Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


A FAMÍLIA RIBEIRO

por Francisco Gomes, Sábado, 14.11.15

A família Ribeiro,  em outros tempos, foi uma das maiores famílias de Parada. Não sabemos quando teve sua origem. Não conheci os meus Avos Paternos, soube apenas que se chamavam António Joaquim Ribeiro e Teresa de Jesus Lourenço. Meu Pai contava que seu Pai tinha uma porção de Primos. De um desses primos surgiu a família do Sr. João Pico. Meu Pai falava muito num Luís Pico e num Agostinho Pico. Foi em homenagem a esse, que ganhei o nome Agostinho. Pico foi um apelido dado a um "artista" no uso dessa ferramenta, na preparação de pedras. A família do Sr. João Pico também eram Ribeiros.

+A família  Ribeiro que eu conheci, começava com minha Tia Maria da Gloria  Lourenço Ribeiro. A Tia Maria da Gloria era a única  Lourenço, porque naquele tempo, só o filho mais velho levava o sobrenome da Mãe. Não conheci o marido da Tia Maria da Gloria. Quando comecei a me considerar gente, ela morava com o neto Abílio Ribeiro. Pouco tempo depois teve um derrame cerebral e passou muitos anos presa de paralisia total numa cama. Sabia que tinha três filhos que estavam no Brasil, o Sr. José Ribeiro, o Pai do Abílio, o Sr. João Ribeiro e o Sr. Joaquim Ribeiro. Eu vim conhecer estas pessoas no Brasil. A Tia Maria da Gloria faleceu no dia seis de janeiro de 1947, quando tinha 96 anos de idade.

A seguir, tinha a minha Tia Adelina de Jesus Ribeiro. Ela era a Mãe do Sr. Alfredo Ribeiro, que também esteve no Brasil, mas não é da minha lembrança. O Sr. Alfredo Ribeiro teve um filho do primeiro casamento, o Sr. Manuel Fiscal, cuja esposa, D. Virgínia, ainda vive em Chaves, tem três filhos dos quais somente conheço o Fernando. O Sr. Manuel Fiscal morreu em Montalegre, não lembro a data. O Sr. Alfredo casou a segunda vez com a Sra. Carminda, teve mais três filhos, O Hermínio, o José e o Manuel. Os três já faleceram.  

Aqui no Brasil não conheci o marido da Tia Adelina. Ela faleceu com 94 anos, não sei a data, pois já estava no Brasil. Veio a seguir o meu Pai, Albino António Ribeiro. Tinha do primeiro casamento três filhos, a Ana, o Germano e o António, não lembro o nome da primeira esposa de meu Pai. Ele ficou viúvo no Brasil. Ali deixou os três filhos, foi para Parada e casou com minha Mãe, que era mais nova que meu Pai 27 anos. Nascemos oito irmãos, dos quais apenas três ainda vivem. O meu Pai faleceu no dia 22 de julho de 1962, quando tinha 92 anos. A minha Mãe faleceu no dia dois de março de 1989, com 91 anos. Por ultimo veio a minha Tia e Madrinha, Laurinda de Jesus Ribeiro. Ela era casada com o Sr. Manuel Gonçalves, de Reguengo, Afonsim. Eu não o conheci. Tinha quatro filhos, dois, o Francisco e a Maria Teresa, vim conhecer no Brasil. O João e o Albino, conheci ainda em Parada, mas também vieram para o Brasil. A Tia Laurinda veio para o Brasil em 1949, na companhia da  minha Tia Alcina, que era casada com o João. Junto veio também o filho mais velho da Tia Alcina, o João. Um ano depois, a tia Laurinda e o neto João voltaram para Parada. Eu vim para o Brasil no mesmo ano que ela voltou a Parada.

Quando chegou o tempo de servir o exercito, o João foi para Macau. A Tia Laurinda voltou para o Brasil, onde faleceu no dia quatro de julho de 1963, com  92 anos de idade.  Cada uma destas minhas Tias têm historia vivida por cada um de seus filhos, que eu vou escrever, na medida do possível.

A família Ribeiro é muito grande e muito complexa, mas eu lembro de muitas historias e procurarei conta-las.

Deus abençoe a todos                                                                        

 

Agostinho  Gomes   Ribeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:31

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds