Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


PASSEIO A CAMINHO DO VIVEIRO DE PARADA DE AGUIAR

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

 

Por Agostinho Rodrigues

 

Num dia soalheiro do mês de Agosto do ano de 2012, quatro Paradenses de seus nomes: AGOSTINHO RODRIGUES, MANUELA DE JESUS GOMES, ANTÓNIO SOUSA E EMÍLIA GOMES, decidiram fazer uma caminhada até ao viveiro florestal de Parada de Aguiar.

Para o efeito, meteram-se umas peças de fruta e umas garrafas de água numa sacola e metemo-nos à aventura até ao destino combinado. Partimos da Capela dos Santos, com passagem pela ex-escola, hoje em dia, transformada em Albergue, ou pousada de apoio aos caminhantes que ali queiram pernoitar e, lá fomos nós a caminho da esculca, abelheira, veiguinha, fraga do pardão onde descansamos um pouco - ao mesmo tempo que aproveitávamos para comer uma fruta e beber um pouco de água já que o calor apertava e o físico começava a ressentir-se.

Foi dali que, ao olhar cá para baixo para o lindo Vale de Vila Pouca de Aguiar, me vieram imensas recordações do tempo da minha mocidade. Começando pelo ex-campo de futebol da veiguinha, que em tempos passados foi palco de grandes confrontações futebolísticas amigáveis com a rapaziada das aldeias vizinhas com o pretexto de se encontrar alguns namoriscos e, até bailaricos para distracção de todos quantos se quisessem juntar ao bom ambiente, onde reinava a brincadeira entre todos os convivas e, agora, com muita mágoa minha, vê-lo coberto de pinheiros e outro mato como se em tempos não se tivesse ali passado nada.

Outro dos factores que me deixou perplexo – foi o olhar cá para baixo e ver o nosso lindo vale de terrenos bastante férteis em estado de abandono sem serem cultivados como nos tempos passados. Também aí me veio à imagem a azáfama e labuta com que as pessoas da época se dedicavam de alma e coração no amanho dos mesmos e, num vai e vem – quase como formigas, para depois terem as suas casas fartas do produto que colhiam nestes terrenos. Era uma luta constante a amargura da vida agrícola. Hoje em dia – são outros tempos, os tempos da modernidade que têm levado o nosso Portugal a uma desertificação muito grande por motivos dos nossos responsáveis políticos e governantes nunca terem sabido olhar para o interior do País, dando o devido valor às pessoas que habitam e trabalham na vida rural. Evidentemente que os tempos hoje em dia são outros e, o passado não move moinhos mas, lá que existia mais camaradagem na troca dos serviços agrícolas entre todas as pessoas – lá isso existia.

Daí, seguimos todo o caminho e trajecto até chegarmos ao Viveiro,

onde em tempos era um perfeito jardim digno de ser visto. Sempre tudo amanhado a preceito. Hoje em dia está em abandono total – com aspecto degradante e, até com espírito de malvadez de quem não gosta de preservar o património que fez parte e uma determinada época de Parada e não só.

 

Se os nossos antepassados voltassem cá a este mundo, morriam novamente de susto e vergonha de verem que os seus descendentes estimaram muito mal tudo aquilo que lhes foi legado por direito. Não vou aqui enumerar nomes de ninguém e, muito menos para sensibilizar quem quer que seja. Os mais antigos na idade – devem imaginar a quem me estou a referir.

Depois de apreciarmos todo este belo panorama, ainda nos restou um pouco de coragem para caminharmos até às torres eólicas que vistas ao longe são grandes – mas vistas ao perto são monstros.

Esperamos e fazemos votos que os euros que as aldeias auferem dessas novas tecnologias seja bem empregue em proveito das nossas aldeias que tanto necessitam. Por isso, as pessoas que estão à frente dessa missão, têm um dever acrescido perante as aldeias e as suas gentes que nelas habitam.

 

Este texto já era para ter sido escrito há muito tempo. Mas, como os meus amigos devem compreender, o tempo vai-se passando e, quando damos por conta já estamos num novo ano. Mas, se Deus me der saúde, tenciono fazer o mesmo trajecto no ano que está a decorrer e, já agora, lanço daqui um apelo a todos quantos se queiram juntar a nós para fazermos a mesma caminhada pela bonita serra da Padrela onde nascem nascentes de água que é um luxo e, ao mesmo tempo apreciar a natureza que é um bem precioso de todos quantos a amam.

Termino com um grande abraço para todos os conterrâneos e amigos do Blogue de Parada de Aguiar e até uma próxima.

Quinta das Laranjeiras – Fernão Ferro, 13-01-13

Agostinho Rodrigues

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:37

GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA ( De Salvador da Bahia)- Um Monumento Profundamente Ligado à História da Nossa Terra

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:23

MISSA DE TRIGÉSIMO DIA, 11 HORAS, SÁBADO DIA 26/01/2013, NA CAPELA DE PARADA DE AGUIAR

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13


Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:31

Os nossos amigos e associados MIGUEL POSE e ISABEL PORTELINHA

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:17

CAROS AMIGOS, EIS OS RESULTADOS DAS VOTAÇÕES

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

 

1. BLOGUES LOCAIS/REGIONAIS: Em 25 concorrentes, ficámos em 10º Lugar ( Um bom lugar, julgo eu)

2. BLOGUE GENERALISTA: Ficámos em 15º lugar, à frente de 102 blogues ( Muito Bom, em minha opinião).

2. BLOGUE REVELAÇÃO - Ficámos em 25º lugar, numa lista de 189 concorrentes ( nada mau);

2. BLOGER DO ANO - 59º lugar (mas abaixo de nós ficaram 237 concorrentes)

 

 

Embra eliminados em todas as categorias, julgo que fomos honrosos vencidos. Obrigado a todos os que votaram, pois não deixou de ser um incómodo o exercício - nalguns casos diário -  da votação.

 

FCR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:56

TOMBE LA NEIGE

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:47

Desprazer

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

 

O vento sopra

Levanta a vaga

As árvores caem

A chuva alaga.

 

Somos  espuma

Ficamos frágeis

Não somos corpos

Somos imágeis

 

E a hora passa

Vai com o vento

Onde voamos

Em pensamento.

 

E o desaprazer

Da vida prática

Faz-nos viver

De forma errática.

 

FCR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 01:14

VENHAM ENTÃO OS ACTOS. ANSIAMOS POR ELES.

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

Seguro quer portugueses a acreditarem nos políticos

O secretário-geral do PS, António José Seguro afirmou neste sábado em Coimbra que os socialistas querem que os portugueses voltem a "acreditar na política" e "nos políticos", não com palavras, mas com atos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:15

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds