Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Razão ou Amigos?

por cunha ribeiro, Domingo, 18.11.12

 

Tenho tentado o mais que posso ser frontal e verdadeiro com as pessoas, pois acho que "dizer às pessoas aquilo que se pensa" é um  comportamento que qualquer catequista poderia ensinar na doutrina.

Para mim dizer a verdade é uma obrigação de cidadania, e até um acto de amor, não de discórdia.

Porém,  cada vez mais me convenço que, se quiser continuar a ter amizades,  tenho de guardar o que penso  ou sinto na cave do meu pensamento. Fulano é político e gere o dinheiro ou os destinos do povo violando as regras mais elementares ?   Deixá-lo gerir à sua maneira. Sicrano tem o poder de mandar calcetar uma rua que serve um bairro inteiro, mas decide calcetar uma outra que serve apenas uma família ? Deixá-lo agradar a uma família, e prejudicar meia dúzia.

Entre ter razão e ter amigos, talvez seja melhor ter amigos.

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:09

COMENTÁRIOS E CONTROVÉRSIAS

por Francisco Gomes, Domingo, 18.11.12

 

Os comentários e controvérsias gerados pelo texto que o nosso amigo e conterrâneo AGOSTINHO GOMES RIBEIRO escreveu e publicou no Blogue de Parada, parecem que a certas pessoas lhes faz um pouco de confusão. Como é sabido, as coisas nem sempre são do agrado de todos. Mas, o Blogue de Parada, surgiu por iniciativa de 3 ou 4 pessoas que se juntaram e tiveram a brilhante ideia de lhe dar prosseguimento. Prosseguimento esse que tem sido uma mais-valia para a nossa aldeia. Goste-se ou não – foram estas as pessoas que lhe deram vida. Podiam ter sido outras, mas não foram. Por mim, aderiria de qualquer das formas. Logo que se tratasse de enaltecer a nossa aldeia, eu estaria sempre lá para dar um pouco de ânimo a quem teve esta brilhante ideia e, por isso mesmo, lhe dou os meus parabéns por darem a conhecer ao mundo a terra que nos viu nascer.

Por isso entrei em contacto com o Dr. Francisco Cunha Ribeiro e tornei-me sócio. Não fui pressionado por quem quer que seja. Fi-lo com a convicção de que estava a contribuir para a divulgação da nossa aldeia, onde nasci e fui criado e, não para entrar em conflitos com quem quer que seja. Pelo contrário. Fazia gosto que todos os Paradenses estivessem juntos no mesmo barco, divulgando e expressando as histórias surgidas ao longo da vida de cada um, sem entrar em confrontos quezilentos que em nada abonam o bom convívio entre pessoas de Parada que, por um motivo ou outro, deixaram a mesma em procura de um nível de vida melhor - mas que nunca perderam o amor à terra que os viu nascer.

Não há nada mais desfavorável e desagradável a uma aldeia onde não haja união entre todos os residentes. Evidentemente, por vezes, com a cabeça a quente, dizem-se coisas menos impensadas que podem ofender a moral das pessoas. Julgo ter sido o caso. Segundo comentários. Mas, também se viu a dignidade com que o Dr. F.C.R. pediu desculpas à parte ofendida, quer por escrito e publicado no Blogue, como também pessoalmente. Por tudo isso – acho estar na hora da confusão ser ultrapassada e não andar sempre com trocadilhos que nada têm a ver com o sentido para o qual o Blogue de Parada foi criado.

Ninguém é obrigado a ir para onde não quer. Portanto quero com isto dizer que só é sócio quem quer. Que eu tenha conhecimento, ainda ninguém foi obrigado a fazer-se sócio. Lógico que: quantos mais formos, melhor será para todos os Paradenses e, como não podia deixar de ser, para a nossa aldeia. Este Apelo é feito a todos os residentes, não residentes, emigrantes nas mais diversas partes do mundo e, a todos aqueles que não sendo de Parada, se juntaram aos Paradenses. Todos são bem-vindos e todos somos poucos para o engrandecimento da nossa terra para que não fique esquecida neste Portugal, como tem acontecido a tantas outras por este País além.

Todos somos poucos para apresentar sugestões objectivas para o bom desempenho a que  a “ASSOCIAÇÃO PRAZER DA MEMÓIRIA” se dedicou de alma e coração e não para se andar com trocadilhos mesquinhos que não nos favorecem em nada. Se for para isso, não estou cá. Quero ir visitar a terra onde nasci, dialogar e conviver com todos sem obstáculos disto ou daquilo. Como amigo de todos, mais uma vez peço às partes para que ultrapassem todo este mal entendido e olhem para o futuro de Parada e de todos os Paradenses.

Termino com um grande abraço para todos, ao mesmo tempo que peço desculpa se porventura ofendi a sensibilidade de alguém.

 

Quinta das Laranjeiras, Fernão Ferro, l6-11-2012

 

Agostinho Rodrigues

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:45
editado por cunha ribeiro às 20:18

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds