Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


Um amigo sugeriu-me uma visita ao Blog de Ascenso Simões

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 01.10.14

Antes não fosse...

Cheio de saber que A.S. é "socrático" há muito que lhe tinha perdido o rasto, pois quem não reprovou Sócrates, ou pelo menos o pôs no crivo da reflexão ético-ideológica,  tem o "meu chumbo" certo em ética política...

Já no Blog, deparo, atónito, com uma carta tão profundamente envolvida e "envolvente" que me fez pensar numa espécie de exame da alma, com o próprio destinatário (A. Seguro) estendido no divã psiquiátrico.

A dada altura, escreve, A. Simões:

"O teu sentimento, até revolta, pode ser assumido por alguns dos teus mais próximos. Mas a vida em que estamos exige que saibamos libertar quem connosco está, para que tenha a sua própria vida, não impedindo que continue a caminhada de realização pessoal."

Grande frase, esta, de A. Simões! Extraordinária frase!

Ficamos a saber uma de duas coisas: Que o sentimento de A. Seguro revolta  o autor da carta ...; ou que o sentimento de A. Seguro se pode confundir com  "revolta"...

Ficamos ainda talvez a saber: que os revoltados que estiveram ao lado de António Seguro devem é fazer as malas e ir para outras paragens, para não incomodarem os ex-socráticos, agora Costistas.

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:57

VOCÊ

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 13.11.13

 

Você que é um cidadão atento às aracnídeas teias do poder, e conhece intuitiva ou mesmo empiricamente as manhas com que ele se tece, não acha que deveria ser mais cidadão do que é combatendo, sem lhe dar tréguas, essa praga social que envenena e corrompe a nossa vida em sociedade?

Eu sei que você é comerciante e não quer perder clientela. Mas então, por favor, não se queixe da corruptela. Também sei que é um assalariado explorado e lhe parece mais útil bajular o patrão a ver se o aumenta. Mas nem ele o aumenta, nem você mexe uma palha contra a corrupção. Sei ainda que você tem um filho, ou uma filha, funcionário na Câmara, ou no governo,  e tem medo de represálias. Mas com medo de “aranhas” não limpamos a casa.

Você diz que é da oposição. Mas eu esforço-me por ouvi-lo, em público, criticar o poder, e nem um ruído; procuro lê-lo, e nem uma frase lhe vejo escrita. Francamente, não sei o que você pensa, quem apoia ou não apoia. Não sei nada. Todavia, você quer o poder. Por não lhe agradar, a si, o que existe. Mas você só luta por ele à beira das eleições, e quere-o apenas para si e seus amigos.

Você grita que “ a direita” apenas defende os ricos e poderosos. E tem, em geral, toda a razão. Mas se a esquerda, por ventura, resvala para o favorecimento pessoal de apenas alguns amigos, de um grupo de ricos ou poderosos, você, desde que também beneficie, cala-se, e deixa arder a chamiça. Você critica a esquerda por gastar mais do que produz, mas você e os seus comparsas da direita produzem e guardam a riqueza em offshores, no fim do mundo.  

E Você, leitor, cidadão honesto, que não é destas esquerdas nem destas direitas, deixa-se estar, continua sentado a ver a banda passar. Só que ela passa e nunca toca a música certa, harmoniosa, aquela que que você, cidadão honesto, gostava de ouvir.

Veja por exemplo o que fez o Sr Município da sua terra. Sonhou que nos seus domínios ficaria bem um polo universitário. Mas não como os outros, que só têm livros e catedráticos. Qualquer coisa de original. Um polo dinâmico, arejado, relaxante, onde no lugar de livros, haveria bolinhas brancas, e em vez de catedráticos, doutores do taco.  Chamou-lhe Academia  de golf.  Quando acordou, foi logo a correr pra Lisboa. Almoçou com o arquitecto-paisagista. Combinou o preço:

- Cinquenta mil euros, estará bem? ( Fora o IVA, é claro).

 – Sim, acho bem. Acho até muito bem!

-  Mas temos de fazer tudo como manda a lei. Para não haver falhas, ainda antes das eleições, vamos assinar e rubricar o “ajuste direto”.

- Combinado.

E a banda passou, sem ruído. Apenas umas notas tímidas faziam pequenos ecos imperceptíveis ao ouvido comum.

E você, cidadão honesto, que paga impostos para a banda tocar, viu-a passar, no seu silêncio, sério e comprometido,  bem fardada e alinhada,  e nem sequer protestou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:13

Da Arrogância à Crítica

por cunha ribeiro, Sábado, 09.11.13


Quando estou convencido que um político, seja ele presidente da Junta, ou da República, Ministro, ou Deputado,  anda a “brincar”com o dinheiro do povo, isto é, com todos nós, prejudicando-nos, vou aos arames.

Talvez haja pessoas que pensem que isto é uma forma de arrogância. Eu julgo que não. A arrogância é uma manifestação semelhante ao desprezo. Ora eu não tenho por princípio desprezar  ninguém. Mesmo com as pessoas arrogantes procuro não ser como elas. Porque a sua qualidade de seres humanos, mesmo que não o pareçam,  me merece todo o respeito. Mas  luto com todas as minhas capacidades para lhes desmascarar a vileza do seu carácter.

É que, no fundo, quando critico alguém não lhe estou a colocar nenhum defeito, pois se ele tem defeitos deve-os ao criador, não a mim. Eu limito-me a comentar, nada mais.


CR

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:56

VENHAM ENTÃO OS ACTOS. ANSIAMOS POR ELES.

por cunha ribeiro, Domingo, 20.01.13

Seguro quer portugueses a acreditarem nos políticos

O secretário-geral do PS, António José Seguro afirmou neste sábado em Coimbra que os socialistas querem que os portugueses voltem a "acreditar na política" e "nos políticos", não com palavras, mas com atos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:15

À procura da Verdade...

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 11.05.11

 

Hoje em dia, haverá cerca de um português em cem que ainda têm dúvidas se Sócrates mente ou fala verdade. 

  Este JORNALISTA, por exemplo, quis tirar dúvidas, interrogando-o:

 

 JORNALISTA:  Sr Eng.º, em sua opinião, um curso superior pode ser concluído em feriados ou dias santos?

 SÓCRATES : Claro que não, Sr Jornalista, claro que não!

 JORNALISTA: Então como explica aos portugueses o facto de o seu curso de engenharia ter sido concluído num domingo?

 SÓCRATES: Desculpe, não torça o argumento, sr. Jornalista... O Sr perguntou-me se era possível concluir um curso superior "aos feriados e dias santos"... Não falou, em momento algum,  em "domingo"!

 JORNALISTA: Mas, "domingo" e "dia santo" não são exactamente a mesma coisa?

 SÓCRATES: Não são não, sr Jornalista. Se o Sr me quer atacar gratuitamente não é com uma acusação dessas... que é torpe, e mesmo mesquinha.

 JORNALISTA ( atónito com o que acabava de ouvir):  Sr Engenheiro, permita que lhe faça outra pergunta. O senhor afirmou peremptoriamente, perante as câmaras da televisão,  que "jamais governaria com o FMI". Ora, o FMI está aí, e o Sr engenheiro é candidato a primeiro ministro pelo PS... Em que ficamos?

 SÓCRATES: Lá está o sr. jornalista a insinuar que eu disse o que não disse. O que eu quis dizer, quando disse isso, foi que nunca governaria com o FMI, caso o FMI não entrasse em Portugal... Mas como já entrou ( e eu adoro o poder - disse baixinho), tenho que governar com esses senhores. Mas porque estou convencido que Portugal precisa ainda mais de mim agora do que antes...

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:57

ENIGMA

por cunha ribeiro, Sábado, 13.03.10

 

Há pessoas que se perguntam ( referindo-se  a mim ): “ De que partido é que ele será?”

Creio que ninguém saberá responder. Ou se responder corre o considerável risco de se enganar.

E porquê?

Porque  eu tenho andado a zurzir, sem calculados cuidados,  no partido que ideologicamente mais me poderá encher as medidas.

Mas esse partido anda há uns tempos a ser mal frequentado, e os seus dirigentes não são possuidores daquele núcleo moral essencial que se poderá designar de “ mínimo ético “.

Logo, como a ideologia desse partido tem sido espezinhada por quem o tem conduzido,  não é possível  estar com aqueles que apenas se servem do seu aparelho para exercerem o poder como querem e lhes convém.

E se não estou actualmente nesse partido é por uma razão semelhante à que leva os peixes do rio que foi poluído  a  migrarem  para o mar, até que o  rio volte a estar habitável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:34

DESTINOS IMPERFEITOS

por cunha ribeiro, Domingo, 18.10.09

HAJA TEMOR DE DEUS!

 

 

Andam para aí umas pessoas, que apenas desejam o mal dos políticos, a dizer que João de Deus Pinheiro anda a gozar com o PSD e com o país.

 Só porque não pôde aceitar o cargo de deputado para o qual concorreu, nas listas de Manuela Ferreira Leite?

Será que esta gentinha, que maldiz de tudo e de todos, não consegue entender que um ser humano ( João Pinheiro não é Deus)  possa, subitamente, ficar doente?

Segundo sei, por um amigo que, tal como ele,  adora dar umas tacadas ( de golf…), só a doença o desviou de um cargo que ele muito suspirou por desempenhar - o de deputado da nação.

Desconfiam que não esteja doente? Então, para acabarem as especulações, permitam que vos conte o que realmente aconteceu:

 O exímio golfista ( Deus Pinheiro, como muitos sabem, pratica golf, antes e depois dos intervalos dedicados à política)  estava-se a preparar para acertar no buraco ( de um ministério qualquer) e não é que, em vez de acertar na bolinha branca, acertou com o taco de golfe na própria cabeça?

E um taco de golfe, nas mãos de Pinheiro, sobe com força!

 O homem, coitado, até viu estrelas!

 E a má sorte foi tanta, que o médico pessoal do infeliz, ainda mais lhe agravou a “doença”,  receitando-lhe a cama, p`ra “descansar” da pancada…

Não têm pena do homem?

Tenham, ao menos, temor de “Deus”!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:30

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg