Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Afonso Valtique - Encontro

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 26.09.12

 

Vivia do outro lado. Da linha de caminho de ferro; da Estrada nacional; dos campos de milho. Já não a via há um mês. Fora para a praia com os pais e irmãos.Funcionários públicos, no tempo de Salazar, podiam dar-se ao luxo de passarem o mês de Agosto na Praia. Eu apenas sonhava com ela. Com a praia e com ela.

Meti-me a caminho. Tinha não apenas vontade, mas necessidade, de a ver, olhá-la, ver o tom  moreno  do rosto, dos ombros, das pernas. No caminho, já perto da casa, espreitei entre a folhagem do milho verde. Um grupo de raparigas brincavam, junto da estrada, no logragouro da casa. Podia mostrar-me. Queria, desejava mostrar-me. Mas a vergonha de revelar a minha fraqueza, imobilizou-me os movimentos. E havia os pais. Que iriam dizer, que iriam pensar, que iriam fazer?

Deixei-me estar no meu regalo do olhar, no meu desvanecimento escondido, secreto. Até que.

Eis que elas abrem o portão, atravessan a estrada , entram pelo caminho. No meu caminho. Sinto o coração saltitar de emoção, de receio. Ter-me-iam visto?

Não era possível. Tivera sempre o milho alto e espesso a servir de barreira entre os olhares. Quiseram sair, correr, saltar. Quiseram um pouco de liberdade. Respirar  natureza. Talvez colher as amoras suspensas no vasto silvado que bordava o nosso caminho. Virei-me. Quis regressar rapidamente. Não ser surpreendido. Não ser descoberto na minha singela procura do amor. Não, não era possível fugir, contrariar a força da minha vontade. Fiquei. Viram-me. Aproximaram-se. Sorrimos. Beijei-lhe a face morena. Desejei-a. Fomos.

 

A. Valtique

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:10

A Porcaria

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 26.09.12

 

Houve um  tipo (dizem que agora  anda a estudar),que apostou no Ensino a sua vida política. Acabou por morrer no meio da "porcaria" que fez. Veio outro que em vez de limpar a m... do antecessor, resolveu continuar na retrete.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:06

Depois de ouvir barbaridades destas, tudo é possível

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 26.09.12

 

O candidato à Casa Branca que se opõe a Obama veio dizer o seguinte disparate: " Não sei por que razão as janelas dos aviões não se abrem ...".

Depois de ouvir isto já estou em condições de ouvir outro alguém interrogar: " Os olhos do cantor Andrea Boceli não se abrem, porquê?"; ou: " As grades da cela de Sócrates não se abrem pra ele entrar? Não entendo!".

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:03

O Conto do Vigário

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 26.09.12



Conta-se que duas paróquias terão recebido a imagem de uma santa como presente. Para decidir qual das duas ficaria com a escultura, os padres (vigários) dessas paróquias deveriam contar com a ajuda de Deus, ou melhor, no caso com o auxílio de um burro.

Combinaram os dois o seguinte: Colocariam o burro entre as duas paróquias, e o animalzinho teria que caminhar até uma delas. A paróquia escolhida pelo quadrúpede ficaria com a santa.

E foi isso que aconteceu. O burro virou o "focinho" para um lado e toca a andar até ao destino.

Só que, mais tarde, descobriram que um dos padres ( vigários) tinha sido um grande melro, pois andara a treinar o burro a ir na direcção da sua paróquia.

E foi assim que "conto do vigário" passou a ser sinónimo de falcatrua ou malandragem.


Nota: O "conto do vigário" atingiu nos nossos dias um sucesso nunca antes visto...ou imaginado...


CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:19

O QUE SÃO " ELEFANTES BRANCOS"?

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 26.09.12

 

 

A expressão "Elefante Branco" não tem nada a ver com  preconceitos racistas. Vem de um costume do antigo reino de Sião, situado na atual Tailândia, que consistia no gesto do rei de dar um elefante branco aos cortesãos que caíam em desgraça.

Sendo aí considerado um animal sagrado, não podiam obrigá-lo a "vergar a mola", a trabalhar. Como era presente do próprio rei, também não podiam pô-lo na feira ( à venda).

Matá-lo, então, nem pensar.

Não podendo também ser recusado, restava ao "infeliz" contemplado alimentá-lo, acomodá-lo e criá-lo com todo o luxo, sem nada obter de todos esses cuidados e despesas.

Daí a expressão significar:  algo que se tem ou que se construiu, mas que não serva para nada.

 

Nota: Esta expressão tem enorme aplicação na prática política dos governos centrais, mas também das autarquias, quando determinado decisor resolve fazer obras caríssimas, que depois se revelam enormes e dispendiosos " Elefantes Brancos", para a comunidade.

 

Exemplos? 

Fico-me por aqui. Aponte-os quem entender comentar este texto.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:55

BUSCAR O QUÊ E AONDE?

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 26.09.12

 

 A notícia das buscas domiciliárias aos ministros socialistas, Mario Lino e c.ª, fazem-me lembrar uma caçada ao coelho através do deserto. Ou seja, trabalho inglório.

 Que se queira dar trabalho à judiciária, e mandar notícias para os jornais, tudo bem; agora encontrar documentos comprometedores, papelada suspeita, alto lá.

 Os paraísos fiscais também servem pra isto. Dissolver documentos, esconder papelada dos olhos dos "curiosos"....

 Ah pois.

 Querem investigar e ter resultados? É muito fácil: acabem com os paraísos fiscais.

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:46

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds