Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


ETERNO DESCONHECIDO

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 15.02.17

Todo o ser humano que vive neste mundo de Deus, é um eterno desconhecido. Muitas pessoas passam a vida a estudar, mas não conseguem descobrir nada a respeito delas mesmas. Não sabem quem são de onde vieram, desconhecem onde vivem e não sabem para onde vão, ao terminar seus dias neste mundo.

Eu, nos meus 84 anos, pensava que já sabia tudo a meu respeito. Mas, mergulhando na minha existência, cada dia que amanhece me traz a sensação de que nada sei  de mim mesmo e nem conheço a minha história. Sei quem sou até ao momento em que escrevo este texto, mas nada me garante que ao terminar de escrever, não saiba mais quem sou. A cada momento de nossa vida, há sempre a chance de tudo mudar. Pode o telefone tocar e me transmitir uma notícia agradável, alguém pode estar à minha procura para me ajudar. Ou também posso receber uma notícia desagradável, que me deixe triste, às voltas com problemas difíceis de resolver.

A minha vida sempre foi uma estrada, porém, cheia de curvas insinuosas. Existiram poucas retas, mas não havia acostamentos. Foi preciso muita perícia e muita paciência, para chegar até aqui. A cada dia um fato novo aparecia nas ondulações e nas curvas da minha vida. Alguém que no passado caminhou ao meu lado, mas hoje é apenas uma ilusão de ótica, se desfaz com a aproximação, deixando a minha mente mais confusa e distante da realidade. Assim como o Céu troca as suas cores nas mudanças de temperatura, nós também mudamos nossos pensamentos, diante de uma identidade que nunca se confirma.

Gostaria muito de saber quem realmente eu sou, mas como arriscar se em mais de 80 anos nada consegui descobrir, como poderei saber diante de tão pouco tempo que tenho para viver. Quantos anos terei ainda de vida? De uma coisa eu tenho certeza: o caminho que já percorri, não volta a trás e o caminho que me resta percorrer, é tão desconhecido como eu o sou para o mundo da razão. Tenho na minha vida, dúvidas que gostaria desvendar. O que vim   fazer a este mundo? Como vim parar aqui? Quem sou eu, neste universo tão desconhecido?

Diante de tantos “não sei”, eu me iludo de que sou alguém, escolhido por Deus, para viver minha vida, sem dar atenção para as dúvidas. Certamente, sou aquilo que sou aquilo que Deus colocou neste mundo e que um dia chamará à sua presença e lhe pedirá contas de tudo o que ele fez não daquilo que ele era. Pois em qualquer circunstância, sou Imagem e Semelhança de Deus.

    

Deus abençoe a todos

        

Agostinho Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:20


Comentários recentes




GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg