Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


A ÚLTIMA HORA

por Francisco Gomes, Domingo, 05.01.14

Nada é mais apavorante do que a última hora de vida. Nesta hora, que o sono eterno se aproxima, todos procuram ser sinceros e honestos. Os mentirosos confessam suas mentiras, os obreiros da iniquidade, reconhecem suas obras inúteis, os criminosos confessam seus crimes, é o momento mais terrível da existência humana.

Quando as pessoas se defrontam com a certeza da morte, muitas deixam cair a máscara, só pensam em ser verdadeiros e autênticos, muitas vezes diante das pessoas presentes. Muitos admitem haverem construído suas casas na areia, vigiavam noite e dia para que elas não ruíssem, mas agora toda a segurança desapareceu, a casa vai cair. Outros ainda confessam coisas horríveis que cultivaram durante a vida, só vivendo de mentiras e ilusões.

O grande escritor Aldous Huxaley, em seu famoso livro "Admirável Mundo Novo", dizia: A humanidade deveria ser honesta durante a vida, como o é na hora da morte. Grandes homens que a humanidade reverencia, grandes figuras da História, reconheceram na hora da morte, que não valiam nada, eram iguais a todo o mundo, simples mortais

Voltaire, grande filósofo francês, toda a sua vida zombava de Deus e da Igreja. Teve uma  morte horrível, passou a noite inteira a gritar a Deus por perdão. David Hume, outro filósofo que se dizia "ateu", durante a vida, contestou a existência de Deus. Morreu a gritar que estava sendo queimado no inferno, que ele contestou toda a sua vida.  Napoleão Bonaparte morreu lúcido. Dizia para seu médico, que preferia enfrentar todos os campos de batalha do mundo, do que enfrentar esta hora.

Lenine, grande perseguidor da Igreja e da Religião Católica, matou e exilou muitos sacerdotes, morreu a pedir perdão a tudo que via pela frente, mesas, cadeiras, cachorros e etc.. Sir Wiston Curchill morreu a reclamar da humanidade, que só visa a grandeza e o sucesso, mas nesta hora tudo é supérfluo, como ele o era naquele momento.

O único que morreu a perdoar os seus algozes, foi Jesus Cristo. " Pai, perdoai-lhes, pois não sabem o que fazem."

Todos os grandes homens que já existiram, e aqueles que ainda vão existir, devem lembrar que sem Deus, Eles não são nada e nada podem. A própria natureza que é o poder de Deus , quando reage às agressões dos homens, não deixa pedra sobre pedra, e não adianta o poder de ninguém.

A toda a agressão, existe uma reação igual e contrária. Um força desconhecida que não obedece a ninguém.

                                                                       

Deus abençoe a todos

                                                                   

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:37

No Rasto de Eusébio

por cunha ribeiro, Domingo, 05.01.14

 

Na Rádio, nas televisões uma só informação: Eusébio Morreu.

Eu, porém, não acredito. Tenho aliás a certeza absoluta que Eusébio da Silva Ferreira não morreu. Porque ele deixa um rasto indelével que o fará viver para sempre no coração e na memória de todos os portugueses.

 

Adeus futebolista incomum, adeus mor-exemplo do ser humano simples e bom.

 

FCR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:41

Manuel Almeida esclarece

por cunha ribeiro, Domingo, 05.01.14

 

 Obviamente melhor informado que eu sobre o que se passa na Junta de Freguesia de Soutelo de Aguiar,  o Manuel Almeida acaba de esclarecer-me (- nos) que os "anjos de luz" foram iluminados pelo orçamento da Freguesia de Soutelo de Aguiar. E que nas restantes freguesias nenhum anjo se iluminou. De facto, analisando melhor, na freguesia de Telões não existiu qualquer iluminação de Natal como na de Soutelo. Por isso, dou a mão à palmatória, enaltecendo aqui e agora a boa ideia que teve o Presidente da Junta de Soutelo de Aguiar, António Gonçalves, em colocar à entrada de cada aldeia ( Montenegrelo não vi, mas talvez existisse já junto à aldeia, já que Freiria não é de Soutelo) um Anjo iluminado. Foi novidade, foi bonito, deve repetir-se.

 A crítica vai então direitinha para a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar que mais uma vez apenas cuidou de iluminar duas localidades: a de Vila Pouca e a de Pedras Salgadas. Se calhar, não seria má ideia dividir o mal pelas aldeias, iluminando menos nas duas para poder iluminar todas. Eu assim faria.

 

P.S.: Só dizer ao M.A. que ele sabe muito bem de onde me vem muita da informação que aqui coloco. Que os erros de informação são isso mesmo - erros. Os quais estou sempre pronto a reconhecer e esclarecer.  E os últimos posts são pródigos em revelar qual é a fonte. 

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:09

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds