Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Fátima Monteiro - poema de amor

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 27.01.12

coração

 

Amor palavra singela

mas com enorme beleza

Pintamos  numa aguarela

Estas palavras tão belas.

 

Amor traz felicidade

Se o soubermos entender

Coração que o não sente

Leva a vida a padecer .

 

Saber que alguém nos ama

  Faz-nos rejuvenescer

pois é tão bom ter amor

Para dar e receber .

 

Sem barreiras, nem fronteiras

Lá tem os seus ideais

Se por vezes se contraria

As palavras são reais.

 

Tanto cresce e floresce

Como um jardim encantado

Por vezes não transparece

Mas  também anda amuado .

 

O amor não tem idade

Não tem peso nem medida

É algo original

Que comanda a própria vida .

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:14

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net

1 comentário

De candida a 28.01.2012 às 13:46

Lindo o teu poema ...Candida

Comentar post



Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg