Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


A PEDOFILIA NÃO É UM PECADO MORTAL?

por cunha ribeiro, Sábado, 09.01.10

 

Permitam-me um pequeno comentário à notícia do Correio da Manhã de hoje ( que transcrevo a seguir).

Para mim, a pedofilia é um acto absolutamente reprovável e criminoso que deve ser fortemente penalizado.

Mas quando o pedófilo é PADRE,  o crime parece-me ainda mais hediondo.

É que os PADRES são homens que  pregam a moral e os bons costumes! Os PADRES escolheram viver uma vida de castidadade! O mesmo é dizer que optaram por se afastar dos prazeres mundanos! Daqueles prazeres que eles próprios catalogaram como sendo pecados! 

Objectarão: mas os padres são seres humanos, e têm fraquezas. Claro que têm. Os padres não caem do Céu!

Mas, que sejam honestos consigo próprios. Quem veste a batina também a pode despir. E se um Padre se deixa cair em tentação, cometendo um "pecado", grave - a meu ver "mortal" - como o da Pedofilia, ( que curiosamente não faz parte do catálogo dos vários pecados...), - que dispa a batina e siga a vidinha civil, pois certamente terá para sempre perdido a "virgindade" e pureza que todo o Padre deverá ter, naquela que deveria ser a sua santa e nobre função

 

09 Janeiro 2010 - 00h30

França: Rapaz de 16 anos denuncia abusos sexuais

Padre pedófilo choca emigrantes

A comunidade portuguesa de Sens,

 

Sens, França: Saint Florentin 

a 125 km de Paris, está perplexa. Ninguém poderia imaginar que o sacerdote Gaston Borges, filho de emigrantes portugueses, pudesse ser detido. Muito menos por pedofilia.

Gaston Borges, nascido em Paris, em 1940, dirigia a pastoral dos portugueses da região, para além das funções que desempenhava na igreja francesa, na diocese de Sens-Auxerre. Era uma pessoa popular e querida entre os portugueses que ali vivem, principalmente pela mentalidade progressista, boa disposição e ligação especial que tinha com os mais jovens.

Era também assessor para os menores junto de um tribunal de Auxerre.

O sacerdote foi denunciado à polícia por um rapaz de 16 anos com quem terá passado a noite de Natal e detido no dia 27 de Dezembro. Nesse dia, foi encontrado com o afilhado de doze anos, cujos pais, depois de alertados pelas autoridades, o questionaram sobre possíveis actos de pedofilia por parte do padrinho. O casal acabou também por apresentar queixa contra o padre.

De acordo com a imprensa francesa, os habitantes da região ficaram igualmente chocados com a notícia. O próprio bispo de Sens, Yves Patenôtre, que afirmou ter por Gaston Borges um "enorme apreço", confessou estar "dolorosamente surpreendido."




Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:10

SIMPLESMENTE ADMIRÁVEL!

por cunha ribeiro, Sábado, 21.11.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:36

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds