Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


PERGUNTA INEVITÁVEL: SERÁ QUE TODOS OS "CAMPEÕES" SE DOPARAM?

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 18.01.13

Armstrong admite doping desde o início da carreira

O antigo ciclista norte-americano Lance Armstrong admitiu hoje ter consumido substâncias dopantes desde o início da sua carreira, incluindo em cada uma das sete vitórias na Volta a França, resumindo o seu percurso como "uma grande mentira"

 

 

Numa entrevista "sem condições", Lance Armstrong respondeu sempre "sim" quando questionado por Oprah Winfrey sobre se tinha recorrido a substâncias dopantes, EPO, transfusões sanguíneas, cortisona, testosterona ou hormona de crescimento.

"Na minha opinião, não teria sido possível ganhar por sete vezes consecutivas o Tour sem recorrer a substâncias dopantes", disse, confirmando que todas as suas amarelas na prova francesa foram conquistadas com métodos proibidos.

O texano, de 41 anos, iniciou-se no doping no princípio da carreira e enveredou pela EPO em meados dos anos 90.

"É demasiado tarde (para admitir ter-me dopado), provavelmente para a grande maioria das pessoas, e a culpa é minha. Esta situação é uma grande mentira, que repeti inúmeras vezes", confessou.

Para Armstrong, a sua história, do sobrevivente do cancro que ganha a maior prova do ciclismo, foi "tão perfeita durante tanto tempo", que acabou por perder-se.

"Estava habituado a controlar tudo na minha vida, especialmente no que toca ao desporto. Agora a história é tão má, tão tóxica, e grande parte é verdade", lamentou, frisando, no entanto, que nunca pressionou nenhum dos seus antigos companheiros da US Postal a dopar-se.

O norte-americano negou que a sua equipa tivesse, como alega o relatório da Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA), "o programa mais sofisticado da história do desporto".

"Eu não inventei a cultura, mas não tentei pará-la. Lamento por isso, mas não tive acesso a nada a que os outros não tenham tido", garantiu.

O ex-ciclista disse ainda que durante a sua carreira nunca teve "medo de ser apanhado", uma vez que estava "limpo" durante as corridas e "quase não havia testes fora da competição, nem passaportes biológicos".

Armstrong assegurou ainda que em 2009 e 2010, épocas em que voltou ao pelotão depois de abandonar a modalidade em 2005, não se dopou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:56

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg