Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


O BLOG DA FREGUESIA DE CAMARATE - do nosso conterrâneo António Cândido

por cunha ribeiro, Terça-feira, 17.11.15

blog antonio candido.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 16:27

DESFABULAÇÕES

por cunha ribeiro, Terça-feira, 17.11.15

Francisco Assis

 

 Andava, Francisco, num vai e vem “enfadonho” entre Lisboa e Bruxelas, quando, a dada altura (mil pés, talvez), entre uma nuvem de pensamentos e uma corrente de sentimentos, lhe aconteceu uma ideia: “ Por que não aproveitar a derrota do PS nas eleições para me tornar, finalmente, o grande líder da direita deste partido”? E vai daí, abre a boca à retórica e espalha  brasas na televisão.

Desta ilustre figura assalta-me a imagem de um homem atarantado, com uma reprimida vontade de dar à sola, refugiado entre colegas, a tentar escapar à fúria dos felgueirenses. Muitos se devem recordar da aparente coragem apenas guiada pela ambição pessoal. Que triste figura que fez! Depois, em 2011, surpreendeu-me a indiferença do mesmo perante o despesismo parlamentar, nomeadamente com a sua intolerável defesa da compra de viaturas topo de gama para os representantes do seu partido, ou com a do número de deputados. Embora, no hemiciclo, este último seja o assunto que mais afina as opiniões pelo diapasão de Assis.

Não adianta muito apregoar que Francisco é um político com tanta sede de trono como o bêbado de vinho; esse é um facto mais que notório. Mas vale sempre a pena lembrá-lo com a clara noção de que ser ambicioso não é pecado nenhum, e pode nem ser defeito, se sob a capa da ambição encarnar pelo menos algum substrato. O certo é que no seu currículo o vazio domina, e no Parlamento Europeu, onde se diz que trabalha, há um preocupante desconhecimento do substrato de Assis.

Acontece, porém, que ele, F. A., é um militante P.S. que se acha capaz de liderar o partido. E a recente derrota do seu partido nas eleições, em vez de o deixar infeliz, tonificou-lhe o velho sonho de liderança. António Costa, malabarista, que trai e atrai com a mesma perícia, é que não está para aturar concorrências, e, embora derrotado nas eleições, percebeu que podia continuar a mandar no PS, bastando ensaiar um duplo salto “mortal” à esquerda. E foi o que fez. Ou antes, é o que está a tentar fazer, que a procissão vai ainda no adro. Devo confessar, no entanto, que, entre um líder que se propõe emendar as maldades que a direita infligiu a uma vasta classe de pessoas e bens, e um candidato à liderança que apenas aponta encantatórias sereias, prefiro naturalmente o primeiro. Torço com todas as forças pelo primeiro.

Num momento em que os salários deviam estar na Idade Moderna e regressaram à Idade Média, julgo que esta é a única posição que o bom senso deverá sustentar. Seja o Bom Senso de esquerda seja o de direita. É que, na última década, enquanto políticos, banqueiros, e empresários afins foram vivendo no fausto, construindo mansões, e gastando milhões,  os seus lacaios da classe média empobreceram, faliram, ou emigraram, porque só eles carregaram a albarda do ajustamento.

A fome, a miséria, e a escravatura já foram lugares-comuns na Europa Ocidental. Com tempo, democracia, paz e trabalho deixou de o ser. Houve evolução. Assis parece não querer abraçar uma política virada para o progresso, para a transformação e melhoria da qualidade de vida dos portugueses. Ou, então, julga suficiente uma evolução a passo de caracol. Ora, se temos um líder do mesmo partido que se prontifica a evoluir rapidamente, superando a rapidez do “coelho”, por que diabo iríamos nós optar pelo penoso arrastar do caracol?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:05

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds