Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


UM VELHINHO CONFORMADO

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 26.02.15

Sou um velhinho conformado, sou consciente das minhas limitações e do peso dos anos que carrego. Nunca trocaria um amigo ou um familiar, por menos cabelos brancos, por uma  pele mais lisa e sem rugas ou por uma barriga menor. Eu sou o que sou. Fui envelhecendo e com isso, tornei-me mais amável, até para mim mesmo, menos crítico para meu comportamento. Tornei-me um velhinho, amigo de mim mesmo. Faço tudo o que tenho vontade de fazer e não dou satisfação dos meus atos a ninguém.

Eu posso comer um cosido à portuguesa, comer uns torresmos ou uns docinhos a mais e não admito  censura porque não arrumei a cama, porque comprei algo supérfluo. Eu conquistei o direito de ser desarrumado, de ser extravagante, de ser livre. Vi muitos amigos deixarem este mundo muito cedo, nunca chegaram a compreender a grande aventura que é o envelhecer.

Ninguém vai me censurar se eu resolver ficar no computador, a viajar na Internet, até às quatro horas da manhã, se no dia seguinte dormir até ao meio dia, se preferir escutar as músicas dos anos 50, 60 ou 70. Se quiser chorar por um amor perdido, eu vou chorar. Se resolver ir à praia com um calção muito esticado, mostrar o meu corpo decadente, se resolver dar um mergulho nas ondas da emoção, quem vai me impedir?

Eu sei que já esqueci muitas coisas, mas eu sei que muitas coisas precisam e devem ser esquecidas. Aquelas essenciais e importantes, essas não vou esquecer. Ao longo de tantos anos, o meu coração foi quebrado. Como não quebrar o coração, quando perdemos um ente querido, quando vemos uma criança a sofrer, ou mesmo quando um cachorrinho amigo, é atropelado por um carro maldito. Eu sei que são os corações partidos, que nos dão forças para continuar. Um coração imaculado e estéril, nunca conheceu a alegria de ser imperfeito.

Considero-me uma pessoa abençoada, por ter vivido até aqui, pelos meus cabelos grisalhos, por carregar em meu rosto, sulcos da eterna juventude. Muitos não riram porque morreram antes de seus cabelos pratearem. Na medida que vou ficando mais velho, vou me tornando positivo e sincero. Não me preocupo com o que os outros pensam de mim, não me questiono mais, ganhei o direito de ser feliz, de ser idoso, pois a idade me libertou. Gosto de ser a pessoa em que eu me transformei.

Sei que não sou eterno, um dia vou morrer, pois ninguém vive para sempre. Mas, enquanto estiver neste mundo, não vou perder o tempo a me lamentar por aquilo que poderia ter sido e não fui. Vou continuar minha vida, vou comer e beber aquilo que me apetecer. Não deixarei de tomar as minhas doses. A bebida devidamente regrada, é uma boa  fonte de saúde e de controle do Coração.

                                           

Deus abençoe a todos

                                        

Agostinho Gomes  Ribeiro   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:34

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds