Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


ECUMENISMO - A PROCURA DA UNIDADE

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 19.10.12

 

Ecumenismo é o processo de busca da unidade. O termo ecumênico provém da palavra grega οἰκουμένη (oikouméne), designando "toda a terra habitada". Num sentido mais restrito, emprega-se o termo para os esforços em favor da unidade entre igrejas cristãs; num sentido lato, pode designar a busca da unidade entre as religiões.

Dicionário Aurélio define ecumenismo como movimento que visa à unificação das igrejas cristãs (católicaortodoxa e protestante). A definição eclesiástica, mais abrangente, diz que é a aproximação, a cooperação, a busca fraterna da superação das divisões entre as diferentes igrejas cristãs.

Do ponto de vista do Cristianismo, pode-se dizer que o ecumenismo é um movimento entre diversas denominações cristãs na busca do diálogo e cooperação comum, buscando superar as divergências históricas e culturais, a partir de uma reconciliação cristã que aceite a diversidade entre as igrejas[1]. Segundo a Igreja Evangélica Luterana do Brasil, o termo ecumênico quer representar que a Igreja de Cristo vai além das diferenças geográficas, culturais e políticas entre diversas igrejas[2]. Nos ambientes cristãos, a relação com outras religiões costuma-se denominar diálogo inter-religioso. Este artigo foi desenvolvido na perspectiva do ecumenismo como a busca de unidade entre igrejas cristäs. 

 

 

COMENTÁRIO:

 

  Peguei neste texto para com ele ilustrar e tentar defender o meu pensamento, não apenas religioso, como também filosófico, ou moral. Ou seja, como princípio orientador de vida.

  Sabemos como é difícil agradar a todos. A história da criança, do velho e do burro, que todos devem conhecer, ilustra  bem esta verdade.

Mas será que tentar agradar a todos é uma atitude criticável? Em minha opinião, é e não é. É, se ao agradarmos B estamos a prejudicar de alguma maneira A, a quem também gostamos de agradar. Mas se não prejudicarmos A, vamos deixar de agradar B só porque A não gosta de B? Em minha opinião também não devemos seguir por esse caminho. 

  Julgo que todos devemos tentar ser "ecuménicos" nas nossas relações. E tentar ser "ecuménicos" é procurar encontrar pontos de convergência nas nossas vidas, nas nossas vontades. Não é tentar que sejamos iguais em tudo -  desejo impossível, já que somos diferentes em quase tudo.Mas é tentar que haja uma mesa comum onde nos possamos sentar e conversar.

  Concretizando, todos sabem o que se passa em Parada do Corgo. Há divisão entre as pessoas? Há. A prova está em organizar-se um convívio, como o de Agosto, e não aparecer "metade" do povo no mesmo; e dias depois, organizar-se outro convívio, e não aparecer a outra metade. Essa divisão é insuperável? Acredito que não.

  E por que razão eu acredito na possibilidade de uma futura união?

  Porque as pessoas podem ser diferentes, mesmo incompatíveis, mas há momentos em que são capazes de se juntar. Olhem, por exemplo na festa da aldeia. Por exemplo, na missa, ou mesmo nos funerais.

   O que é preciso é que haja um objectivo ou um acontecimento em que todos possam ter vontade de participar. E eu penso que um convívio como o que se fez este ano em S. Pedro, em Agosto, não pode ser um momendo de grande discórdia, de grande divergência de vontades. Só o é, enquanto houver pessoas submissas a intereses e opiniões divisionistas, e enquanto três ou quatro pessoas não enxergarem o mal que fazem ao povo mantendo-o na divisão.

 

FCR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:54

À procura da Verdade...

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 11.05.11

 

Hoje em dia, haverá cerca de um português em cem que ainda têm dúvidas se Sócrates mente ou fala verdade. 

  Este JORNALISTA, por exemplo, quis tirar dúvidas, interrogando-o:

 

 JORNALISTA:  Sr Eng.º, em sua opinião, um curso superior pode ser concluído em feriados ou dias santos?

 SÓCRATES : Claro que não, Sr Jornalista, claro que não!

 JORNALISTA: Então como explica aos portugueses o facto de o seu curso de engenharia ter sido concluído num domingo?

 SÓCRATES: Desculpe, não torça o argumento, sr. Jornalista... O Sr perguntou-me se era possível concluir um curso superior "aos feriados e dias santos"... Não falou, em momento algum,  em "domingo"!

 JORNALISTA: Mas, "domingo" e "dia santo" não são exactamente a mesma coisa?

 SÓCRATES: Não são não, sr Jornalista. Se o Sr me quer atacar gratuitamente não é com uma acusação dessas... que é torpe, e mesmo mesquinha.

 JORNALISTA ( atónito com o que acabava de ouvir):  Sr Engenheiro, permita que lhe faça outra pergunta. O senhor afirmou peremptoriamente, perante as câmaras da televisão,  que "jamais governaria com o FMI". Ora, o FMI está aí, e o Sr engenheiro é candidato a primeiro ministro pelo PS... Em que ficamos?

 SÓCRATES: Lá está o sr. jornalista a insinuar que eu disse o que não disse. O que eu quis dizer, quando disse isso, foi que nunca governaria com o FMI, caso o FMI não entrasse em Portugal... Mas como já entrou ( e eu adoro o poder - disse baixinho), tenho que governar com esses senhores. Mas porque estou convencido que Portugal precisa ainda mais de mim agora do que antes...

 

CR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:57

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes



Posts mais comentados


IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg


subscrever feeds