Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Pesquisar

 

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Meus caros amigos, isto sim são medidas socialistas

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 17.05.12

França regressa à reforma aos 60 e reduz salários dos ministros A primeira decisão, hoje, do novo Governo francês será a redução em 30% do salário do Presidente e dos ministros. A reforma aos 60 anos regressa também, sob condições, em junho. Daniel Ribeiro, correspondente em Paris (www.expresso.pt) 9:14 Quinta feira, 17 de maio de 2012 François Fillon (à esq.), antigo primeiro-ministro francês, cumprimenta o seu sucessor no cargo, Jean-Marc Ayrault, durante a cerimónia de passagem do testemunho Getty Images 2 0 142 comentários É uma medida simbólica e será tomada por decreto, já hoje à tarde, na primeira reunião do Conselho de Ministros do Governo francês: os salários do Presidente e dos ministros vão sofrer um corte de 30%. O chefe de Estado, François Hollande, bem como o primeiro-ministro, Jean-Marc Ayrault, passarão a receber cerca de 13 mil euros por mês em vez dos 20 mil que recebiam até agora. Os ministros passarão a auferir um salário de 9 mil euros, menos cinco mil euros do que era pago até agora. Outra medida que será objeto de um decreto, antes das legislativas de 10 e 17 de junho, será o regresso da reforma aos 60 anos para os assalariados que entraram cedo no mercado do trabalho e descontaram durante 41 anos para a caixa das pensões de reforma. Para os restantes trabalhadores mantém-se a reforma aos 62 anos, decidida pelo anterior poder, mas o Governo socialista anunciou que vai reunir com os parceiros sociais, em julho, com o objetivo de permitir também a reforma a partir dos 60 anos aos assalariados empregados em funções mais duras e penosas. Regresso do imposto sobre as grandes fortunas Depois das eleições legislativas, o novo Governo deverá igualmente elaborar um Orçamento Retificativo que incluirá uma reforma da política fiscal com, designadamente, o regresso da antiga barra menos elevada do imposto sobre as grandes fortunas - cerca de 300 mil contribuintes, até agora isentos desse imposto, passarão a pagar mais. O Executivo de Jean-Marc Ayrault também não exclui decretar o controlo dos preços dos combustíveis se estes voltarem a subir nos próximos tempos. O novo Governo, composto por 34 ministros, entre eles 17 mulheres, quatro descendentes de imigrantes (Espanha, Argélia e Marrocos), três dos territórios ultramarinos e uma ecologista, aposta numa vitória da esquerda, com maioria absoluta nas legislativas. Ler mais: http://expresso.sapo.pt/franca-regressa-a-reforma-aos-60-e-reduz-salarios-dos-ministros=f726624#ixzz1vAAWIgzk

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:01

Os Jovens de Parada do Corgo acabam de perder uma boa oportunidade de obterem a sua parte no bolo

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 17.05.12
 A nossa Associação está disposta a colaborar com os jovens da nossa terra no sentido de se constituir uma ou mais equipas ligadas a actividades desportivas.
 Para já, convocam-se todos os jovens e menos jovens para se formar uma equipa de futsal para a brincadeira. Já temos adversário. Falta a equipa.
CR
 
16-05-2012
Protocolos

 

 

A Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar e as Coletividades Desportivas de Vila Pouca de Aguiar celebraram, a 15 de maio no salão nobre dos Paços do Concelho, os contratos-programa que visam apoiar a prática desportiva de atletas nas mais diversas modalidades desportivas com quadro competitivo.

Na sequência de apoio que recebe da autarquia durante o ano de 2012, cada associação vai, de forma regular, “fomentar e dinamizar a prática desportiva” na respetiva modalidade que pode ser futebol, xadrez, basquetebol, taekwondo, futsal, basquetebol em cadeira de rodas ou ciclismo. As verbas a estas associações (93.108€) serão distribuídas em três prestações, designadamente maio, setembro e dezembro (estas duas após análise do relatório final). 

A regularidade das atividades, em quadro competitivo, traduz-se por dez meses de atividade sistemática na respetiva modalidade com o mínimo de duas sessões de treino semanais. A colaboração entre a autarquia e os clubes envolve técnicos de ambas as entidades para a boa prossecução dos planos de atividades. O presidente da Câmara, Domingos Dias, abordou as restrições financeiras e lembrou que as verbas são do orçamento deste ano. O apoio da autarquia às 11 colectividades desportivas incentiva a prática desportiva dos atletas nas mais diversas modalidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:03


Comentários recentes




GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds