Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Aldeias Gêmeas de Aguiar

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 22.02.17

As aldeias aguiarenses de Freiria e Montenegrelo são uma espécie de casal que contraiu matrimónio com separação de bens. Não sei se também de pessoas, mas julgo que não. Desde tempos imemoriais que são vizinhas e aparentemente se dão muito bem. 

Habituei-me a distinguir estas duas simpáticas povoações aguiarenses, quando, em pequeno, lá ia à missa. Talvez por se tratar de uma lufada de ar fresco na nossa rotina em Soutelo, tendo de ouvir há anos o Padre Amaro, gostávamos de ir àquela missa. Na véspera já combinávamos:

- Amanhã, vamos à missa a Montenegrelo? 

- Vamos!

Não tínhamos missa em Parada, e, por qualquer razão, deixámos de ir a Soutelo, e passámos frequentar a missa de Montenegrelo e da Freiria. Celebrava-as o Padre Agostinho de Telões.

O caminho era penoso. Quase três quilómetros  sempre a subir e às curvas.  Mas não nos custava nada. Até à Abelheira , mesmo os mais velhos se safavam bem. O pior vinha a seguir, entre a Esculca e os soutos de Montenegrelo. O caminho afunilava entre bouças, e era quase sempre a subir.

- Isto agora sobe mais que na Cruz! ( Dizia uma)

- Nem Cristo no Calvário subiu tanto! ( Comparava outra)

- Eu cá não me queixo. ( bazofiava um terceiro)

Ninguém se queixava mesmo. Era obrigação, era obrigação. Minha mãe, sempre assertiva, tinha a certeza absoluta que só assim chegaríamos ao paraíso:

- Somos obrigados a ir à missa a uma légua de distância! (Afirmava, convicta)

Sabia lá quanto era uma légua. Mas tinha a certeza que era longe. E que era para cumprir com zelo católico.

Bebia as convicções e os dogmas no famoso livro " Missão abreviada" do Padre Manuel do Couto, que leu e releu vezes sem fim.

Quando a missa era em Montenegrelo, poupávamos quase um quilómetro à caminhada. Que a capela era mesmo à entrada da aldeia, junto à escola primária. A instrução, na mentalidade da época, estava a léguas da fé. Por isso, uma só escola servia as duas aldeias, enquanto capelas, havia duas.

Por maioria de razão, assim era em Parada do Corgo, uma única aldeia, com duas capelas, confirmando a grande religiosidade do povo de outros tempos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:59

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg