Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


MOURINHO, UM PORTUGUÊS COM "P" GRANDE

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 28.04.10
ARROGÂNCIA, VAIDADE, OU AMOR-PRÓPRIO?

José Mourinho

http://photos1.blogger.com/blogger/81/648/1600/mourinholips.jpg

É arrogante e vaidoso, o Mourinho? E então !? Qual é o problema!? Desde que ele use a sua arrogância para humilhar arrogantes piores do que ele...

Há muita gente que vê em Mourinho apenas e só arrogância. E esquecem todas as qualidades que o treinador português mais bem sucedido de sempre, em todo o mundo, efectivamente tem.

Tem um feitio distante e "altivo"? E que mal é que isso nos faz? Pelos vistos, nem a mulher nem os filhos se queixam. Nem os jogadores que ele já treinou mundo além dizem mal de Mourinho. E vamos nós, que nunca privámos com ele diminuí-lo?

Tenhamos vergonha! Digamos mal dos arrogantes de fora, e não dos nossos.

Quando deparo com pessoas (por vezes, minhas amigas) a zurzirem assim em Mourinho, confesso que fico perplexo.

É que eu, honestamente, não consigo sentir tanto ódio em relação ao tão detestado treinador. Aliás, não sinto ódio absolutamente nenhum. Antes pelo contrário, o que sinto é admiração. E muita!

O homem sorri muito pouco? E então?

Fosse eu mulher e talvez me deleitasse a analisar o sorriso do homem... Mas como não sou, quero lá eu saber se ele se ri ou não. Se é simpático ou antipático.

Pois dizem os que o detestam que o homem é arrogante e vaidoso.

Eu digo, antes, que ele é um ser humano que respira confiança. É autoconfiante. Mais nada.

Para mim o arrogante é alguém inseguro, que não acredita em si próprio, nem aceita a verdadeira superioridade dos outros.

O autoconfiante, pelo contrário, é seguro de si, acredita nas suas capacidades, e reconhece quem na verdade é superior.

Para além disso, o autoconfiante aprecia e cultiva a verdade, seja para o bem seja para o mal. É capaz de dizer que não presta em determinada actividade; mas não se coíbe de dizer que é o melhor nisto ou naquilo.Só que ao dizê-lo parece arrogante.

É verdade que a humildade é uma qualidade que se deve estimar nas pessoas.  Mas só quando essa atitude é genuína e autêntica.  Porque a humildade, se é subserviente, deixa de ser qualidade para se tornar um grave defeito de carácter.

O homem terá que se avaliar num determinado contexto.

Se está num campo de batalha, ou é arrogante e sobrevive; ou morre de humildade. E se for o comandante das tropas, mais arrogância terá de exibir, para dar o exemplo aos que o seguem. ( É a lei da sobrevivência)

Um campeonato de futebol é, em certo sentido, uma "guerra" que qualquer treinador que se preze deseja ganhar. Por isso, o bom treinador é no banco o que o "general"  é à frente das suas tropas:  Um homem arrogante porque pensa ser o mais forte. E só os mais fortes podem vencer...

Mourinho é um general arrogante mas vitorioso. Eu, como português, gosto da  sua irreverência, da sua ambição, da sua raça, da sua inteligência, da sua coragem, da sua competência, do seu saber, do seu talento e, sobretudo, da sua bem colocada ARROGÂNCIA!

Gosto, enfim, da sua arrogância inteligente que ele usa apenas para derrotar a estupidez arrogante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:10

CHÂTEAU DE VERSAILLES

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 09.04.10

Dizer que o castelo de Versalhes é um colosso arquitectónico é quase ressuscitar Lapalisse que sempre dizia o óbvio. Mas será o Castelo de Louis XIV apenas aquilo que parece (uma obra bela, admirável, gigantesca) ou é algo de mais essencial, para além da sua magestade arquitectónica? Para mim, o Palácio do rei-Sol é uma espécie de caricatura de um homem incomum na sua época, mas de uma banalidade histórica bastante expressiva. Todo, ou quase todo, o indivíduo que ascende ao poder tem o desejo íntimo de se perpetuar nas calendas da história, através de um símbolo durável que o represente. Certamente por via disso se ergueram por esse mundo além, gigantescos monumentos que mais não são que absurdas hipérboles da vaidade dos homens. Reis, Imperadores, Presidentes, esses homens quiseram vencer a certeza da morte edificando autênticos castelos de barro. As pirâmides do Egipto o que são senão vaidades irreprimíveis de faraós que travam duelos estranhos com as trevas da morte? E o Mosteiro de Alcobaça? E o Arco de Triunfo, em Paris? E os sumptuosos castelos de França, de Espanha, de toda a Europa? Mas o pior é que essa vaidade feita de pedra só pôde exprimir-se à custa do sangue, suor e lágrimas do povo faminto e miserável. O Palácio de Versalhes o que é afinal? Para mim não passa de uma inutilidade. De uma mania que extrapolou o cérebro de um homem e se tornou um sítio de distracção do olhar. Mas também é a expressão petrificada do rude desprezo pelos homens simples, um tumor gigantesco com a raiz cravada no ego superlativo de um único ser. Ora, em vez deste e de outros símbolos do puro delírio de alguns, porque não surgiram ao longo do tempo melhores escolas e hospitais? Por que razão não se proporcionou aos infelizes que se sacrificaram para satisfazerem esses e outros caprichos uma vida melhor, mais digna e mais humana?

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:53

JOSÉ ANTÓNIO SARAIVA A PENSAR COMO EU

por cunha ribeiro, Domingo, 28.03.10

Ou quase... como eu. É que eu não seria tão complacente e compreensivo em relação ao que ganham as vedetas do futebol... Mas, enfim, subscrevo quase todo o texto de J.A. Saraiva. Por isso ele aqui vai para quem o quiser ler: 

O que ganha o país com este homem?
26 March 10 10:01 AM

Os jornais revelaram recentemente os principescos vencimentos de alguns gestores de empresas.

Sempre achei miserabilistas as posições daqueles que mostram grande indignação perante os ordenados chorudos – posições que, por vezes, denunciam uma certa inveja.

Assim, nunca alinhei no coro dos que se revoltam contra o que ganham Mourinho, Cristiano Ronaldo & companhia.

A verdade é que Ronaldo,  Mourinho e poucos mais são praticamente únicos no mundo.

Muito pouca gente (ou ninguém) no planeta consegue fazer o que eles fazem.

E isso torna-os insubstituíveis e tem um valor.

 

Diferente, porém, é o caso de alguns gestores cujos ordenados e prémios foram divulgados.

José Penedos será único e insubstituível? Rui Pedro Soares será único e insubstituível?

A favor dos seus robustos ordenados, há quem alinhe vários argumentos:

1. Os vencimentos que recebem são inferiores àqueles que se praticam a nível internacional no respectivo sector;

2. Estes gestores contribuem para os elevados lucros das suas empresas, devendo ser premiados por isso;

3. Se não lhes pagarem bem, as empresas arriscam-se a perdê-los.

 

Ora, nenhum destes argumentos é válido.

Vejamos:

1. A maioria destes quadros de que estamos a falar não chegaria a ocupar na Alemanha, em Inglaterra ou em França os cargos que ocupa aqui. Alguns dos nossos presidentes de empresas não seriam mais do que chefes de secção no estrangeiro. Além disso, o nível de vida na maioria desses países é muitíssimo superior ao nosso, pelo que os ordenados não são comparáveis: a vida em Lisboa é duas ou três vezes mais barata do que em Berlim, Londres ou Paris;

2. Com raras excepções, as empresas de que estamos a falar teriam os mesmos lucros com estes gestores ou com outros; além de que se pagam prémios de gestão em empresas que dão prejuízo;

3. Estes quadros não representam uma mais-valia para as empresas – as empresas é que representam uma mais-valia para eles. Se alguns deles saíssem, as empresas não perderiam  nada e eles perderiam muito.

 

Acresce que em época de crise, quando se pedem sacrifícios às pessoas, é imoral saber-se que um gestor ganha 5 mil euros (mil contos!) por dia.

Se a igualização é indesejável, o contrário é revoltante: para uma pessoa que trabalha oito horas todos os dias e leva para casa 500 euros ao fim do mês deve custar muito ver, na mesma empresa, pessoas que passam o dia de costa direita receberem todos os meses 70 ou 80 mil euros – e mais um milhão ao fim do ano.

Estas situações geram um clima que funciona como uma panela de pressão – e se arrisca um dia a explodir.

Os contrastes brutais provocam a revolta – e acabam por desmotivar os que se sentem injustiçados.

 

Mas ainda não é este, para mim, o ponto decisivo.

A questão decisiva é a seguinte: que contributo dão à sociedade algumas destas pessoas?

Elas dão à sociedade mais do que recebem – ou, pelo contrário, recebem mais do que dão?

Tenho as mais fundadas dúvidas de que muitos destes administradores que recebem principescos ordenados e prémios dêem mais à sociedade do que recebem.

A maioria deles dá menos.

Ou seja: são pessoas que dão prejuízo à sociedade.

Em lugar de ser a sociedade a dever-lhes o contributo do seu saber, do seu empenho, da sua dedicação, são elas que devem à sociedade um nível de vida artificial, que não está de acordo com o que produzem.

 

Numa linguagem crua, mas verdadeira, estas pessoas são parasitas da sociedade.

Alguns desgraçados (e desgraçadas) que ganham 500 euros por mês, e levam uma vida inteira a trabalhar sem passarem da cepa torta, têm de contribuir para sustentar o nível de vida desses senhores que se passeiam em carros de luxo, vão para hotéis de 6 estrelas, viajam de avião em primeira classe e vivem em casas de cinco ou mais milhões de euros.

Isto é que é chocantemente imoral.

 E nenhum regime o deve aceitar

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:34

PAULO RANGEL: UMA VOZ INCÓMODA E PERTINENTE, MAS DESTA FEITA POUCO OUSADA

por cunha ribeiro, Domingo, 14.02.10

 

PAULO RANGEL tem razão:   Os dois administradores da PT implicados nas escutas deveriam cessar de imediato as suas funções.

Mas porque não ousa mais, caro Paulo Rangel!?

Sabendo-se, como agora se sabe, que um dos administradores da PT ( pelo menos ) ganha DOIS MILHÕES E MEIO DE EUROS por ano , Paulo Rangel deveria também sugerir um reenquadramento salarial naquele organismo. Caso contrário, tudo continuará como dantes, quartel general em Abrantes...

 

 

Face Oculta
Paulo Rangel pede «afastamento dos dois administradores da PT» nomeados pelo Governo
Paulo Rangel, candidato à liderança do PSD, defende o «afastamento dos dois administradores» da PT nomeados pelo Governo e considera que uma moção de censura é «uma forma hábil» que o PS encontrou para exigir explicações ao Executivo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:53

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds