Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


CARTA À AMIZADE

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 12.10.12

 

 Querida amizade,

 

 Espero que te encontres bem de saúde. Eu, embora sem ti, cá vou andando.

 

 Queria dizer-te, do fundo do coração, que gosto muito de ti. Eu sei que te posso ter desiludido algumas vezes. Sei que outras vezes me posso ter distraído, deixando de pensar em ti. E se isso por ventura aconteceu queria pedir-te desculpa, dizer-te que vou estar mais atento aos teus anseios, às tuas necessidades, ao teu sofrimento. Peço-te que não te deixes confundir pela confusão, frustrar pela frustração desiludir pela desilusão. Não esvazies o teu coração, só porque ouviste dizer mal de mim. 

Querida Amizade,

Se tiveres queixa de mim, diz-me só a mim o que te vai na alma. Só eu sei o que fiz ou não fiz, o que disse ou não disse. Só eu saberei esclarecer a essência das minhas palavras. Mais ninguém.

E se por ventura houver alguma razão para não estares contente comigo, não queiras que a vírgula que nos separa, se transforme em ponto final.

 

A. Valtique

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:29

A Minha Velha Amiga

por cunha ribeiro, Domingo, 17.07.11

 Queria alertar o leitor para a  intimidade  e sinceridade deste relato. Trata-se de uma relação especial que, desde a pequena infância, vou mantendo com esta minha amiga, e que, espero, irá manter-se forte, viva e sincera até que a morte de um de nós nos separe.

 Nasci já ela se vestia de mulher. Vivia a uns cinquenta metros de mim. Durante a minha infância não houve grandes convívios. Apenas me deixava cair, do alto do seu regaço, de um avental verde,  umas guloseimas. E eram doces as guloseimas. Sabiam a mel selvagem. Às vezes, era eu que, apanhando-a a dormir,  lhe surripiava duas ou três, sem que ela desse por isso. Fazia-o sem o mais leve sentimento de culpa. Quantas delas caíam ao chão escorregando por entre os folhos  do seu largo vestido verde.

 Mais tarde, por volta dos meus sete anos,  meu pai achou-a muito simpática, e, com o consentimento do nosso vizinho, onde ela vivia há muito tempo, quis que ela continuasse a sua existência junto de nós.

 Não imaginam a minha felicidade quando soube que ela iria viver connosco. Nessa altura, embora jovem, era já uma uma mulher extraordinária:  alta, de  braços finos e longos, vestia um exuberante vestido verde. Amiga de todos,  mas recatada. Tudo o que tinha, sobretudo as suas soberbas guloseimas, de produção própria, dava-as a quem quisesse. Bastava ir junto dela. Subir-lhe cuidadosamente para o regaço, sempre vestido de verde, e as guloseimas soltavam-se por entre os seus dedos, amáveis, doces, e moles, prontas a escorregar pela garganta.

 Ontem visitei essa minha grande amiga de sempre. Continua fresca, bela, e exuberante. Continua a vestir-se de verde. Continua muito feliz quando me vê junto dela, e a mimar-me com guloseimas. Confesso-vos que ao vê-la experimentei o habitual e irresistível impulso que sinto sempre que a vejo, carregada de guloseimas. Corri para ela, subi-lhe para o regaço, deslizei suavemente as mãos por todo o seu corpo, à procura  das suas melhores guloseimas. E,ela, a minha amiga de sempre, estremeceu de carinho, e ofereceu-me muitas e extraordinárias guloseimas.

 

( Para que não fiquem equívocos, a minha amiga é a Figueira da casa de maus pais. Ontem, especialmente farta de figos  maduros).

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:45

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes



Posts mais comentados


IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds