Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


STOCK DA CUNHA

por cunha ribeiro, Domingo, 14.09.14

 Eduardo Stock da Cunha foi escolhido pelo Banco de Portugal e pelo Governo para suceder ao demissionário Bento - aquele que iria salvar o BES da desgraça.

 O nome não me é familiar, mas lá que parece, parece.  Quero ver é as ideias que ele terá para ajudar a resolver o problema do EX-BES, depois de Bento ter  fugido do dito como o diabo da cruz (ou ser obrigado a fugir...).

 Julgo que é homem para ter pelo menos uma ideiazita, ou mesmo duas ... vinte e cinco anos de experiência é muita experiência ... E se não as tiver na cabeça, olha, que vá ao STOCK, onde eventualmente as terá guardado...

 

CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:55

Prazer da Memória - o Comboio do Corgo

por cunha ribeiro, Domingo, 14.09.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:48

O SANTO LADRÃO‏

por Francisco Gomes, Domingo, 14.09.14

Quando vemos no cinema, ou assistimos encenações no teatro, ou ainda quando lemos a " Paixão e Morte" de Jesus Cristo, tomamos conhecimento de que Ele foi crucificado no meio de dois ladrões. Um deles, o que estava à direita, converteu-se no momento de sua morte, reconheceu em Cristo a Porta da Salvação, por isso, assaltou naquele momento o Coração de Jesus e ouviu DELE a resposta que todos nós, que acreditamos em Salvação, gostaríamos de ouvir. " Hoje estarás comigo no Paraíso."

Este, conhecido como " o Bom Ladrão", chamava-se Dimas, o outro, o da esquerda, não sabemos o nome. Bom ladrão não existe nenhum, todo aquele que rouba é mau. Este que a  Bíblia chama de "Bom Ladrão" foi apenas um conhecedor da Divindade de Jesus Cristo, e o viu como o "Rei do Céu e da Terra". Por isso disse:

"Jesus, lembra-te de mim quando entrares em Teu Reino! " Obteve de Jesus a resposta: "Hoje mesmo, estarás comigo no Paraíso." Dimas, o grande assaltante, assaltou em pleno Calvário, o próprio Jesus Cristo.

Dimas era um bandido, um assaltante de caravanas, além de ladrão, era também assassino, por isso foi condenado à morte na Cruz, era assim desprezado e execrado pela sociedade. No entanto, foi "Canonizado" pelo próprio Jesus Cristo em pleno Calvário. Dimas, para ser perdoado, reconheceu os seus erros, arrependeu-se e pediu perdão a Jesus, o único que tinha realmente o poder de perdoá-lo. Este Dimas morreu no mesmo dia que Jesus Cristo. Só que como Cristo era Deus, a morte não podia ter poder sobre Ele, por isso ressuscitou. Dimas, portanto, já está no Céu á quase dois mil anos.

Nós talvez nunca chegaremos a cometer os crimes que Dimas cometeu, afinal, recebemos uma formação sadia, dentro de uma família, uma comunidade. Tivemos uma escola, uma educação Cristã. Tivemos oportunidade de conhecer a Doutrina, os preceitos da Igreja, coisas que Dimas jamais teve. No entanto, no momento de sua morte, soube reconhecer seus crimes, e com toda a humildade, pediu perdão àquele que podia realmente perdoá-lo.

Foi assim que "o Santo Ladrão" foi perdoado pelo próprio Jesus Cristo e canonizado. Dimas, grande assaltante em vida, soube arrepender-se para obter o perdão. Comprovou assim, que "a misericórdia de Deus é infinitamente maior do que qualquer pecado que alguém possa cometer. Nós somos peritos em julgar e condenar, quem comete qualquer deslize, mas não temos a capacidade de julgar com o Coração, como Cristo julgava. Por isso, a justiça dos homens é uma verdadeira afronta à justiça de Deus.

Nas salas dos Tribunais de justiça de muitos países, existia afixado na parede  "o Crucifixo", hoje, em muitos lugares, foi retirado, porque Cristo se envergonhava da justiça praticada pelos homens.

                                                                     

Deus abençoe a todos

                                                                 

Agostinho Gomes  Ribeiro 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:04

POR UMA DEMOCRACIA MAIS SÓLIDA

por cunha ribeiro, Domingo, 14.09.14

 

O "voto preferencial"

 

Quando os partidos políticos portugueses concorrem a eleições, fazem-no através da apresentação de listas de candidatos cuja ordenação é rígida. O eleitor escolhe a lista do partido que prefere, mas nada pode fazer para alterar a ordenação dos candidatos na lista.

Na Europa, o sufrágio de lista é esmagadoramente maioritário, e compreende-se que assim seja, pois esse é um dos componentes necessários dos sistemas eleitorais que tendem a assegurar uma maior proporcionalidade da representação política. Mas, em muitos países, para além de votar na lista de um partido, o eleitor dispõe também de um ou mais votos para atribuir aos seus candidatos preferidos nessa lista, podendo assim interferir na respectiva ordenação. Deste modo, ele não está somente a escolher um partido, mas também os que considera serem os melhores candidatos desse partido. Não escolhe apenas uma força política, mas também pessoas, personalidades.

Em Portugal, onde se usa um sistema de listas fechadas e bloqueadas, um eleitor ao votar num partido aceita inevitavelmente a ordem dos candidatos que lhe é proposta na lista (e os eleitos, não esqueçamos, são apurados pela sua ordem na lista). Noutros países, dá-se maior poder aos eleitores, permitindo-se-lhes fazer uma escolha intra-partidária dos melhores candidatos e alterar a sua ordem na lista em que concorrem. É a isso que se chama voto preferencial e pratica-se, com diversas nuances, na Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Lituânia, Noruega, Polónia, República Checa e Suécia. Obtém-se assim uma maior personalização dos mandatos e uma maior responsabilização dos eleitos perante os eleitores. Não resolve todos os problemas da representação política, mas ajuda a atenuar alguns, e é óbvio que dá mais peso ao eleitorado.

 

Por Rui Valada

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:42

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds