Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


ME DÊ UM MOTIVO

por Francisco Gomes, Quinta-feira, 14.07.16

Motivação é aquilo que move alguém. O tempo do verbo “emovere” no Latim, significa “movimentar”, “mexer”, “tocar”, ele está ligado à palavra “emoção”. Motiva-me aquilo que me toca aquilo que me emociona, aquilo que me afeta de alguma maneira. Aquilo que me emociona, também pode me afetar e me motivar a fazer algo negativo. Pode também me induzir a fugir a rejeitar, ou recusar: “foge da ocasião, que eu te livro  dos perigos”. Num trabalho onde eu encontro prazer, certamente, me emociona, porque, existe um sem número de trabalhos, empregos, ou outras atividades que podem nos motivar negativamente. A essa  motivação negativa, nós chamamos de desmotivação. Porque provoca uma emoção ruim, da qual queremos fugir, queremos esvaziar tal motivação.

Um exemplo é quando não queremos levantar de manhã, para ir trabalhar no emprego que detestamos. Nós arranjamos uma porção de desculpas, desejamos até que aconteça um incêndio, um problema de trânsito, algo que impeça de chegarmos ao emprego. Cansaço é quando queremos dormir até mais tarde, stresse é quando não queremos levantar, porque estamos desmotivados. Motivar é sensibilizar.  Se for positivo a gente se eleva, se for negativo a gente protela.

Existe a motivação e o estímulo. Quando dizemos a um atleta que estamos a torcer por ele, estamos  estimulando, ele é que tem que se motivar e praticar o desporto que defende. Quando caminhamos com alguém e dizemos: vamos lá, força, estamos a estimular, não a motivar. As grandes motivações são os grandes motivos. Se eu não encontro naquilo que faço a motivação positiva, não será algo fora de mim, que vai me motivar. É necessário fazer uma distinção entre emprego e trabalho. Emprego é fonte de renda, trabalho é fonte de vida. Emprego é algo que faço para ter uma remuneração, trabalho é algo que faço até por prazer, pois é sentido de vida.

Muitas pessoas encontram no emprego o trabalho que gostam, por isso estão sempre motivadas. Aqueles que não encontram no emprego o trabalho que gostam, estão sempre desmotivados. Uma pessoa dificilmente motiva outra, se não tiver dentro de si, o impulso essencial para o sucesso.

  

Deus abençoe a todos

        

Agostinho  Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:30

Comunicação do Sr Tesoureiro da APM, João de Sousa Ferreira

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 14.07.16

AMIGOS SOCIOS DO PRAZER DA MEMÓRIA Hoje decidi começar a dialogar connvosco, para que tesoureiro e restantes sócios estejam mais próximos uns dos outros na vida da nossa Associação, sendo este o único meio de comunicação possível. É de acordo com o Regulamento Interno que vos irei falar de deveres e direitos dos sócios. Como devem saber, o nosso Presidente da Direção, Francisco da Cunha Ribeiro, anunciou aqui uns dias atrás a lista eleita dos Corpos Gerentes para os próximos 3 anos, que vai dirigir os destinos da nossa Associação. Considerada que foi a tomada de posse, tomo a liberdade, na qualidade de tesoureiro, de vos ir informando e orientar quando necessário, de todos os assuntos inerentes à contabilidade e tesouraria, bem como escrituração nos livros respetivos, àrea da minha competencia, não fungindo nem um milimetro daquilo que o regulamento Interno determina. O meu trabalho será sempre em sintonia com o senhor Presidente da Direção de quem estou subordinado. Antes de continuar, quero aproveitar esta oportunidade, depois da remodulação efetuada, para deixar aqui um grande elogio a toda a equipa quem em bom momemto, no dia 13 de Agosto de 2009, fundou esta mui nobre Associação "O PRAZER DA MEMÓRIA", de Parada de Aguiar. Esta Associação talvêz a unica de seu nome em toda a região Trasmontana, é para nós paradenses um sintoma de grande orgulho. O significado de " O Prazer da Memória"é infinito. Todos os Paradenses que amam a sua terra não podem ficar indiferentes ao bom trabalho desenvolvido até aqui pelos seus responsáveis. Para o timoneiro que tem estado ao leme do barco e continua a estar, o homem de todas as iniciativas, o primeiro responsável que ao longo de 7 anos, com marés altas e baixas tem conduzido o barco a bom porto de nome Francisco da Cunha Ribeiro, vai para ele o meu grande aplauso, pois não é fácil conjugar a sua vida profissional fora da sua terra ao mesmo tempo, com a liderança de este grande projeto. Como o mais velho em idade e mais novo nesta equipa, quero afirmar ser minha vontade, desempenhar o cargo com determinação, honestidade e responsabilidade e ao mesmo tempo com muito respeito ajudar a resolver problemas dos sócios, relativos à Associação. AMIGOS SOCIOS DO PRAZER DA MEMÓRIA A IMPORTANCIA DA CONSTRUÇÃO DE UMA SEDE A nossa Associação, desde 13 de Agosto de 2009, tem utilizado como sua Sede Provisória um espaço de casa de habitação do nosso amigo sócio João Batista Machado Ribeiro, que nela habita. Qualquer pessoa de bom senso, deverá compreender que isto não é solução para o desenvolvimento das atividades da nossa Associação. Relativamente a este assunto, proponho hoje mais do nunca a união entre todos, para conseguirmos o tão almejado objetivo. A construção de uma Sede não é luxo, mas sim uma grande necessidade. Necessidade de reuniões de Assembleia Geral, reuniões de Direção, de colocação de arquivos com pastas e processos organizados relativos à vida da Associação, as memórias escritas e fotografias dos nossos antepassados, de reuniões de convívio em datas especiais, etc. O nosso Presidente da Direção em data oportuna informará em pormenor. Essa data poderá ser a do dia de convívio 7 de Agosto. AMIGOS SÓCIO DO PRAZER DA MEMÓRIA LIVRO DE REGISTO DOS SOCIOS E DEVERES Tenho a informar que todos os sócios estão registados nos livros da Associação. Cada sócio tem a sua página onde consta o seu nome, numero, registo das quotas pagas e espaço para a residencia. Neste momento estão registados 171 sócios. No Regulamento Interno consta um dos DEVERES dos sócios, para além de outros, o do pagamento da quota anual. Considera-se anual, o tempo que vai de 01 de Janeiro a 31 de Dezembro. Porque relativo a 31 de Dezembro é elaborado o Relatório e Contas da Gerência e nele deve constar como receita desse ano todas as quotas pagas. Pelos dados que me foram entregues, constam um numero razoável de sócios que se deixaram atrasar no pagamento. Este pagamento será muito importante, pelo que faço aqui um apelo aos sócios de boa vontade e amigos da sua terra e dos seu antepassados, que dentro do possível façam a sua regularização. Para todos com muita amizade, fica aui um grande abraço. João Ferreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:30

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds