Created by Watereffect.net Created by Watereffect.net

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BLOGUE PARADA DE AGUIAR - Mais sobre mim


Colaboradores - Clique nas fotos para aceder aos textos de cada Colaborador

ela, 2. antonio candido . 8341659518_ecc98db9f2_m . Cândida dos Reis Dias Pinto . minha foto. agostinho ribeiro . agostinho . francisco gomes .

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


página de fãs


Pesquisar

 

Google Maps


Ver mapa maior

PARADA DO CORGO

viveiro em 1987


UM ASSÉDIO MORAL

por Francisco Gomes, Quarta-feira, 18.05.16

Nem sempre a violência física é a responsável pelos maus tratos infringidos a alguém. Em sã consciência, não podemos aceitar qualquer tipo de violência na vida das pessoas. Ao machucar alguém em seus sentimentos, o sarcasmo, os xingamentos, a supressão da liberdade e o isolamento psicológico, também são formas de violência.

Em minha vida particular, o que mais me entristece é o abandono mental e psicológico a que sou relegado. Muitas pessoas, não acreditam  que eu esteja perfeitamente dentro das minhas faculdades mentais e com perfeito raciocínio, para entender os problemas da vida moderna. Por isso, escondem de mim os acontecimentos, silenciam os factos, não me contam nada, sempre sou o último, a saber, às vezes até por terceiros, o que se passou e o que pensam  realizar.

Eu chamo a isto de “assédio moral”, pois nunca em minha vida, estive tão lúcido,  tão normal e  tão apto a ajudar na solução dos problemas do dia a dia. Por isso fico constrangido, quando não respeitam a minha mente e me olham como um imbecil, um retardado. As pessoas que se dizem modernas, são muito carentes de conhecimentos, necessários à evolução da vida, pensam que sabem muito, mas não sabem nada. Não recorrem à sabedoria dos antigos, acham-nos superados pela idade. Já se foi aquele tempo em que antiguidade era privilégio.

Esse comportamento torna-se prejudicial á vida, pois acarreta o isolamento das pessoas e transforma os idosos em pessoas individualistas, passam a não se preocupar com vida de ninguém. Não é esse o meu caso. Embora reconheça que  escondem de mim os problemas, me acham incapaz de ajudar em qualquer situação, isso não me preocupa, deixam-me mais livre para viver minha vida. Procuro não me envolver em problemas dos outros. Procuro viver minha vida, preserva-la, pois só tenho esta  se ela acabar, não me restará mais nada.

Procuro viver minha fé, solucionar meus problemas, faço o que estiver ao meu alcance e adoto o mesmo critério: se escondem tudo de mim, eu também escondo tudo dos outros. Cada um vai vivendo sua vida como Deus quer e consente. Tenho meus programas de ajuda aos mais necessitados, vou vivê-los enquanto a vida me permitir. Não quero saber dos problemas de ninguém. Muitas vezes procuro ajudar no anonimato. Mas tenho muita pena das pessoas que se julgam sábias e modernas, mas que têm uma mentalidade  da  era da “pedra lascada”.

  

Deus abençoe a todos

        

Agostinho Gomes  Ribeiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:06

Capela de Parada de Aguiar e Rua do Arco, com ef. especiais


Created by Watereffect.net
Created by Watereffect.net


Comentários recentes




IMAGENS DA NOSSA TERRA

CLIQUE NA FOTO PARA ACEDER À GALERIA DE IMAGENS DE PARADA DE AGUIAR parada em ponto grande para imagem de fundo.

GENTE DA NOSSA TERRA

minha imagem para.jpg