Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


OS BARBEIROS DE PARADA

por cunha ribeiro, Terça-feira, 27.10.09

 

    Se havia pessoas úteis na aldeia, há uns anos atrás, eram os barbeiros.

Conheci dois em Parada. Não apenas de nome. ( Também lhes pude testar a arte do corte, na minha própria cabeça).

Em Parada, nos anos sessenta, quem quisesse cortar o cabelo, ou escanhoar a barba, tinha alternativa!

Ou ia ao Ti Pedro; ou ao Ti António da Delfina.

Eu ainda "provei" da "arte" dos dois.

O Ti Pedro ficava mais longe. Era preciso subir a calçada até bem próximo do tojal. E, já à beira do "lobo e da raposa", lá estava o casebre,junto a um lagedo, por onde passava um rego de água que o ia esculpindo; e onde se aguçavam enchadas para melhor entrarem na aepereza do tojo e na rude carqueija..
O Ti António, se bem me lembro, não era alto, mas era um homem robusto. Tinha uma situação privilegiada: morava mesmo no centro do povo, junto à taberna do Ti Alfredo.

O Ti Pedro era um homem pequeno e magro. Cortava  o cabelo até à raiz, deixando-nos quase carecas. Era um suplício cortar no Ti Pedro. O homem arrepelava a torto e a direito. A máquina não deslizava. Ia aos arrepelões. Saía sempre de lá a chorar.Era um martírio cortar no Ti Pedro.

Já no Ti António a coisa piava mais fino. A máquina parecia ser mais moderna. Por isso arrepelava bem menos. Deslizava. Sem pára e arranca. Saía de lá mais feliz.  Raramente chorava, e, nunca ficava com o coiro a luzir, como no concorrente ( Ti Pedro).
Depois destes dois, creio não ter havido mais ninguém em Parada a desempenhar a útil função de barbeiro.

Quem lucrou com isso foi certamente o jogador e barbeiro Abel, em Vila Pouca. Que, ao contrário dos de Parada, ainda corta e barbeia, no mesmo sítio de sempre, pelas ágeis mãos de quem lhe herdou a arte.


Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:13

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes


Posts recentes



IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds