Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


No Jornal "Porquê" do nosso conterrâneo José Carlos Rendeiro, reparo neste elogio a uma Associação Cultural

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 26.11.12


 Calma,  não é a nossa (O Prazer da Memória). É a "Associação Cultural de Soutelinho do Mezio"- "Já "com DOIS anos de existência, (!) e com "DOZE elementos" ( talvez associados). É caso para dizer que o "Porquê" não é nada caseiro. Faço votos  ( salvo seja, fizesse-os eu...) que um dia tenhamos direito a um cantinho no "Porquê". E "porquê" não? 
CR

Soutelinho do Mezio Caminhada pela localidade de Soutelinho junta 100 pessoas

A Associação de Soutelinho do Mezio promoveu, no passado dia 4 de Julho, uma caminhada desde o centro da aldeia até à "casa do guarda" e o caminho inverso, num total de dez quilómetros. 
Pouco passava das 9h30 minutos de Domingo, quando se deu inicio à caminhada. Os participantes, cerca de 100, vestidos a rigor para o efeito, iniciaram então o percurso criteriosamente escolhido pela organização, mas não sem antes se munirem de garrafas de água, uma vez que o calor que se fazia sentir era abrasador.
Durante o percurso foi possível apreciar a beleza paisagística do local e ainda houve tempo para visitar duas sepulturas medievais. 

 

Uma hora depois do início da maratona, houve lugar para a primeira paragem, num local com sombra, onde foi fornecido o "mata-bicho" (sandes de queijo e fiambre, fruta e água).
O percurso foi considerado de dificuldade média por se efectuar por caminho de montanha e contemplar várias subidas.
Percorridos os cinco quilómetros iniciais e chegados ao local ("casa do guarda"), foi o momento de servir o almoço, do qual fizeram parte sardinhas, febras e broa, água e vinho. Para sobremesa foi servido melão e melancia.
Depois do repasto, houve ainda lugar para uns jogos de cartas, enquanto se aguardava que o calor abrandasse.
Por volta das cinco horas os participantes regressaram à aldeia pelo mesmo caminho que haviam percorrido.

Associação de Soutelinho do Mezio

Esta associação conta já com dois anos de existência e é constituída por doze elementos.
O objectivo inerente à criação desta associação foi a promoção e desenvolvimento cultural e a dinamização de espaços lúdicos e recreativos, tendo em conta os factores ambientais e patrimoniais da localidade e região envolvente.
A Associação de Soutelinho do Mezio, pretende levar a efeito as seguintes iniciativas: promover e realizar actividades que possam potenciar internamente o movimento associativo juvenil; incentivar e aproveitar a iniciativa voluntária do pessoal jovem, tendo em vista o seu desenvolvimento intelectual e formação social; promover o intercâmbio e cooperação com associações e organismos nacionais e estrangeiros que prossigam os mesmos objectivos e, por último, garantir a existência de mecanismos de comunicação e informação que permita a transferência dos actos de administração e gestão.
Está sediada na localidade de Soutelinho do Mezio.

Liliana Correia

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:01

Celebrando Anos de Forma Original - Por Celeste Santos

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 26.11.12

43 instalados
Depois de chegados há já alguns dias, sem pedirem licença para entrar, sem se fazerem anunciar, sem que eu por eles esperasse com a habitual ansiedade, cá estão eles instalados e insistem que daqui não saem. Os 43.
Não lhes pedi isso, contudo. Simplesmente não os celebrei como é meu hábito e como gosto, mesmo estando sozinha. Não tive a menor vontade. Faltava-me tudo e nem quase a mim mesma me vi. Refugiei-me no sono, remédio quase santo para males como o meu.
Os 43 julgam, porém, que são eles que me apoquentam. Não. De todo. Todos os meus "ardores" fossem esses e estaria eu bem!
Já os levei a passear; já foram até à vizinha Espanha e a Trás-os-Montes. Já apanharam bastante calor e sol de derreter, embora eu não o tenha sentido. Julgo ter o termómetro avariado. Já os levei a visitar alguns membros da família, mas não é dum dia para o outro que se vão fazer notar...
Hoje decidi fotografá-los juntamente com o meu novo corte (ou descorte?) de cabelo que eu mesma fiz, num dia de maluqueira acrescida.
Instalados estão os 43, confortavelmente, numa fofa e espaçosa poltrona. Só falta esperar que o cabelo cresça!

(...)


E o cabelo cresceu juntamente com os 43 que incrivelmente se notam no rosto.
Não foram os 43 que trouxeram o abatimento, a magreza e a palidez. Foram todo um manancial de vivências e dificuldades que se foram adensando ao longo de anos e culminaram em mais um ano particularmente difícil.
Por coincidência a bomba explodiu na mão dos 43. Implantados num corpo e num espírito que se ressente sempre primeiro, acabaram por sucumbir de alguma forma. E eu caio muitas vezes, por que não haveria de acontecer o mesmo com eles?
Ninguém é forte sempre. E quem disser que o é, mente. Eu não o sou. Sou frágil e valente. E a valentia advém-me da fragilidade, por muito contraditório que pareça.
Agora preciso dar aos meus 43 um pouco de descanso, tranquilidade e alimento. Algum equilíbrio, também, assim a vida mo permita.
Para já sinto frio. Mas, pelo menos, tenho uma lareira que me aquece. Uma lareira que me traz o conforto da mãe e da infância. Tenho o calor de alguns, poucos, mas é tanto e tão bom que a minha mente e a minha alma se sentem cheias, plenas.
E os meus 43 seguem em frente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:40

Tem o mesmo nome que a nosssa terra ( um deles), é Sede de Freguesia, tem um Site muito interessante, e, coisa espantosa, promove o Blog da Terra

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 26.11.12

 

______________________________________________________

Os meus parabéns à Freguesia de Parada de Gonta:

 

Junta de Freguesia de Parada de Gonta

     

Boas-Vindas

     
      email:             jfreguesia.pgonta@
sapo.pt
 

      História da Freguesia

PORTAL DA FREGUESIA
Mensagem do Presidente PORTAL DE TONDELA
      Executivo da Freguesia ESCOLAS
      Assembleia de Freguesia FÓRUM -Sua opinião conta!.
Programa da J. Freguesia  

Destaques da Freguesia

2- VER TODAS AS ACTIVIDADES NO BLOGUE2- VER TODAS AS ACTIVIDADES NO BLOGUE
            Horário       de Atendimento
População
Património Cultural

Ver Aqui:
Blogue Freguesia de Parada de Gonta

      Arquivo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:38

Mais uma Escola do Concelho que irá servir a comunidade local, e não outras

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 26.11.12


 

 

AGENDA DA PRÓXIMA REUNIÃO DA C.M.V.P.A.

 

REUNIÂO ORDINARIA DE 201 2/ 11 /28
Hora de abertura: 09:30
ASSUNTOS DA ORDEM DO DIA
DIVISÃO MUNICIPAL ADMINISTRATIVA:
PONTO UM - Ata da reunião ordinária de 13 de novembro de 2012 - Apreciação e
deliberação.
DIVISÃO MUNICIPAL FINANCEIRA:
PONTO DOIS - Contrato de atribuição de direitos de prospeção e pesquisa de águas
minerais naturais Contrato de prestação de garantia bancária com a Caixa Geral de
Depósitos - Apreciação e deliberação.
PATRIMÓNIO/EDUCAÇÃO:
PONTO TRÊS - Conselho Diretivo dos Baldios do Raiz do Monte - Proposta de
cedência provisória da Escola do 1° Ciclo do Ensino Básico de Raiz do Monte Apreciação
e deliberação.
MERCADOS E FEIRAS:
PONTO QUATRO - Loja n° 11 do Mercado Municipal de Vila Pouca de Aguiar -
Proposta de anulação de procedimento aberto por deliberação de 27.09.2012 Apreciação
e deliberação.
PONTO CINCO - Loja n° 9 do Mercado Municipal de Vila Pouca de Aguiar - Proposta
de caducidade de concessão Apreciação e deliberação.
PONTO SEIS - Lojas n° 9 e 11 do Mercado Municipal de Vila Pouca de Aguiar -
Concurso público para ocupação - Publicitação de edital Nomeação de Júri Apreciação
e deliberação.
Vila Pouca de Aguiar, 26 DE NOVEMBRO DE 2012
O Presidente da Carnara Municipal,
(Dr. Domios Minue1 Pinto Batista Dias

 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:15

O Tipo Gozão

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 26.11.12


 

 Não sei se sentem o asco que eu sinto por aquele tipo de gente que se compraz a gozar o seu semelhante. Essa classe de indivíduos costuma servir-se de um pequeno talento que é "ter piada" e humilhar os outros para ter o aplauso de quatro ou cinco fregueses. Aliás, quando estes quatro ou cinco infelizes se riem é o exacto momento em que o gozão rebenta de gozo.

 Para mim, esta escumalha de gente que se acha engraçada gozando os outros é gente fraca. E para sentirem pelo menos a ilusão que são "fortes" praticam a humilhação do outro.

 Uma das modalidades de gozo que esta escória de gente pratica é tratar as pessoas pelos diminutivos. E fazem-no sobretudo quando estão à beira de amigos, para estes se rirem com a sua estupidez disfarçada de audácia.

Devo dizer que por vezes confundo essas pessoas com os antigos bobos da corte que viviam da "palhaçada". Com os palhaços não as confundo, pois se confundisse estaria a humilhar, sem querer, essa nobre classe profissional que trabalha, com dignidade e talento, no circo.

 Desde pequeno que assumi que tenho o dever de não humilhar ninguém, especialmente o que já por si se sente inferior e complexado. ( Se às vezes escorrego para o pecado do gozo é justamente para atacar o gozão...).

 Devemos estar cientes que os erros que os outros cometem hoje, nós podemos cometê-los amanhã, pois  não somos  infalíveis. Todos podemos falhar, já que a perfeição não é desta terra. Tratar os outros com tolerância, e respeito, é um sintoma de educação, mas também de inteligência.

Humilhar o outro é pois  a defesa de um homem ignorante pela necessidade de se sentir superior.

Quem ler estas linhas, e achar que tem alguma característca das que acabo de expor, aceite um conselho:  Antes de humilhar um ser humano olhe -se bem no espelho que tem lá em casa, e veja se é você mesmo!

 

CR



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:49

Ernesto Ribeiro - Saudades do Antigo

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 26.11.12




Tenho saudades do antigo, daqueles tempos lá vividos

Do Natal com azevinho, no trato dos gestos distintos


No quente de pura lã, no tweed dos trajes clássicos

Em meus sapatos d’astracã, percorri aquele oásico!



No traço das casas de pedra, no odor a vela queimada

Dos lampiões em sobreleva, que alumiavam a entrada

Aquelas escadas em caracol, que elevavam os andares

Percorridas como um lençol, na suavidade dos olhares.



Os corpetes das Madames, a valsa que nos enlevava

Os olhares daquele exame, numa bonacheirona risada

O requinte, aquele baile, numa orquestra bem afinada

Os pares como em desfile, bailavam em roda ordenada.



No grande salão de ocasião, com pompa e circunstância

Vivi em tempos este guião, com esta distinta elegância

A certeza de o saber, tenho-a no rubro da inconsciência

Viva neste meu entreter, de nova vida em consequência!



Cíclicos gostos, por paixões cada vez mais longínquas

Prova de eternos sopros, em novas produções profícuas

Que no seu gosto pelo antigo, em suspeito se denuncia

Revelando-se o ser oblíquo, que à linearidade renuncia!



Por isso o antigo satisfaz-me, numa presença distante

Num regresso quase contumaz, dum velho emigrante

Que moribundo regressa à terra, para morrer em paz

Vendo naquele pé-de-serra, a porta dum novo fugaz…


Ernesto Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:56

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds