Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


CONTADOR DE VISITAS


contador View My Stats

página de fãs


Pesquisar

 

sitemeter


Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


FILOSOFIA PARA A VELHICE

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 15.03.17

Se não leres este texto até ao fim, terás perdido um ano de vida. Sabias que a única época da vida, em que gostamos de ficar velhos, é quando ainda somos crianças. Se temos menos de dez anos, ficamos entusiasmados em ser velhos, principalmente envelhecer a frações. Nós nunca teremos quatro anos e meio, mas sempre arredondamos para frente, esta é a chave.

Quando estamos na adolescência, ninguém nos segura queremos ser velhos e puxamos sempre os nossos anos para cima. Muitas vezes, ainda temos 13 anos e já afirmamos que temos 16. Quando menos nos precatamos, chegamos a 21. É um grande dia para nós, pois assumimos a maioridade absoluta. Até as nossas palavras passam a ter ressonância de adultos. Sem que a gente se dê conta, batemos às portas dos 30 anos. Agora ficamos diferentes, parecemos leite estragado, ficamos azedos, passamos a ser olhados com indiferença. Ninguém gosta de bolo  azedo. O que mudou? O que está errado em nós? Nada, é que chegamos sem notar, aos 40 anos. Agora já começamos a nos preocupar, precisamos dar uma trava, mas tudo parece derrapar. Antes de nos dar conta, estamos nos 50 anos. É o meio do caminho, os nossos sonhos passam a ficar mais longe e mais difíceis.

Mas, espera aí! Fizemos 60 anos, ninguém sequer pensava que iríamos conseguir. Mas chegamos. Fizemos 21, alcancemos os 30, empurramos para 40, chegamos a 50, e agora estamos nos 60! Ficamos a meditar porque o tempo correu tão depressa, na preocupação com a velocidade da vida, batemos à porta dos 70. Agora, a nossa vida será uma incógnita, passaremos a viver dia após dia. Tentamos chegar aos 80. Será que vamos conseguir? Já chegamos à hora do almoço, esperamos para ver se vem o jantar. A nossa vida agora são pequenos círculos. Com algum esforço, eis-nos chegando aos 90. Agora a vida começa a andar para trás, todos os nossos atos e as nossas ações são infantis.

Quem sabe se não vai acontecer algo estranho e nós chegamos aos 100 anos. É difícil, mas não é impossível, nosso comportamento  será de uma criança. Mas  que importa, a vida é bela, tanto faz sendo ancião de 100 anos, como uma criança de cinco anos. Esperamos que todas as pessoas que lerem este texto cheguem a pelo menos 100 anos e meio. Porque, a 100 anos pretendo chegar eu que estou a escrever. E para isso, já não falta muito, pois 84 já estão a passar.

   

Deus abençoe a todos

                            

Agostinho Gomes  Ribeiro  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:48

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg