Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Político Perfeito

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 24.09.12

 

 O político perfeito não dá emprego aos amigos, não enriquece à custa do Estado, não abusa do poder, não é mentiroso, enfim, não existe...

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:55

CURIOSIDADES LINGUÍSTICAS

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 24.09.12


Calcanhar de Aquiles

De acordo com a mitologia grega, Tétis, mãe de Aquiles, a fim de tornar seu filho indestrutível, mergulhou-o num grande lago mágico, segurando-o pelo calcanhar. Na Guerra de Tróia, Aquiles foi atingido na única parte de seu corpo que não tinha proteção: o calcanhar. Portanto, o ponto fraco de uma pessoa é conhecido como calcanhar de Aquiles.


Do Blog " Saiba História"

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:42

Era para ser publicado no Mensagens. Não foi. Publica-se aqui

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 24.09.12

A Faca e o Queijo dos Nossos Autarcas

 

Se quer assistir ao "filme" - " A Faca e o Queijo dos nossos Autarcas" – em exibição constante em várias Câmaras do nosso país, o “guião” é mais ou menos este:

 Cada autarca serve-se de um "cutelo" de lâmina larga que lhe é oferecido no dia das eleições; algum tempo depois, o Governo Central despacha-lhe um “enorme” "queijo" (mais ou menos pesado e redondo) - o queijo orçamental.

 Ao longo do mandato ( ou dos mandatos, se for mais que um), o autarca vai usando a “faca” e cortando o “queijo” seguindo dois planos distintos: Um, é- lhe imposto por lei, e tenta cumpri-lo sem grandes atropelos, ou distorções: o outro, mais discricionário, permite-lhe fazer a corte aos inimigos, ou satisfazer o ego aos amigos.

 Agora temos os presidentes de Junta, cheios de vontade de brilhar perante os seus eleitores. De prato na mão, ei-los afoitos a dirigirem-se- ao verdadeiro dono do “queijo”- o Presidente da Câmara. Este, com a máxima atenção, examina minuciosamente a cor do prato que lhe é estendido aos atropelos. Enfim, deixa cair a "esmola" segundo a fé que tem no seu "santo".

 Comentário ao guião: Nunca li, nem vi, nenhum estudo comparativo sobre a forma como a "faca" e o "queijo" são usados durante os mandatos pelos nossos autarcas. O modo como as Câmaras cortam as fatias do "queijo", e as distribuem, ou seja, o volume orçamental que as Juntas de Freguesia gastam durante os mandatos de um mesmo Presidente de Câmara e de um mesmo Presidente de Junta, em cada uma das autarquias, ou freguesias, a que presidem, fica sempre no segredo dos deuses, por não haver ninguém que faça esse estudo e o publique.

 Tal estudo, esclarecedor para o eleitor, indicaria se um Presidente de Câmara era mais pródigo com umas freguesias do que com outras (e porquê), e se os presidentes de junta eram mais avaros (forretas) em certas aldeias do que em outras (e se haveria razões para tal).

 A mim parece-me normal que uma Câmara tenha o cuidado de "dividir o mal pelas aldeias" - neste caso "o(s) bem(ns) pelas freguesias" - ou seja, que um Presidente de Câmara se esforce por distribuir com equidade os recursos que são de todos. Mas já não me parece bem que gaste mais na freguesia do "compadre político" para que este lhe garanta continuar a ser dono da "faca e do queijo" no seu concelho.

 Toda a gente admite e compreende que Vila Pouca, Sede de Concelho, tenha a fatia maior do orçamento. Mas será que se justifica o volume de despesa pública feita em Vila Pouca se a compararmos com a realizada nas aldeias e freguesias do concelho? E as freguesias,? E as aldeias ? Será boa e justa política ajudar mais umas do que outras, sem que se veja porquê?

  Reclamarão alguns presidentes de junta:

 "Na nossa freguesia não podemos fazer mais do que fazemos porque é uma freguesia geograficamente muito pequena, e com poucos eleitores,  por isso cabe-lhe uma fatia também mais pequena do orçamento".

 Mas então eu pergunto: Se é assim, se o problema é mesmo só esse, porque não se juntam as freguesias pequenas de forma a ficarem maiores, e consequentemente, terem mais dinheiro para gastar ?

 Recorde-se que ainda há pouco lhes foi dada essa oportunidade, e nem todos a aproveitaram.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:34

CURIOSIDADES DA HISTÓRIA - O "MOLETE"

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 24.09.12

Nome de um tipo de pão, atualmente mais conhecido por papo-seco ou carcaça. Conta a estória que em 1809, durante a segunda invasão francesa, as tropas invasoras permaneceram em Valongo, numa altura em que houve falta de cereais. Para poder alimentar os seus soldados, o General Moulet, que comandava as tropas invasoras, decretou a diminuição do peso e do tamanho do pão para metade. Sobre o mesmo pão, existe ainda outra variante da estória, segundo a qual a palavra molete deriva da aportuguesação do nome do General Moulet. Consta que os seus serviçais exigiam aos padeiros de Valongo pães mais pequenos do que os que eles fabricavam. Obrigados a fabricar pães mais pequenos para o General, alguns padeiros vendiam-nos também aos compradores valonguenses. Admiradas, ao verem aqueles pães pequeninos, as pessoas perguntavam que pão era aquele, ao que os padeiros respondiam que era o pão do General Moulet. A clientela provou, gostou e, aos poucos, começou a consumi-lo. Com a repetição o pão ficou conhecido por molete.


Publicado num Blog com o nome do título

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:27

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds