até à mó.

Subo, então, e vejo o espectáculo maravilhoso da roda que gira sob o impulso da cachoeira que sai num jacto soberbo, lá bem ao fundo da casa do pão.

Desço; circundo o casebre; e paro em frente àquela bocarra, onde está instalada a tal geringonça redonda, em madeira.  Vejo, maravilhado,  a violência da água a cuspir contra a roda e a fazê-la girar à bolina; a cachoeira a espargir, em gigantesco chuveiro, raios de gotas que voam até se perderem ao redor. À volta do antro, onde gira a roda que a água vai empurrando, forma-se um lago fugaz, pois a água não pára ali, regressando  ao seu leito, ao qual devolve o que lhe retirou lá em cima. E o ribeiro volta a engrossar, pois na natureza, nada se perde... a água é a substância mais útil, mais bela, e multiforme da mãe natureza. E a sua força está no seu eterno regresso. Na sua elementar juventude.

Regresso ao interior do moinho para assistir àquele mecanismo em acção concertada visando um único fim.  Fascina-me invento rudimentar tão eficaz, vejo-me no  teatro :  os actores a interagir com um desígnio comum: dar alimento à alma do espectador. Aquilo não é já um moinho, é uma opereta invulgar em três actos: Primeiro, os grãos de milho a cair lentamente no centro da mó. Depois, o rodopiar granítico da  roda a moer cada grão que caiu; Finalmente, a farinha a espirrar de debaixo da mó, formando, horas depois, um manto branco no chão.

Saio e sento-me um pouco. Fecho os olhos. E oiço de novo aquele surdo cantarolar da roda espessa a esmagar os grãos assustados; e assisto outra vez ao  inefável espectáculo da neve branca saída do milho a amontoar-se em suave e esponjosa farinha."

 

FCR

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:41

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds