Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


VAI DEPENDER SÓ DE NÓS

por Francisco Gomes, Terça-feira, 29.11.11

 

Dois viajantes caminhavam pelo deserto. De repente um deles escutou um ruído trazido pelo vento, que mais parecia um choro, uma lamentação. Espantado, indagou do colega o que poderia ser aquilo? O colega lhe respondeu que era o lamento do próprio deserto, por não ser  útil à vida. Era a saudade do tempo em que fora uma imensa planície. Vivia coberto de exuberante vegetação, cheio de flores coloridas e repleto de vida em seu interior. Hoje ele chora de saudades daquele tempo e porque não pode ser mais aquilo que já foi no passado.

A desertificação no mundo, está muito em evidência. Hoje, o homem desmata criminosamente, milhões de quilometros de florestas em todo o mundo, acaba assim, com a biodiversidade de um património incalculável, que pertence a toda a humanidade. Tudo o que acontece em matéria de ecologia, brota de corações esterilizados, que tendo se afastado de Deus e de Sua Palavra, transformaram-se em terra árida como as areias do próprio deserto. É muito preocupante o estado de tais corações humanos que sofrem esse processo de desertificação. Neles, torna-se cada vez mais difícil, o cultivo do amor a Deus e às coisas criadas, e ainda a consciência de tanto mal que está a fazer à natureza.

O consumismo e o individualismo destrói a natureza, o que vale para o homem, é o isolamento, cada um por si, isso provoca, cada vez, maiores distâncias de uns dos outros e consequentemente de Deus.

 Estamos a chegar ao Natal, um tempo em que cada um precisa se colocar de coração aberto e esperar a Boa Nova que está a vir para o mundo. Deus quer nascer no coração de todos os homens, mas para isso, precisa encontrar um clima propício, não um deserto como muitos que existem  por aí. Quem não ama a natureza, não ama a vida. Quem não tem amor, não conhece Deus, pois Deus é o Amor.

               Nossa Mãe Terra Senhor!

               Geme de dores noite e dia.                        

               Será de parto esta dor!

               Ou simplesmente agonia?

VAI DEPENDER SÓ DE  NÓS

 

Abraços para todos os paradenses e amigos que acompanham o Blog de Parada

 

Agostinho  Gomes   Ribeiro  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:00
editado por cunha ribeiro às 23:09

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net

1 comentário

De cunha ribeiro a 29.11.2011 às 23:08

 Texto muito tocante, com uma mensagem muito pertinente nos dias que correm. Parabéns, Senhor Agostinho, e as melhoras para sua esposa

Comentar post



Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg