Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


EU TE AMO

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 21.06.17

Sempre me questiono quanto à origem desta expressão, eu te amo. Nos meus tempos de adolescente e jovem, não me lembro ter ouvido esta frase de ninguém. Quando já adulto passei a ler alguns Clássicos da Literatura Portuguesa, como Eça de Queirós, li vários romances, li também Camilo Castelo Branco, Guerra Junqueiro, Almeida Garrett, Alexandre Herculano e outros. Em nenhum romance que li, encontrei esta frase “Eu TE Amo”.

Passei a ler também alguns autores brasileiros como Machado de Assis, Jorge Amado, Erico Veríssimo, Euclides da Cunha, José de Alencar e outros. Em nenhum também li esta frase. Em contato com meus familiares e alguns amigos, também nunca me lembra ter ouvido esta expressão. Como de repente passei a escutá-la e a lê-la em poemas da literatura moderna, despertou a minha curiosidade em descobrir como, de onde, surgiu esta expressão, tão suave, “Eu Te Amo.”

Consultei um amigo, professor de Literatura da Universidade Federal, ele com toda a sua autoridade literária, disse-me que esta expressão, eu te amo, é de origem recente, surgiu na Língua Portuguesa, sem que se soubesse de quem era a autoria. Disse ainda que é uma influência  do cinema americano. Passou a ser muito badalada, por alguns poetas modernos e compositores de musicais. Então eu lembrei de uma música de Noel Rosa, onde ele reclamava disso. “ O amor lá no morro, é bom para chuchu, mas no meu samba, não tem I love you.

O amor sempre existiu, mas muito simples e recatado, que não era preciso falar nele a todo o momento. Lembro-me de uma música  composta por Dolores Duran, “A Noite do Meu Bem”, cuja letra me deixava emocionado, isto porque, Meu Bem, a gente escutava em todos os lugares. Não seria um modo diferente de dizer “Eu Te Amo”? Realmente, quem começou a introduzir no cenário brasileiro o eu te amo, foi o poeta e compositor Vinicius de Morais. Escreveu um poema que dizia assim: “Amo-te tanto meu amor, entenda este humano coração, amo-te como amigo, como amante, quero-te aqui na minha mão.”

 Confesso que não entendi nada do que o poeta escreveu. Mas, conclui que amo-te, é a mesma coisa de eu te amo. Alguém tem alguma dúvida?.

    

Deus abençoe a todos

         

Agostinho Gomes Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:32

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg